Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Pessoas assistindo ao pôr-do-sol de Niterói (foto: Bigstock)
Pessoas assistindo ao pôr-do-sol de Niterói (foto: Bigstock)
Ranking

As 15 melhores cidades para se viver no estado do Rio de Janeiro

A qualidade de vida no estado fluminense não está apenas em sua famosa capital; conheça os municípios com os melhores índices de desenvolvimento

A cidade do Rio de Janeiro é a mais conhecida do Brasil no exterior, mas a qualidade de vida no estado fluminense não está apenas em sua capital. Outros municípios, de vários tamanhos, alcançaram bom desenvolvimento nas últimas décadas, o que tem resultado em índices sociais bastante satisfatórios.

Na lista a seguir estão as 15 cidades mais bem colocadas no ranking montado exclusivamente com os dados que compõem o IDHM. Basicamente, são levados em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). A partir dos cálculos de cada um desses fatores, se chega ao índice geral de IDHM, organizado no Atlas do Desenvolvimento Humano no Brasil, divulgado em 2013.

A metodologia do índice foi adaptada do IDH Global pelo Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (Pnud), pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e pela Fundação João Pinheiro.

 

1. Niterói

À esquerda, o Museu de Arte Contemporânea de Niterói (foto: Wikimidia)
À esquerda, o Museu de Arte Contemporânea de Niterói. Crédito: Wikimidia.

A cidade fluminense com melhor índice de desenvolvimento humano é Niterói, que registrou IDHM de 0,837 na última medição. Esse índice coloca o município como o único do estado a alcançar a faixa de desenvolvimento considerada “muito alta” pelo Ipea. Com aproximadamente 487 mil habitantes, Niterói foi capital estadual até 1975, quando houve a fusão entre o estado do Rio de Janeiro e o estado da Guanabara. Uma pesquisa da Fundação Getúlio Vargas, de 2011, classificou Niterói como a cidade com população mais rica do país, pois 30,7% de seus moradores pertencem economicamente à classe A.

 

2. Rio de Janeiro

Cristo Redentor (foto: Bigstock).
Cristo Redentor. Crédito: Bigstock.

Carregando o mesmo nome do estado, o Rio de Janeiro é apontado por várias pesquisas como a cidade mais conhecida do Brasil no exterior e o principal destino turístico de toda a América Latina. É a segunda maior metrópole do país – atrás apenas de São Paulo –, com 6,4 milhões de habitantes, dispõe do segundo maior Produto Interno Bruto (PIB), que gira em torno de R$ 140 milhões e é sede das duas maiores empresas do Brasil, a Petrobras e a Vale. A influência cultural que detém sobre todo o país também é grande, graças à intensa produção artística desenvolvida, principalmente, pelas Organizações Globo.

 

3. Rio das Ostras

Foto: Divulgação/ Governo do Estado do Rio de Janeiro
Crédito: Divulgação/ Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Localizada na chamada Região dos Lagos, Rio das Ostras tem cerca de 105 mil habitantes e apresenta crescente melhora do IDHM desde 1991 nos três itens que compõem o índice (Renda, Longevidade e Educação). A Costa Azul é uma das praias mais conhecidas do município, em parte porque suas ondas permitem a prática de surfe. Outro ponto chamativo no turismo local é a Praça da Baleia, na qual há a estátua de uma enorme baleia jubarte, com 20 metros de comprimento, feita de bronze.

 

4. Volta Redonda

Rodovia Lúcio Meira (foto: Divulgação/Governo do Estado do Rio de Janeiro)
Rodovia Lúcio Meira. Crédito: Divulgação/Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Representante fluminense na região conhecida como Vale do Paraíba – que também reúne diversas cidades paulistas – Volta Redonda já foi chamada de “Cidade do Aço”, por abrigar a sede da Companhia Siderúrgica Nacional (CSN), a maior indústria de siderurgia da América Latina. Sua população está em torno de 262 mil habitantes, o que a torna a maior cidade do sul do estado.

 

5. Resende

Academia Militar das Agulhas Negras (foto: Divulgação/Exército Brasileiro)
Academia Militar das Agulhas Negras. Crédito: Divulgação/Exército Brasileiro.

O município do sul fluminense faz divisa com os estados de São Paulo e Minas Gerais, tem população de aproximadamente 124 mil habitantes. Fundada em 1801, é uma das cidades mais antigas da região. Hoje é conhecida por abrigar a Academia Militar das Agulhas Negras, escola formadora de oficiais para o Exército brasileiro.

 

6. Maricá

(Foto: divulgação/Prefeitura de Maricá)
Crédito: divulgação/Prefeitura de Maricá.

Fazendo divisa com Niterói, Maricá é conhecida na região por suas grandes fazendas, muitas das quais bastante antigas, que datam da época colonial. Há registros, por exemplo, de uma fazenda pertencente a monges beneditinos, fundada em 1635. Hoje, no entanto, a agricultura já deixou de ser a principal força da economia, que é impulsionada, principalmente, pelos royalties provenientes da extração de petróleo executada pelo Petrobras em seu litoral. A cidade tem em torno de 143 mil habitantes.

 

7. Macaé

(Foto: divulgação/Prefeitura de Macaé)
Crédito: divulgação/Prefeitura de Macaé.

Com cerca de 229 mil habitantes, desde a década de 70 Macaé não para de crescer. Foi nessa época que a Petrobras escolheu o município para ser a base de suas operações na Bacia de Campos. Desde então, estima-se que 4 mil empresas se instalaram na região como consequência da chegada da petroleira. A relação entre a cidade e a empresa rendeu à Macaé o apelido de Capital Nacional do Petróleo.

 

8. Iguaba Grande

Setor de Veterinária da Universidade Federal Fluminense, em Iguaba Grande (Foto: divulgação/UFF).
Setor de Veterinária da Universidade Federal Fluminense, em Iguaba Grande. Crédito: divulgação/UFF.

O pequeno e jovem município de Iguaba Grande, de apenas 23 mil habitantes, completa em 2015 seus 20 anos de emancipação. Até 1994, a localidade pertencia à cidade de São Pedro da Aldeia. Nas últimas décadas os índices educacionais do município tiveram uma considerável melhora, passando de 0,232, em 1991, para 0,704, em 2010, segundo dados do Ipea.

 

9. Mangaratiba

Igreja de Nossa Senhora da Guia (foto: Wikimidia).
Igreja de Nossa Senhora da Guia. Crédito: Wikimidia.

Por estar próxima do Vale do Paraíba, Mangaratiba foi bastante beneficiada no passado pelo desenvolvimento econômico que as plantações de café trouxeram à região, transformando-se num dos principais portos escoadores da produção cafeeira. Hoje o setor de serviços é o mais relevante para a economia local, com especial destaque para os grandes hotéis e resorts instalados na cidade. A população do município é de aproximadamente 36 mil habitantes.

 

10. Nilópolis

Estação de Trem de Nilópolis (foto: Wikimidia)
Estação de Trem de Nilópolis. Crédito: Wikimidia.

A cidade ganhou esse nome por causa do ex-presidente da República Nilo Peçanha, que governou o Brasil entre 1909 e 1910. Uma curiosidade sobre Nilópolis é o fato de que, no início do século XX, a cidade recebeu uma grande leva de imigrantes judeus e sírio-libaneses, o que popularizou os sobrenomes típicos dessas etnias na cidade. O município tem 180 mil habitantes.

 

11. Petrópolis

Museu Imperial (foto: divulgação/Governo Federal).
Museu Imperial. Crédito: divulgação/Governo Federal.

O apelido de “Cidade Imperial” dado a Petrópolis se deve ao fato desta ter sido o destino preferido do imperador Dom Pedro II para seus momentos de lazer. O próprio nome da cidade faz referência ao monarca. Justamente por sua rica história, seu clima ameno e sua vegetação abundante, Petrópolis até hoje tem forte vocação turística. Um de seus atrativos mais visitados é o Museu Imperial. A cidade tem 305 mil habitantes.

 

12. Nova Friburgo

(foto: divulgação)
Crédito: divulgação.

Conhecida por registrar as temperaturas mais baixas do estado, Nova Friburgo é uma cidade de médio porte, com cerca 189 mil habitantes, que tem a indústria têxtil e o turismo como grandes motores da economia local. Um dos apelidos dados à cidade é “Capital Nacional da Moda Íntima”, já que 25% de toda a produção de lingerie do país vem de Nova Friburgo.

 

13. Miguel Pereira

Centro de Miguel Pereira (foto: divulgação/UFRJ)
Centro de Miguel Pereira. Crédito: divulgação/UFRJ.

Outra cidade que viveu o auge da produção cafeeira do Vale do Paraíba no século XIX. Miguel Pereira é uma típica cidade serrana de clima ameno, o que a torna bastante atrativa para famílias em período de férias. É um tradicional destino de veraneio para quem quer fugir das altas temperaturas. A população é pequena. Vivem em Miguel Pereira cerca de 24 mil pessoas.

 

14. São Gonçalo

Piscinão de São Gonçalo (foto: reprodução/YouTube)
Piscinão de São Gonçalo. Crédito: reprodução/YouTube.

Com pouco mais de 1 milhão de habitantes, São Gonçalo é hoje a segunda maior cidade do estado. No passado, o município viveu os ciclos do pau-brasil e da cana-de-açúcar, mas hoje trata-se de um município com forte vocação industrial, abrigando diversas fábricas, inclusive algumas de grande porte, como a Gerdau.

 

15. Valença

(foto: divulgação/Governo do Estado do Rio de Janeiro)
Crédito: divulgação/Governo do Estado do Rio de Janeiro.

Localizada no sul do Rio de Janeiro, a cidade de Valença faz parte do lado fluminense do Vale do Paraíba. É uma cidade pequena, com cerca de 71 mil habitantes, sendo muitos universitários, graças à presença da Fundação Educacional Dom André Arcoverde, instituição de ensino superior com diversos cursos de graduação e pós-graduação, entre eles Direito e Medicina.

 

Leia também

As 10 melhores cidades para se viver no Norte do Brasil

As 15 melhores cidades do Paraná para se viver

As 10 melhores grandes cidades do Brasil para se criar os filhos

As 10 melhores cidades do Nordeste para se viver

As 10 melhores pequenas cidades do Brasil para se viver 

As 15 melhores cidades para se viver em Santa Catarina

As 20 melhores cidades de São Paulo para se viver

As 15 melhores melhores cidades para se viver no Rio Grande do Sul

As 11 melhores cidades do mundo para se viver

202 Comentários
  1. A verdade que nós fluminenses estamos ferrados mesmo , ma lista desta com 15 cidades e termos Nilópolis, Rio de Janeiro, São Gonçalo e Marica, Mangaratiba e Niteroi na lista ja mostra o quanto estamos mal. É nosso dever consertar este Estado e faze-lo progredir, é muito facil falar em ir embora e abandonar sua cidade /Estado, difícil é tentar melhora-lo , não vamos mudar isso na nossa geração mas dos nossos filhos e netos, temos que começar ja, na política , na vida particular, na educação no ensino, na vida comercial/empresarial, vamos parar de criticar e so ver defeito e agir, pq não podemos ter no RJ em 50/60 anos uma qualidade como tem no Japãp, na Coreia , ou na suiça ? pq ? somos inferiores e eles ? somos mais burros ? não. Somos mais mestiços ? sim mas isso deveria ser nossa força. Eu creio que podemos ter em 50 anos uma qualidade de vida comparável a países europeus, basta acreditarmos e agir para isso. Hoje sei que infelizmente nenhuma cidade do Estado estaria entre as 100 melhores do Pais, é dever nosso mudar isso. Avante Fluminenses.

  2. Gente eu to rindo horrores aqui kkkkk lendo os comentários! A própria galera que mora nas cidades citadas estão discordando da lista kkkk… Gostei da sinceridade! Os revoltados com suas cidades venham para Palmas – TO. Aqui é ótimo! Cidade organizada e aqui ainda temos aquela sensação de segurança. O que só isso já conta muitos pontos! Venham conhecer nossas belezas do Tocantins! E uma dica preciosa para quem não gosta da cidade que mora: MUDE! Quem faz o seu destino é você. E seja feliz!Gostei…povo sincero é o povo do Rio de Janeiro!!

  3. Uma lista séria com 15 cidades teria pelo menos 8 do Sul Fluminense , 3 da região serrana , 3 da região dos lagos e Niterói.
    Nem a capital entraria.
    Região metropolitana do Rio é um lixo. Uma África subsariana , Uma índia.
    Melhores cidades do estado. Conheço todo o estado. todas as cidades.
    1- Vassouras -SUL
    2- Valença – SUL
    3- Volta Redonda – SUL
    4- Miguel Pereira – SUL
    5-Itatiaia/Penedo – SUL
    6-Resende – SUL
    7-Cabo Frio – LAGOS
    8-Rio das Ostras – LAGOS
    9-Mendes – SUL
    10-Niterói – METROPOLITANA
    11-Petrópolis – SERRANA
    12-Teresópolis – SERRANA
    13-Nova Friburgo – SERRANA
    14- Maricá – LAGOS
    15- Rio das Flores – SUL

  4. Estive em Duque de Caxias e fiquei o dia todo na cidade e reparei uma coisa:não via uma mulher bonita na cidade.Fui ao Caxias Shopping e na praça de alimentação sentei-me proximo a escada rolante e pensei comigo:agora com certeza vai aparecer mulher bonita…por incrível que possa parecer,almocei no shopping e fiquei mais ou menos umas duas horas circulando pelo estabelecimento e nao vi uma mulher bonita..no maximo o que eu vi foi uma,diríamos,uma simpática. Creio que seja o lugar com as mulheres mais feias do Brasil

  5. Colocar SG na lista ,realmente é piada de péssimo gosto .Eu nasci em SG, mas meus pais mudaram quando eu tinha 1 ano .Moro em Araruama ,a 35 anos. Referente a segurança ,Araruama ficou péssima. A mais ou menos um anos atrás ,Araruama era muito tranquila ,depois que foi inaugurado um prédio da minha casa e minha vida ,Araruama acabou ,assalto a casas ,assalto nas ruas ,andávamos tranquilos durante a madrugada , eu mesma quando ia para minha casa ,quando saía para passear, voltava na madrugada andando, hoje nem durante o dia . Isso se deve também ,as pacificações das cidades grandes. Pacifica lá ,e as bandidagem , vem toda para cá para o interior , bando de vagabundos .Acabou a paz da cidade .Os moradores daqui estão revoltados. Antes quando acontecia alguma coisa aqui ,era época ,policia prendia logo ,ou então dava um sumiço. Agora está demais .Então se alguém pensa em vim morar aqui ,ou passar temporada ,pense bem. Araruama já não é mas pacata como antes ,infelizmente .Que saudades da minha cidade . Quanto ao minha casa e minha vida ,não são todos .Mas a maior parte ,tudo com carrões .Daí a revolta aumenta .Então se alguém souber realmente de uma cidade que seja tranquila ,deixe aí uma lista verídica.

  6. Olha não sou de me meter em opinião alheia, mas colocar São Gonçalo, Nilópolis, Rio de Janeiro nesse ranking é achar que somos idiotas! São Gonçalo é uma merda de cidade que NUNCA deveria ter sido emancipada! Moro nessa bosta de lugar há exatos 31 anos e só vejo piora na qualidade de vida, tanto a nível de segurança, como opções de saúde e educação. Uma cidade que vive em meio a lixo jogado por conta de imundície de morador e descaso de Prefeitura; em pura escuridão em todas as ruas, até mesmo nas principais da cidade;sem policiamento;buracos por toda extensão…. enfim, a lista não termina. Fala sério, pesquisa aí direitinho porque não posso me mudar daqui com informações imprecisas.

  7. Qualquer cidade da baixada e grande RIO com exceção de Niterói e da capital é um lixo. A lista correta seria :

    1- Volta Redonda
    2 – Teresópolis
    3 – Resende
    4 – Niterói
    5 – Rio de Janeiro
    6 – Petropolis
    7 – Macaé
    8 – Nova Friburgo
    9 – Rio das Ostras
    10 – Itatiaia
    11 – Campos
    12 – Porto Real
    13 – Cabo Frio
    14 – Barra Mansa
    15 – Araruama

    Sem sombra de duvidas as melhores regiões do estado do RJ pra morar são a região do vale do paraíba e a região serrana, pois além de serem desenvolvidas são seguras. Teresópolis por exemplo é a décima cidade mais segura do país.

  8. Antes de vocês falaram do local, faça-o por critérios justos. O que mulher feia tem a ver com segurança e moradia?
    Enfim. Concordo com a lista. Não conheço sao goncalo, so conheco niteroi rj nilopolis e nova iguacu. e sao goncalo nao parece nova iguacu coisa nenhuma. nilopolis, é uma cidade muito cara pra se viver. é urbanizada e infelizmente nao tem segurança, mas o comercio na regiao e muito forte. tem calcadao, tem hospital e clinicas particulares, tem ruas que a cada esquina há uma padaria e/ou confeitaria. e um municipio pequeno porem com grande populacao. as criticas de voces nao fazem sentido porque mulher feia tem em todo lugar e violencia no rj todo tem. ate em petropolis, que esta sofrendo migracao do trafico, tambem tem.

  9. São Gonçalo é um lixo, se eu pudesse eu saia dessa merda. Parece Nova Iguaçu, só tem gente barraqueira, só tem favelado, não tem emprego, o saneamento básico é precário, transporte público é um lixo, aqui tem muito assalto, povo mal-educado, não tem ninguém bonito, não tem saúde… Por mim, essa porra já estaria entre as 15 piores cidades para se viver no Rio de Janeiro.

  10. meu nome é marcello. moro há 22 anos em nilópolis e até mais se contar minha primeira passagem . se pudesse teria me mandado daqui a muito tempo. pouca oferta de cultura , assaltos. mulheres interessantes disponiveis não existe, pouca oferta de trabalho . agora se ganhasse uma bolada violenta na mega sena tentaria melhora-lá e não ir embora e morar num lugar de bacanas esnobes e esqueçer minhas origens .

  11. Vejo a galera de Niterói falando mal de São Gonçalo, mas não perceberam que o nível de Niterói decaiu e muito nos últimos anos graças a violência, e não culpe São Gonçalo por isso, Niterói sempre teve suas favelas e para piorar importou da “Cidade Maravilhosa” bandidos de toda espécie.
    Niterói virou uma terra sem lei, violência virou rotina, os “bairros chiques” da cidade concentram a maior taxa de violência, exemplo é o Fonseca que era chamado de bairro chique e hoje é apelidado de Fonsequistão, Santa Rosa está um caos, assalto a pedestre, roubo de carros e tiroteio são comuns. Icaraí esbanja arrogância em seus amontoados de prédios de “classe média alta” frente a podre e imunda praia do cocô (Praia de Icaraí), porém, dentro de Icaraí fica o Morro do Cavalão, grande complexo de favela onde baile funk, drogas e prostituição acontecem como se não existisse civilização avançada no local.
    O campos da UFF em Gragoatá é dividido entre tiros vindos das favelas vizinhas e os constantes assaltos aos estudantes no local, ressaltando as tentativas de estupro.
    Lembrando dos bairros de “roça urbanizada” de nikiti, como Pendotiba, Itaipú, Matapaca, Sapê, Piratininga, onde a violência, assaltos e o terror já alcançou.
    Até agora só mencionei os bairros dito pela “cidade sorriso” considerados de classe.
    Então, segue os bairros/favelas onde a civilização, ética, educação, segurança e desenvolvimento nunca chegaram, eis que temos o Caramujo, Cubango, Morro do Palácio, Maceió, Nova Brasília, Coronel Leôncio, Morro do Estado, Buraco do Boi, Marítimos, Morro do Ingá, Vila Ipiranga, Morro do Céu, Preventório, Caixa D’Água, Santo Cristo, Atalaia, Ititioca, Cova da Onça, Morro do Arroz, Riodades, Sítio de Ferro, Morro do Sabão e a lista não acaba.
    Niterói não é exemplo de qualidade, aliás, não é exemplo de nada, Niterói não é só Centro, Icaraí, São Francisco, Santa Rosa, São Domingos e partes do Fonseca, Niterói tem muita favela/morro, concentração de barracos, complexos, áreas que de dia é perigoso andar.
    Niterói também sofre do transito, a famosa “farra” nas ruas de Niterói onde o povinho faz duelos de carros e bizarrices inacreditáveis, entretanto, falta de segurança, violência, terror e caos são o que de pior tem em Niterói, além da má educação de sua população, arrogância, típicas pessoas que comem sardinha e arrota bacalhau.
    Os cariocas com todos os defeitos que tem, de uma coisa estão certos. “A única coisa que presta em Niterói é a vista pro Rio”, não é a toa que urubu voa de costas pra Niterói (Cocorói).
    Antes de falarem mal de São Gonçalo, olhem para vossa cidade e pensem 2 vezes antes de criticar São Gonçalo e os gonçalenses.

  12. Moro no Rio capital, mas acho Miguel Pereira muito bom. Local silencioso, calmo, clima sensacional. Pretendo ir morar lá, quando me aposentar.

    Realmente, como muitos colegas falaram aqui colocar São Gonçalo e Nilópolis nesta lista é brincadeira. Na frente dessas temos muitas, como Cabo Frio, Arraial e Búzios.

  13. Moro na cidade de São Gonçalo e divido o meu tempo, também, morando em Campos dos Goytacazes. A cidade de São Gonçalo apresenta muitos problemas, principalmente, porque é vítima de administradores corruptos. Contudo falar do seu povo demonstra total preconceito. O povo gonçalense deve ter orgulho de sua origem nordestina e africana, povos fortes e guerreiros, que se assim não fossem não teriam sobrevivido a tamanha injustiça histórica. O povo daqui é reconhecido pelas suas belíssimas mulheres. É um povo educado, hospitaleiro e amistoso, que ainda conserva belíssima relação de convivência com seus vizinhos, que são quase parentes. Nas ruas menos povoadas, as pessoas se cumprimentam, ainda que não se conheçam. Há quem venha estudar aqui, trabalhar aqui e curtir a noite de São Gonçalo. A cidade é muito suja, concordo, esse é o seu maior problema, mas é problema fácil de ser resolvido por uma administração bem intencionada. Somos a capital do funk? Se somos, que mal há nisso? Funk é cultura e nos deu com orgulho um Claudinho e Bochecha, entre outros. Mas a música, também nos rendeu um Cláudio Zoli e Renato Rocket, que teve sua música gravada por Marina, hit do verão até hoje: “Vem chegando o verão”. Carequinha, que nasceu em Rio Bonito, adotou a cidade porque se identificou com a simplicidade do seu povo e conquistou o título de cidadão gonçalense. A primeira corrida automobilística do Estado do Rio ocorreu aqui, em 19 de setembro de 1909, sendo a segunda do Brasil. Fazemos parte, também, da construção do Cristo Redentor, e o maior tapete de sal de Corpus Christi da América Latina é atração na cidade. Também somos celeiro do futebol: Elton, Diego, como goleiros; Bismarck, Ibson, e muitos outros. A favelização é uma questão que envolve o rápido crescimento que ocorreu na cidade. Sou do tempo que São Gonçalo era roça. O trânsito é um caos, e é preciso que se pense urgentemente uma solução, mas olhar só para os problemas constitui verdadeiro desconhecimento sobre a cidade, que deixou de ser cidade dormitório e possui vida própria. Temos linhas de ônibus à vontade para qualquer localidade, inclusive de madrugada. Os ônibus já não andam mais superlotados, porque boa parte da população tem um ou dois carros. Muitos acidentes que ocorrem na região metropolitana tem seus acidentados enviados para o Hospital Estadual Alberto Torres, localizado aqui. Em educação, veja o grupo de estudantes que irá participar de um concurso da NASA. O povo de São Gonçalo não merece tamanho preconceito desferido a sua população trabalhadora, que tenta ao longo de sua história, superar todos os entraves sociais através do trabalho e da educação.

    • O QUÊ??? SÃO GONÇALO BOA??? HAHAHAHAHHAHAHAHAHAHHAHA! Vivo nesse inferno a 11 anos e nao vejo a hora de sair. Povo mal educado, barulhento, joga lixo na rua, aproveitador que sempre da um jeito de bancar o esperto e se sair bem as custas dos outros!! O trânsito é tão caótico q a gente pensa estar morando na Índia! Ninguém respeita faixa de pedestres e sinais de trânsito. Vivem fazendo barulho com buzina e são extremamente grossos! Mulheres bonitas???? Ta maluca?? Tá se referindo a essas fubangas que moram nesse lugar do demônio? Bando de mulher feia do caralho e sem educação, barraqueiras que gostam de dar piti na rua. O transporte público é uma piada a parte, com onibus imundo, passagem cara e motoristas mal educados!
      A saúde pública é caótica e o atendimento péssimo. As pessoas são tão mal educadas nesse lugar que vc nao consegue ter um minuto sequer de silêncio pq a todo momento tem alguém ouvindo música alta, ou tocando vuvuzela, ou cachorros uivando, ou bando de maconheiros fazendo algazarra durante a madrugada.
      MEU DEUS, DE ONDE ESSA LOUCA TIROU Q AQUI O POVO É EDUCADO E QUE VIZINHOS VIVEM EM HARMONIA??????
      Pior cidade que já conheci na minha vida! Uma sujeira que não acaba mais, com gente jogando porcarias na rua a todo momento.
      O trânsito é o inferno na terra e vc leva mais de uma hora e meia pra chegar à vizinha Niterói. Aliás os niteroienses odeiam o povo de São Gonçalo pq são mal educados e abusados. Morar em São Gonçalo é viver extremamente mal, estressado, atrasado e a todo momento querendo matar alguém de tanto ódio!!! Deus, me ajude a sair desse pesadelo!!!!!

      • Engraçado nunca fui a SG mas ouço muitas pessoas falarem mal da cidade inclusive conheço uma que fala que mora em Niterói mas na verdade é de SG

  14. Tirando Miguel Pereira e Valença, as demais cidades são péssimos lugares para se morar comparados a outras cidades do brasil, não confiem nessa lista, a maioria dessas cidades tem problemas, e o mais grave, muita violência, Niterói, São Gonçalo, Nilópolis…queria saber se quem fez essa pesquisa realmente conhece essas cidades….tá louco…São Gonçalo é quase uma Grande favela, alem de ser feia pra caramba, próximo as barcas ás águas fedem a peixe podre e esgoto, até Paquetá que era ótimo tá uma favela e assaltos e arrombamentos em casas.

    • Residí uns anos em São Gonçalo e afirmo ser uma das piores cidades para se morar no Brasil. Favelas, Transito Horrível, Transporte péssimo, cidade suja e alto índice de criminalidade.È a capital no funk. Boca de fumo em centenas de locais. Não tem nenhum atrativo turistico. O Estado só Tem tres cidades que poderiam entrar nesta lista: Niterói, Cabo Frio e Petrópolis. São Gonçalo NUNCA !

  15. Pô, que lista feita nas coxas meu irmão. Algumas cidades eu posso até concordar com você, mas Macaé, São Gonçalo e Nilópolis é demais. No interior do RJ de fato tem muitas cidadezinhas ótimas de se morar, mas essas cidades que você listou (as três que eu destaquei) estão longe de estarem entre as melhores do Rio. Eu, por exemplo cresci em uma cidade do interior do Rio muito boa, chama-se Rio claro, qualidade de vida excelente. Cidade pacata, onde dá para dormir com a porta aberta. E como essa tem muitas outras, mas no interior. Falou que é próximo à capital, não presta.

  16. Qualidade de vida no Rio de Janeiro? Em que planeta essa pessoa vive? Não saiu de casa com medo de bala perdida e de violência. Ainda bem que essa lista é totalmente furada, assim os lugares com qualidade de vida são preservados. É melhor não chamar a atenção, deixa quieto.

  17. O cara tá de brincadeira,são Gonçalo? Nilópolis?? Deve ser brincadeira,nada contra a quem mora lá,tem muita gente de bem nesses locais mais elas são um lixo,ruas esburacadas,gente sem educação,fala sério , o Rio de Janeiro só é um pouco melhor pra quem tem grana,quem não tem ta perdido!!!! Fui a minas são Lourenço e fiquei apaixonado!!!! Cidade tranquila,povo acolhedor,minha filha andava na rua tranquila,sem preocupações,brincava com crianças que nunca tinha visto na vida,qualidade de vida muito boa,pra quem está pensando em saie do Rio de Janeiro vai a dica,fiquei lá durante 5 dias e por mim não voltaria mais.

  18. SÃO LOURENÇO/MG É A MELHOR CIDADE DO BRASIL PRA SE VIVER NO MEU PONTO DE VISTA!! CONHEÇO MUITO BEM RIO, SP, SUL DO BRASIL, NORDESTE E DIGO QUE É O MELHOR LUGAR PRA SE VIVER!!! O SUL DO BRASIL VC ENCONTRA GENTE FECHADA DEMAIS ATÉ FORA DO NORMAL. PARECEM QUE SOFREM DO MESMO MAL QUE O MESSI SOFRE. POVO FRIO IGUAL AO CLIMA DELES. NÃO DÃO UM BOM DIA, E SE VC É DE FORA VC SOFRE UM BAITA DUM PRECONCEITO!! PERGUNTARAM EM VACARIA/RS SE EU E MINHA ESPOSA QUE É DE SP SE NÓS NOS ENCONTRAMOS NA LINHA VERMELHA OU NA CRACOLÂNDIA COMO SE TODO PAULISTANO E CARIOCA FOSSE FAVELADO OU BANDIDO!!! JÁ VI DUAS MENINAS NA MESMA CIDADE(VACARIA) XINGAREM UM RAPAZ NEGRO QUE ESTAVA BRINCANDO COM A SUA BICICLETA COM ELAS À NOITE PRÓXIMO À RODOVIÁRIA DA CIDADE, ELE BRINCOU SEM MALDADE NENHUMA E TEVE QUE ESCUTAR DAS DUAS:” SÓ PODIA SER PRETO MESMO…””” NUM TOM BEM ALTO PRA TODOS OS QUE PASSASSEM POR ALI OUVIR, INCLUSIVE A POLÍCIA!! EM SÃO JOAQUIM O DONO DO HOTEL VENTO MINUANO, O SR. VITERBO, TOMOU UM CANO(CALOTE) DE UM PESSOALZINHO QUE VIERA NO DIA ANTERIOR SE HOSPEDAR POR LÁ. A GENTE JÁ TINHA CONFIRMADO A RESERVA E A FORMA DE PAGAMENTO COM O VÉIO. E DEPOIS DO CANO, O CARA FICOU DESCONFIADO DE NÓS TB E PEDIU O DINHEIRO COM URGÊNCIA ACHANDO QUE A GENTE IA FAZER ISSO TB!!! TODO SUDESTINO É LADRÃO, BANDIDO OU FAVELADO, NÉ PESSOALZINHO DO SUL?! PQP, CIDADES LINDAS DEMAIS E O PRECONCEITO E O DESCONHECIMENTO EM GEOGRAFIA DO BRASIL ESTÁ NO MESMO NÍVEL TB!! PERGUNTEM A UM SULISTA SOBRE ALGUM ASSUNTO DE GEOGRAFIA E A GRANDE MAIORIA VAI ERRAR FEIO, POR FALTA DE CONHECIMENTO OU PRECONCEITO POR ACHAR QUE O PAÍS DELES COMO ELES DIZEM EM MASSA, É A REGIÃO SUL MESMO!!! E PRA REBATER EU FALO QUE O MEU É A REPÚBLICA FLUMINENSE, E QUE SE O PETRÓLEO ACABAR, ELES ESTARÃO FUHH MESMOS!! SE ESTOU MENTINDO, ENTÃO VEJA ESTA COMUNIDADE NO FACE: LÁ VAI O LINK: https://www.facebook.com/FanPageMeuSul/?fref=ts

    ABRAÇOS!

  19. kkk, São Gonçalo!!!!!!!!!! PQP!!! É a Cidade Lixo do Rio!! Favelas enormes, Ruas cheias de buracos, pessoas esquisitas, Violência em alto teor e grau e a “Beleza” da Fétida Baía de Merdabara e da própria cidade sem saneamento adequado!!! Nilópolis= Nicho de Bandidos e Pessoas Feias e Analfabetas. A maioria não é bandida, mas a maioria é feia pra caceta!!! Cara, Se Vc sair do Rio, Vc vai ver cidades que nem favelas existem pq imigrantes de baixíssima renda ainda não favelizaram as áreas do centro e do entorno destas cidades!! Conhecem São José dos Campos em SP?! Uberaba em MG?! Uberlândia?! Se tiver comunidade nestas 3 cidades que citei é apenas resquício de imigrantes invadindo!! Tem casas de pobres direitinhas, mas nada que cause espanto como as favelas do Rio(Cidade de Deus, Maré, Alemão e Rocinha) e São Gonçalo, e Paraisópolis na zona sul da cidade de SP. Se Vc não gosta de cidades médias e grande com alta qualidade de vida, Eu tenho Certeza absoluta que Vcs já devem ter ouvido falar(uso esta expressão pra dar ênfase mesmo pq está errada) nas cidades do Sul de Minas e Não da Zona da Mata(Juiz de Fora, Santos Dumont, Mercês, Rio Pomba, Muriaé, Leopoldina), estou falando do Sul de Minas mesmo como São Lourenço(Terra do ator Paulo Gorgulho), Caxambu(Fundo de quintal. Alô Mário Sérgio, abraços celestes: “olha a água do caxambu saravaco, saravaco, eu quero ver…”, Lambari, Cambuquira, Maria da Fé, Itamonte, Itanhandu(Terra do Vesgo do Pânico na Band), Aiuruoca(Terra da Ísis Valverde). Três Corações(A cidade do Rei Pelé)!!! São cidades lindas, muitas como São Lourenço tem um turismo muito forte e Vc pode andar com o seu rolex na rua que ninguém vai notar!!! Eu vou à São lourenço desde os meus 5 anos e hoje tenho mais de 33 e digo: “Se eu pudesse morar num paraíso de verdade com cheiro de mato, com pessoas que raramente falam palavrões, raramente são ríspidas, que raramente são grossas ou rudes e que não gostam de passar os outros pra trás, eu viveria nesta cidade até dia da minha morte!!! Rio e São Paulo= O eixo do Mal?! Nunca Mais!! Quem conhece esta cidade sabe muito bem do que estou falando!! Tá cansado do Excesso de Calor numa noite de verão?! Gosta de Parques, Barzinhos, Cinemas, ótimas residências para morar com todos os bancos que existem no Brasil nesta cidade?! Gosta de Balonismo, Hotel Fazenda, descer de Parapente como o pessoal desce tb lá na Pedra Bonita do RJ!!! Gosta de ver uma cultura mesclada entre os migrantes cariocas e paulistas com os autóctones mineiros rurais e os que vieram à turismo da Reg. Metrop. de Belo Horizonte(BH)?! vide: https://pt.wikipedia.org/wiki/S%C3%A3o_Louren%C3%A7o_%28Minas_Gerais%29 , Abraços Sinceros!!

    • Vc acabou se enrolando em seu comentário. Moro em São Gonçalo, realmente a cidade tem muitos problemas mas está longe de ser o lixo que vc pintou. Favelas enormes? Oi? Compara as favelas de SG com as do RJ e da Baixada! São Gonçalo é a 2ª maior cidade do estado e tem menos favelas do q cidades como Belford Roxo ou São João de Meriti (que juntas são menores q São Gonçalo). A periferia de SG realmente é pobre, mas nada muito diferente do que se vê em regiões metropolitanas como as de SP ou BH. Você precisa conhecer mais o estado do RJ! Existem ótimas cidades para se morar, totalmente diferente do que vc falou. Locais como Volta Redonda, Resende, Barra Mansa, Itatiaia, Valença e Barra do Piraí, por exemplo, oferecem boa infraestrutura e qualidade de vida. Nessas cidades também quase não há favelas (Volta Redonda é a única q teve um leve crescimento desordenado, mas é a mais rica) e as taxas de criminalidade são infinitamente menores q na Região Metropolitana. Na Região Serrana, apesar do crescimento desordenado das periferias, vc também vai encontrar cidades com ótima qualidade de vida e baixíssima taxa de criminalidade (Petrópolis é a 6ª cidade mais segura do Brasil).

      • Niterói está em 3° no ranking nacional de melhor cidade para se viver. E, embora pertencente à tão estigmatizada baixada fluminense, Nilópolis é uma cidade bem desenvolvida, com bom IDH, isso quem diz são os especialistas. Informar-se não custa. Mas, das faladas e não faladas, fico com Niterói, Cabo Frio, Zona Oeste do Rio e Petrópolis. Nova Iguaçu, Duque de Caxias são infinitamente melhores que São Gonçalo, até São João de Meriti é mais desenvolvida que São Gonçalo. Caxias é a segunda mais rica do estado.

  20. KKKKK SÓ RINDO… É O RANKING MAIS EQUIVOCADO Q JÁ VI.CONHEÇO QUASE TODO O ESTADO DE VISITAR E DE MORAR EM ALGUMAS CIDADES AQUI CITADAS, E ´POSSO GARANTIR Q ERROU MUITO.EXEMPLO:COLOCAR SÃO GONÇALO E NILÓPOLIS, E DEIXAR DE FORA MUITAS OUTRAS DO SUL DO ESTADO É MALUQUICE…SOU DE NITERÓI MAS VIVO ATUALMENTE EM ITATIAIA, Q ALIÁS, É UMA GRACINHA.

  21. Não colocaram Teresópolis na lista! Mas fizeram questão de colocarem São Gonçalo….sinceramente ninguém merece morar em São Gonçalo lugar horrível,saneamento pior ainda,segurança não tem,educação nadinha,todos os dias eu peço para sair desse lixo de lugar a única coisa (se é que é boa) que tem aqui em São tona calo é indústrias e só!

  22. A lista é feita com base no IDH, não é subjetiva. Tem muita gente falando besteira aqui e dando opiniões baseadas no achismo. Sobre a lista: Conheço quase todas as cidades citadas (umas muito bem, outras só de passagem) e mais algumas fora do ranking e, no meu ver, tem cidades melhores que essas no estado do Rio. Cabo Frio, Barra Mansa, Campos dos Goytacazes e Teresópolis por exemplo são melhores de se morar do que muitas da lista. Mas são dados do PNUD, não dá para ficar falando besteira dizendo que é invenção do site.

  23. Esta lista coloca cidades como o Rio de Janeiro entre as melhores, sejamos sinceros mas veja a mísera, a pobreza, a violência, como é possível que seja uma das melhores cidades para se viver. Entrem nas listas das melhores do RS, SC e PR para verem os índices de desenvolvimento humano, isto é feito para inglês ver

  24. Por mim o Top 15 seria:
    1- Petrópolis
    2- Rio de Janeiro
    3- Niterói
    4- Cabo Frio
    5- Volta Redonda
    6- Resende
    7- Rio das Ostras
    8- Nova Friburgo
    9- Teresópolis
    10- Arraial do Cabo
    11- Saquarema
    12- Valença
    13- Maricá
    14- Angra dos Reis
    15- Campos

    Mas se a lista fosse apenas um top 10, já estaria de bom tamanho!

      • Vc está brincando. Campos é como uma pessoa que tem muito dinheiro no banco (royalties do petróleo) mas vive numa favela. Não tem nenhuma fábrica de grande porte, nenhum grande atrativo turístico, só baixas colocações em índices de desenvolvimento socioeconômico. O centro é até arrumadinho, mas o restante da cidade é tenebroso. Contente-se em ser a maior cidade do interior em população, e mesmo assim porque a população vive espalhada pelo imenso território mais de três vezes maior que o da capital. Se pegar só a parte urbana, Volta Redonda e Macaé são maiores…

  25. O seu comentário está aguardando moderação.
    Olá Estela ! Eu tive o mesmo pensamento quando li o texto a cima. Eu pensei a mesma frase . O cara pegou pesado mesmo . Sou Niteroiense , moro em São Gonçalo e trabalho em Niterói. conheço plenamente as duas cidades e digo que se pudesse escolher, não moraria em nenhuma delas. São Gonçalo repleta de bandidos , sujeira e etc…. Niterói : cheia de bandidos , sair de casa é complicado demais. Hoje uma das comunidades mais perigosas do Estado do Rio fica em Niterói , no Caramujo para ser mais claro. Uma pesquisa mais satisfatória, seria divulgar de fato , uma cidade com qualidade de vida , segurança e oferta de trabalho, pois de resto, mesmo com renda pequena, a pessoa se vira . Obrigado pelo espaço.

    • Niterói é uma ótima cidade para se viver. Além de linda, possui boa infra-estrutura (tirando a zona norte q é mais pobre) e boas opções de serviços. O lado negativo é o fato de ser muito cara e a violência ter crescido nos últimos anos. São Gonçalo está mais desenvolvida e tem vários bairros bons, o problema é que a periferia é pobre e bem violenta. A cidade também está muito tumultuada, com trânsito pesado para as ruas não tão largas. Acho Niterói uma cidade muito boa de se morar e São Gonçalo uma cidade razoável, levando em consideração a média de qualidade de vida no Brasil.

  26. O autor até teve boa intenção em por uma lista bem “heterogênea”, mas a realidade é que sabemos que o nosso estado do Rio vai de mal a pior, pois com tantos e sucessivos governos ruins, sejam municipais e principalmente estaduais, nenhum dos quesitos do IDHM são levados a sério por aqui. Das 100 melhores cidades em qualidade de vida do país, apenas duas estão (Rio e Niterói), e assim mesmo porque as duas cidades tem classes média e alta consideráveis, apenas. A região metropolitana é um caos em tudo, e está em muitos dos piores índices de infraestrutura e pobreza do país. O interior, só salvam Volta Redonda, Resende, Cabo Frio, Petrópolis, Rio das Ostras e Campos. São Gonçalo está entre as piores. Nilópolis, só vale mencionar mesmo aquela escala de Samba famosa…

  27. Quem escreveu essa matéria não se esforçou nem um pouco para entender do que realmente fala o IDH. Tal índice não tem nada a ver com a qualidade de vida de uma cidade. O índice, como o próprio nome diz (índice de desenvolvimento HUMANO), se refere ao nível de vida da pessoa (renda, escolaridade, expectativa de vida), ou seja, da qualidade de vida que ela tem consigo mesmo e em sua casa, e não fora dela. O IDH não leva em consideração aspectos relacionados à infraestrutura e ao bem estar urbano/rural. O título é totalmente destorcido do que o conteúdo do estudo aborda. Uma pena que os “jornalistas” não tenham se quer a capacidade de fazer esse discernimento, ou então, se omitem conscientemente no intuito de vender a matéria com títulos chamativos e até mesmo irresponsáveis.

    • Além disso, o IDH se refere a uma média. Como todo índice, ele conterá distorções. Quem vê São Gonçalo, por exemplo, sabe muito bem que a cidade tem enormes bolsões de pobreza e vê-la nessa lista de maiores índices de desenvolvimento humano causa estranheza. Se Niterói está em primeiro, fica parecendo que todo mundo nesse município vive muito bem, o que também não é verdade. E por aí vai. Mas isso é uma questão de perspicácia do leitor, que infelizmente, a maioria não tem.

  28. O Rio de janeiro está cheio de obras para as Olimpíadas, mas é uma cidade com engarrafamentos absurdos, alta criminalidade, todos os bairros com um monte de favelas, péssimos serviços públicos, alta corrupção. A maioria dos parques públicos e áreas de visitação estão sem conservação, muito lixo, fora que não dá para visitar devido ao alto risco de assaltos. Já tem mais de 20 anos que não ouso visitar a floresta da tijuca, onde ia sempre. A cidade é uma grande ilusão. Nos fins de semana, fica quase impossível ir à praia: uma multidão, sem estacionamento, muita desordem na areias, roubos. Aqui no Rio você tem que ficar alerta o tempo todo e saber se cuidar.

  29. Isso é piada? São Gonçalo na lista? Definitivamente o autor não visitou a cidade, porque é a pior em que já estive na vida. As ruas são um lixo, as pessoas mal educadas, os grandes centros comerciais situados em lugares tumultuados e com cheiros horríveis (sim, São Gonçalo Shopping, estou falando de você). E só estive nos “melhores bairros” de SG – que, a propósito, são rodeados por favelas. – Imagine os bairros pequenos e menos “privilegiados”…

  30. O Rio de Janeiro é bom pra quem tem muito dinheiro e é praticamente rico AÍ SIM o estado/cidade(zona sul) é ótimo, mas pra quem tem uma condição boa / classe média consegue no máximo um bairro suburbano tipo Tijuca, Meier, Grajaú e outros do mesmo porte que tem uma boa estrutura mas com mil favelas em volta. e pra quem é pobre mesmo prefiro nem comentar… eu digo isso porque vivo no estado e acho horrível, todas as cidades são dependentes demais da capital (a única exceção talvez seja Niteroi), as cidades e os bairros perifericos da capital são sujos e mal organizados, péssimos de transporte e segurança, as pessoas são chatas (no verão ficam insuportáveis)… Enfim, não acho Rio de Janeiro legal (a lista diz por si só, não tem uma cidade bonita nas fotos). embora eu ainda sinta um carinho especial pelo lugar por eu ter nascido aqui, pretendo me mudar pro sul ou São Paulo.

    • Caraca, fiquei impressionado com o ultimo comentario do “kaka”, compartilho da mesma opiniao. Sem acrescentar uma virgula, alias, acrescento sim, existe um agravante no estado e muito mais latente na capital q ele nao mencionou: o custo de vida!! É um estado/cidade extremante caro(a). Mesmo no suburbio da capital se paga muito caro pra morar na zs entao é surreal, vc nao acredita nos valores praticados por la… e mesmo em tempo de crise os precos ainda estao impraticaveis… o povo parece q bateu com a cabeca na parede sem nocao de valores e da realidade. Muita gente “olho grande” achando q mora realmente no “paraiso” kkkkkkkk. Povo sem nocao tb, metido a malandro e sempre procurando se dar bem… enfim apesar q o povo fluminense ser um povo mais tranquilo e mais “leve” q o povo carioca… como o amigo “kaka” comentou eu tb quero me mudar daqui o mais rapido possivel…. acho q fora do país talvez seria a melhor opcao… rs

  31. Este ranking não leva em consideração algumas condições estruturais dessas cidades. Morei 5 anos em Rio das Ostras, apontada em 3º lugar, e posso atestar que esta município não tem rede de esgoto e de água para a maior parte de sua população, como também não tem um sistema de transporte coletivo decente. Como uma cidade que não atende as necessidades básicas (saneamento básico) para a saúde de seus habitantes pode oferecer qualidade de vida? Também morei 12 anos em Niterói, que consta na 1ª posição, e a impressão que tenho é que só se leva em consideração alguns bairros de classe média alta, como Icaraí e adjacências. Muitas ruas do centro da cidade, para se ter uma breve noção, fedem a lixo e a esgoto o dia todo, pra não falar de bairros mais afastados do Centro. No Rio, onde também morei por 12 anos, não se transita em razão dos congestionamentos espalhados por toda a cidade, não se pode fazer uma caminhada sem o risco de ser assaltado. Esse artigo parece levar em consideração a Zona Sul: passe um final de semana na Pavuna ou qualquer outro bairro de periferia do Rio e me diga se há qualidade de vida. A propósito, presumivelmente o autor do artigo nunca foi a Nilópolis ou São Gonçalo na vida. Que conceito de qualidade de vida é este?

    • Olá, Maria Helena. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

  32. Bom dia
    Concordo com as pessoas que dizem sobre São Gonçalo. Quem mora lá e tem a possibilidade de sair, sai. Moro em Niterói desde que nasci. Depois das UDP criadas no município do Rio e da grande especulação imobiliária, nikiti acabou. Moro em Santa Rosa, duque estrada e conhecíamos todos os moradores do começo ao fim. Hoje com tantos prédios…

  33. Desculpe, as fotos das cidades estão lidas. É que nem aqueles jogadores de futebol qando estão sendo negociados, o empresário faz um dvd onde só tem os bons lances do jogador. Algumas cidades eu até concordo, mas de um modo geral é muito estranha essa classificação. Niterói/ São Gonçalo estão cheios de problemas, Volta Redonda é super poluída; Iguaba Grande não tem nada além da beleza da lagoa (poluída , por sinal) !!!!! Miguel Pereira e Mangaratiba são boas pra se passar um fim de semana mas são muito atrasadas.

    • Olá, Fredson. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

  34. Conheço a região dos lagos moro aqui à décadas e posso garantir q rio das ostras e macaé estão longe de serem boas de se viver, o trânsito é um caos, o índice de violência aqui são os maiores do estado, a renda aqui é uma das maiores, mas quem ganha bem só trabalha não mora aqui. Além disso essas duas cidades especialmente não tem nada para se fazer, a noite é decadente, e Às praias são poucas e feias, só tem duas em rio das ostras q são legais. Cabo frio apesar de violenta é infinitamente melhor de se viver apesar da crise dos royalties agora todas Às cidades dependentes estão falidas, antes cidades bem organizadas e limpas agora estão largadas !!!

    Meu ranking região dos lagos seria : araruama, são pedro da aldeia, cabo frio, casemiro de abreu, iguaba, saquarema…

  35. Nao importa o que eu falar, mas a moderadora vai copiar e colar a resposta dela igual a todos, mas vamos la. Tem algum erro nisso ai, pois moro em niteroi, ao lado de sao goncalo, e te garanto, ninguem que mora em sao goncalo gosta de morar la. Lixo nas esquinas, esgoto aberto, natureza praticamente zero.
    Voces ai podem ter pego as informacoes de IDH da cidade, mas o titulo nao coincide. O titulo diz quais sao as melhores cidades para se morar no estado do rio, e o que voces postaram foi quais as cidades do rio que tem o maior IDH. Uma simples palavra muda todo o contexto. Faltaram varias cidades ai, e varias cidades colocadas sao locais que ninguem gostaria de morar.

  36. Kamila eu sei que esta listagem obedece a alguns fatores importantes para o Indice,, naõ vou questionar…. porém só queria fazer um adendo(Observação)… A cidade de Niterói sempre está entre as melhores, só que isto acontece pq os limites do municipio é muito pequeno… a parte que começa a ficar ruim já está dentro do municipio de São Gonçalo, que é um grande favelão de 1 milhão de habitantes nordestinos e ex escravos libertos!!!!

      • Olá Estela ! Eu tive o mesmo pensamento quando li o texto a cima. Eu pensei a mesma frase . O cara pegou pesado mesmo . Sou Niteroiense , moro em São Gonçalo e trabalho em Niterói. conheço plenamente as duas cidades e digo que se pudesse escolher, não moraria em nenhuma delas. São Gonçalo repleta de bandidos , sujeira e etc…. Niterói : cheia de bandidos , sair de casa é complicado demais. Hoje uma das comunidades mais perigosas do Estado do Rio fica em Niterói , no Caramujo para ser mais claro. Uma pesquisa mais satisfatória, seria divulgar de fato , uma cidade com qualidade de vida , segurança e oferta de trabalho, pois de resto, mesmo com renda pequena, a pessoa se vira . Obrigado pelo espaço.

    • Não entendi pq o seu preconceito contra nordestinos e ex escravos, acho que isso é uma ignorância da sua parte, procure ler mais para se tornar uma pessoa mais esclarecidas e ver que cada povo tem suas origens e isso faz parte da historia cultural de cada um, pq ex escravo e nordestino tem em qualquer lugar pois minha avó foi uma, e meu marido e nordestino e é um empresário bem sucedido em SG, então informe-se antes de sair falando besteiras, tá amigo!!!

  37. Ta de sacanagem !!! Volta redonda em 3° ? Pior qualidade de vida ,pessoas com doenças respiratórias , maior índice de poluição metálica do Brasil ! Esse índice aí é furada . O problema dessas pesquisas é q visam muito o capitalismo não a qualidade de vida realmente!! Barra do Piraí uma cidade q VC não precisa nem de carro pra poder pagar sua contas é só atravessar a rua e ir em um banco qualquer , ar puro e pessoas alegres e felizes . Essa matéria não tem conteúdo nenhum e nem lógica !!!

    • Olá, Thiago. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Comparar Volta Redonda com Barra do Piraí é como comparar Londres com Karachi… Barra do Piraí não tem dois hospitais públicos (aliás, não tem nenhum); não tem água encanada em mais de 95% das casas (há falhas de abastecimento); não tem empregos perto de casa (VR é uma das cidades que mais gera empregos com CTPS assinada no interior); não tem ampla cobertura de celular; não tem quadras cobertas em todo bairro; não tem campos de grama sintética pelos bairros; não tem mais de 70% das crianças em creche; não tem um dos estádios mais modernos do Brasil; não tem faculdades públicas; não tem o maior parque aquático público do estado; não tem estações de tratamento de esgoto… Não é à toa que VR encabeça qualquer índice de qualidade de vida e desenvolvimento no estado…

    • Olá, Everton. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

  38. Fala sério, só tinha as 15 concorrendo neh? Valença? Kkkk quem falou não conhece, sem emprego,sem saúde, educação 0, auto índice de suicidio , os jovens,sem nenhuma perspectiva …me diz ai, esta pesquisa foi uma piada não foi! Pq to rindo muito!!!!¡kkkkkkkk

    • Olá, Joana. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

  39. Sou carioca e moro fora do estado. Admiro a verdade que os moradores tem postado nesta matéria. Nilópolis, São Gonçalo não podem fazer parte dessa lista. Não é subestimar tais cidades, mas sim na realidade. Temos Vassouras, Teresópolis e porque não Búzios, Paraty e até Cabo Frio não estiveram nesta lista?

    • Olá, Mike. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Pablo. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Marcos. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Rogeria. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Meg. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

  40. cade o município de duque de caxias,uma das cidades mais ricas do estado do rio de janeiro,segundo seu pib de mais de dois bilhões por ano,com sua população em grande maioria classe com falta de saneamento básico,iluminação pública precária,sistema de saúde público funcionando com deficiencia,educação razoável,éramos para sermos um modelo de cidade para o país e o mundo,mas estamos no brasil,onde tudo funciona pela metade,e assim mesmo com muita precariedade,analizando em lihas gerais,entre outros tópicos,não mencionados,pois ficaríamos horas e horas enumerando as mazelas dos governos que se passaram por essa cidade mais recentementes nos últimos 15 ou 20 anos,sem contar o apoio dos governos estadual e federal,nesse mesmo período,até então.sou morador nascido na baixada fluminense,sou mageense,morei 15 anos em duque de caxias,frequento a cidade com muita frequencia,atualmente moro na minha cidade natal,enfrento o transito caótico da avenida brasil,com retenções e reflexos na rodovia w.luís até a altura do parque gráfico do jornal o globo.meu facebook cleber alves magé ou cleber alves

    • Olá, Cleber. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Vera. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Léo. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

  41. Sobre Volta Redonda, tem que rir muito para não chorar, não há emprego,uma cidade que hj o dinheiro que roda é só dos aposentados e de quem mora e trabalha em outra cidade e ainda tem compromissos em VR,fora isso só poeira e poluição,o fim essa cidade.

    • Olá, Gil. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Mayara. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Maria Júlia. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Fabiola. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Wagner. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

  42. Se Nilópolis está nessa lista, não quero nem ver a situação das cidades que não foram listadas. Moro em Nilópolis e vou te dizer, os caixas 24hs não são abastecidos há 3 meses por medo de assalto, os Correios não fazem mais entregas nas casas por ser área de risco e é praticamente impossível dormir tranquilo, pois toda rua ou tem um baile funk ou uma igreja barulhenta.

    • Olá, Ronaldo. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

    • Olá, Natali. Como o texto diz, utilizamos apenas o Índice de Desenvolvimento Humano do Município para fazer esse ranking. O IDHM leva em conta três itens: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Por esse quesito, essa foi a ordem das melhores cidades para se viver no estado. Em caso de dúvidas, estamos à disposição. Abraço.

Leia também