Sempre Família - Porque cuidar é fundamentalAtivo 1

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: MELLO Photo & Make Up
Crédito: arquivo pessoal
Rafaela Campos

Ser Mãe

O blog da maternidade

Não faça comparações, você é uma mãe única!

Quando se pensa no tema de comparação em relação à maternidade ou a filhos pode-se encontrar uma via de mão dupla. 

Mãe realizada com filho no colo
Crédito: pixabay.com/pt/

Há aquelas que adoram estufar o peito  e dizer: “Meu filho andou antes de um ano, come sozinho e nunca provou um doce!” Contar vantagem nos próprios avanços como mãe pode muitas vezes servir de ânimo na batalha diária de formar e educar um filho, que não é fácil, mas desde que isso sirva para si própria e não para humilhar ou diminuir outras mulheres.

Mas a pior comparação na verdade é a negativa e que muitas mães vivem em seu interior. Em grande maioria estas comparações acontecem quando envolvem escolhas em sua vida, na vida dos filhos ou ainda na vida da família.

Não faça comparações!

Quando se tem mais de um filho é quase que uma graça divina poder enxergar e aprender como realmente cada ser humano tem sua individualidade. Se é possível notar nos próprios filhos ou nos filhos dos outros, por que não se pode notar isso entre mães. Cada mulher antes de se tornar mãe carrega uma história (com seus traumas, conquistas e sonhos), cada uma vem de uma formação e de uma família, por isso não é justo imaginar que só porque duas mulheres numa mesma sala pelo fato de serem mães pensam igual ou agirão igual ou ainda dão a mesma educação aos seus filhos. É verdade que mães compartilham as mesmas angústias, os mesmos cansaços, as mesmas dificuldades, mas não é porque estas experiências as une quer dizer que sejam iguais em tudo!

Quando se tratar de tomar uma decisão é pior ainda: “Fulana tirou a televisão dos filhos porque ela tem empregada e não precisa manter as crianças ocupadas afinal não tem serviço doméstico”, “Beltrana não usa fralda de pano porque pode ficar gastando com fralda descartável”… mulheres, façam suas escolhas olhando para sua casa, sua família e sua realidade… não faça comparações! Mais do que nunca é necessário sairmos desse universo de mimimi que se encosta em desculpas olhando sempre pra grama do vizinho. Quando estiver em dúvida do que fazer com seus filhos, olhe para sua vida! Para sua realidade! E faça isso principalmente pela educação e formação dos seus filhos. A convicção que nos faz tomar decisões em relação à nossa família transmite aos filhos a segurança de uma mulher que sabe o que esta fazendo e que isso cabe e depende somente dela, não da vizinha, da cunhada ou da sogra.

Quais são as decisões que você precisa tomar hoje em relação à sua família? Em primeiro lugar coloque em oração e em segundo olhe somente para o seu lar 😉

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também