Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Pais e filhos

“Aos meus amigos que não têm filhos”: um texto de emocionar qualquer pai ou mãe

“O que um filho faz por você nenhuma outra experiência faz”.

Ter filhos é uma experiência incrível. Quem tem sabe disso. Quem não tem, deveria pensar na possibilidade. É o que defende, com toda paixão, Bruna Estrela, que é mãe de dois meninos e consultora materno-infantil em Foz do Iguaçu, em um texto que é um sucesso nas redes sociais e nos blogs voltados ao tema da maternidade e da paternidade. Só na postagem original, em 2016, o texto recebeu mais de 13 mil compartilhamentos. Confira – e se emocione:

***

Se eu pudesse dar só um conselho para os meus amigos, seria esse: tenham filhos. Pelo menos um. Mas se possível, tenham 2, 3, 4… Irmãos são a nossa ponte com o passado e o porto seguro para o futuro. Mas tenham filhos.

Filhos nos fazem seres humanos melhores.

O que um filho faz por você nenhuma outra experiência faz. Viajar o mundo te transforma, uma carreira de sucesso é gratificante, independência é delicioso. Ainda assim, nada te modificará de forma tão permanente como um filho.

10 verdades sobre ter três filhos

Esqueça aquela história de que filhos são gastos. Filhos te tornam uma pessoa com consumo consciente e econômica: você passa a comprar roupas na Renner e não na Calvin Klein, porque, no fim, são só roupas. E o tênis do ano passado, que ainda tá novinho e confortável, dura 5 anos… Você tem outras prioridades e só um par de pés.

Você passa a trabalhar com mais vontade e dedicação, afinal, existe um pequeno ser totalmente dependente de você, e isso te torna um profissional com uma garra que nenhuma outra situação te daria. Filhos nos fazem superar todos os limites.

Você começa a se preocupar em fazer algo pelo mundo. Separar o lixo, trabalho comunitário, produtos que usam menos plástico… Você é o exemplo de ser humano do seu filho, e nada pode ser mais grandioso que isso.

Sua alimentação passa a importar. Não dá pra comer chocolate com Coca-Cola e oferecer banana e água pra ele. Você passa a cuidar melhor da sua saúde: come o resto das frutas do prato dele, planta uma horta pra ter temperos frescos, extermina o refrigerante durante a semana. Um filho te dá uns 25 anos a mais de longevidade.

Você passa a acreditar em Deus e aprende como orar. Na primeira doença do seu filho você, quase como instinto, dobra os joelhos e pede a Deus que olhe por ele. E assim, seu filho te ensina sobre fé e gratidão como nenhum padre/pastor/líder religioso jamais foi capaz.

Passar o tempo com os filhos ou trabalhar mais para lhes dar conforto?

Você confronta sua sombra. Um filho traz à tona seu pior lado quando ele se joga no chão do mercado porque quer um pacote de biscoito. Você tem vontade de gritar, de bater, de sair correndo. Você se vê agressivo, impaciente e autoritário. E assim você descobre que é só pelo amor e com amor que se educa. Você aprende a respirar fundo, se agachar, estender a mão para o seu filho e ver a situação através de seus pequenos olhinhos.

Um filho faz você ser uma pessoa mais prudente. Você nunca mais irá dirigir sem cinto, ultrapassar de forma arriscada ou beber e assumir a direção, pelo simples fato de que você não pode morrer (não tão cedo)… Quem é que criaria e amaria seus filhos da mesma forma na sua ausência?! Um filho te faz mais do que nunca querer estar vivo.

Mas, se ainda assim, você não achar que esses motivos valem a pena, que seja pelo indecifrável que os filhos têm.

Tenha filhos para sentir o cheiro dos seus cabelos sempre perfumados, para ter o prazer de pequenos bracinhos ao redor do seu pescoço, para ouvir seu nome (que passará a ser mãmã ou pápá) sendo falado cantado naquela vozinha estridente.

10 fotos que mostram como a paternidade melhora os homens

Tenha filhos para receber aquele sorriso e abraço apertado quando você chegar em casa e sentir que você é a pessoa mais importante do mundo inteirinho pra aquele pequeno ser. Tenha filhos para ganhar beijos babados com um hálito que Listerine nenhum proporciona. Tenha filhos para vê-los sorrirem como você e caminharem como o pai, e entenda a preciosidade de se ter uma parte sua solta pelo mundo. Tenha filhos para reaprender a delícia de um banho cheio de espuma, de uma bacia de água no calor, de rolar com o cachorro, de comer manga sem se limpar.

Tenha filhos.

Sabendo que muito pouco você ensinará. Tenha filhos justamente porque você tem muito a aprender. Tenha filhos porque o mundo precisa que nós sejamos pessoas melhores ainda nessa vida.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

4 Comentários
  1. O texto não obriga ninguem a ter filhos para ser feliz ou melhorar a vida. Só aponta o quanto de ternura, alegria e folego de vida. Infelizmente, pelos comentarios que li abaixo, há pessoas que leem só pra criticar, sem conhecimento de causa. Concordo com a colega abaixo, sejam maduros emocionalmente, principalmente, antes de pensar em colocar uma criança no mundo.

  2. Texto presunçoso ein…perfeito pra aqueles que não foram nada na vida e começam a se achar mais que os outros porque tem uma criança ! Se a pessoa só começar a ter maturidade depois de ter uma criança, pode ter certeza, não vai ser um filho que irá melhora-la, só irá mudar o modus operandi.

    Porque tirando os dois últimos parágrafos onde realmente é preciso ter um filho para que possa acontecer tais atos, todo o restante do texto nos podemos, e acreditem tem muita gente que é, sem precisar ter uma criança.

  3. para as pessoas que nao tem filhos NAO QUEIRAM TER ser voces ainda nao tem mais de 35 anos pois por experiencia propia hj tenho 17 anos e sempre vejo meu pai falando que por causa de mim ele nao realizou muitos sonhos da vida dele ENTAO SE VC QUER TER UM FILHO PLANEJE-SE MUITO ANTES E EM PRIMEIRO LUGAR SAIBA EDUCA-LO E DISCIPLINA-LO E EM SEGUNDO LUGAR REALIZE OS SEUS SONHOS E CORRA ATRAS DE SEUS IDEAIS E TENHA UM FILHO APENAS QUANDO CUMPRIR MAIOR PARTE OU TODOS OS SEUS SONHOS E ESTEJA PREPARADO PARA AS DIFICULDADES

Leia também