Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Pais e filhos

7 maus hábitos que podem desestruturar sua família

Para evitar uma futura desestruturação em sua família, listamos alguns maus hábitos que são bastante comuns, mas que podem ser resolvidos com o envolvimento de todos

Alguns conflitos familiares são causados pela falta de organização, gastos desnecessários, brigas diárias e até mesmo uma simples comparação que os pais fazem dos filhos. Se isso tudo estiver acontecendo sua família pode estar à beira de um colapso. No entanto, se acalme! Esses hábitos podem ser mudados e uma possível crise evitada com a cooperação de todos. Para evitar uma futura desestruturação em sua família, mostramos os sete maus hábitos mais comuns que precisam ser resolvidos por vocês.

1. Brigas

As brigas precisam ser evitadas! Para isso, antes que uma aconteça, imponha respeito com a autoridade que cabe somente aos pais. Encontre maneiras rápidas de lidar com isso no dia a dia. Por exemplo, quando as crianças brigam por um brinquedo, no dia seguinte esconda-o e, quando perguntarem onde estão, diga que elas não estão prontas para o privilégio do brinquedo. Para te ajudar com essa questão, indicamos seis problemas comportamentais comuns às crianças e como resolvê-los. Ainda, entenda nessa matéria, quando uma brincadeira entre irmãos pode passar dos limites e pode causar traumas.

2. Desorganização

Uma boa ideia para organizar a rotina familiar é criar um cronograma. Para funcionar bem, todos precisam cumpri-lo. Não esqueça que a organização começa com a mãe e o pai, e assim os filhos vão perceber que essa é uma boa prática a ser seguida. A organização dos cômodos da casa é primordial para que ela funcione com muita mais leveza e praticidade. A especialista Adriana Moura pode te ajudar nessa tarefa com as dicas práticas do Blog SOS Mãe.

3. Gastos

Alguns hábitos podem ajudar a reduzir os gastos altos e muitas vezes desnecessários. Basta saber controlar as crianças quando vão almoçar fora ou ainda quando estão fazendo as compras no supermercado. Uma dica é perguntar à criança: “Isso é uma necessidade ou um desejo?”. A ida ao mercado pode ser uma atividade tranquila, cheia de aprendizados para toda a família e sem estresse, se algumas medidas simples forem tomadas vocês vão poder economizar. Por isso, indicamos seis dicas para ir ao mercado com os filhos sem estresse.

4. Agendas cheias

Este também é um problema muito difícil que se aplica a todas as famílias. Uma administração ruim das atividades do dia enfraquece a todos. Não estrague a diversão: praticar um esporte ou outra atividade extracurricular pode ser permitido e pode ajudar muito. Mas o excesso e a sobreposição dessas atividades não são tão benéficas, porque podem atropelar outros compromissos familiares, além de causar confusão. Por isso, criar um calendário com a programação de todos é uma sugestão.

Uma rotina bem organizada e a noção de cooperação poderá tornar seus filhos em adultos melhores no futuro. Indicamos aqui nove rotinas familiares para criar crianças mais gentis.

5. Não fazer uma refeição em família

Pode ser que a sua rotina de trabalho seja intensa, mas nunca deixe de fazer pelo menos uma refeição com a família toda unida. Esse hábito aproxima e é importante que o diálogo seja garantido nesse momento.  Priorize o jantar em família pelo menos três ou quatro vezes por semana. É nessa hora que conversas e relacionamentos acontecem. Veja aqui 7 benefícios que as refeições em família trazem ao lar.

6. Tecnologia em excesso

As pessoas são menos sociais hoje por causa das redes sociais. Não deixe seus filhos levarem o telefone ou tablet para o quarto à noite e desligue a TV durante a semana, em alguns períodos do dia. Incentive-os a passar o tempo praticando algum esporte com os amigos. As telas podem ser bastante prejudiciais, se usadas em excesso. Confira o que você pode fazer para que elas não dominem a rotina dos seus filhos.

7. Comparações desnecessárias

Muitos pais sentem a pressão social de ter uma família perfeita. Mas nenhuma é. Então procure não comparar seus filhos a outras crianças ou sua esposa a outras esposas. Crie o hábito de agradecer e fale sobre o quão importante é sua família e seja grato por quem você é. Assim você inspira bons sentimentos em seus filhos. Entenda nessa matéria por que as cobranças motivadas por comparações entre os filhos são tão perigosas.

 

Com informações de Susanme.com

 

 

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também