Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Fotos: divulgação.
Fotos: divulgação.
Religião

Os católicos e o rock: 7 bandas que você precisa conhecer

A diversidade dos músicos católicos vai do pop rock ao metal e do punk rock ao rock alternativo.

“Católico pode gostar de rock?” é uma pergunta que não faz sentido na cabeça dessa galera, que expressa a sua fé e a sua visão de mundo através do gênero musical que conquista gerações há mais de sessenta anos. Do pop rock ao metal e do punk rock ao rock alternativo, eles não devem nada a bandas mais conhecidas no cenário nacional – e até mesmo disputam espaço com elas.

O Sempre Família selecionou para você sete bandas de rock católicas do Brasil que se destacam pelos seus diferentes estilos e pela qualidade musical. Se você curte o meio, já deve ter ouvido falar de algumas delas – mas vai conhecer outras e descobrir que a relação entre os católicos e o rock no Brasil vai muito além de Rosa de Saron, uma das primeiras bandas do meio, a mais famosa e que influenciou muitos dos trabalhos que vieram a seguir.

Ceremonya

A banda surgiu em 2003 a partir de Danilo Lopes, ex-integrante da banda Eterna. Danilo teve uma experiência negativa com drogas quando tocava metal fora da Igreja e deixou o estilo um pouco de lado quando se converteu. Foi seu diretor espiritual, um padre carmelita, velhinho, que o incentivou a voltar ao metal e transformá-lo em meio de evangelização. A radicalidade própria do rock se converteu, assim, em radicalidade cristã.

A formação atual conta com Nei Medeiros, Gustavo Dübbern, Eduardo Zanchi e Regis Costa, além do próprio Danilo. Seu novo disco, A vida num segundo, foi finalista no Grammy Latino de melhor álbum de música cristã em língua portuguesa em 2016.

ceremonya

Lírios do Vale

A banda de pop rock de Guarulhos (SP) nasceu em 2011 dentro do âmbito católico, mas hoje tem fãs de várias crenças espalhados por todo o país. “Nossa missão é levar Deus para qualquer pessoa e em qualquer lugar”, explica o líder, Bira, no site da banda. Foi a experiência de Deus em um encontro de jovens na Igreja que tirou Bira das drogas.

A banda ganhou o troféu Louvemos ao Senhor em 2015 na categoria DVD Independente, com Testemunho Cantado. No DVD, há a participação do rapper Rappin’ Hood e de Fernando Anitelli, do Teatro Mágico, que define a banda como “madura” e “pronta”, “com qualidade sonora, estética e textualidade”.

lírios do vale

The Flanders

Na ativa desde 1999, a banda se caracteriza por sua irreverência e humor e se apresenta como a primeira banda de punk rock e hardcore católico de que se tem notícia. O nome remete à família “certinha” vizinha dos Simpsons. O fundador e vocalista da banda, Tchelão, é um dos fundadores do Rosa de Saron, grupo do qual foi vocalista por doze anos.

Em 2005, o clipe de Ladeira abaixo chegou a ser veiculado na MTV. Depois disso, a banda até mesmo participou de aberturas de shows de bandas como Fresno e NX Zero. Ganharam o prêmio de Melhor Álbum Alternativo no troféu Louvemos ao Senhor com Reverso em 2010. Seu disco mais recente é Máquina Zero, de 2013. Atualmente, dois componentes da banda são evangélicos.

the flanders

Eterna

A banda já tem uma longa caminhada e lançou seu primeiro CD, Shema Israel, há 19 anos – um dos primeiros álbuns de heavy metal católico. A formação aconteceu junto à Comunidade Casa Esperança e Vida, fundada pelo irmão Bernardo da Esperança, o Fradão, que sempre apoiou o trabalho da banda.

Seus trabalhos foram elogiados na mídia especializada até mesmo no exterior – seu segundo CD, Papyrus, teve distribuição em toda a Europa. Agora, a formação original – Alexandre Soul, que segue carreira solo, Paulo Frade, que passou a se dedicar à arte plástica, e Danilo Lopes, que montou a banda Ceremonya – voltou para uma turnê comemorativa.

eterna

Tautobios

Os “cabras da bênção” fazem uma mistura arrojada e inovadora: ritmos nordestinos e rock hardcore, com letras que valorizam a simplicidade da fé dos católicos do Nordeste. Você pode ouvir todas as músicas do primeiro disco da banda, Cearense de certidão, no seu site.

A banda surgiu em 2001, em Fortaleza. O nome vem de Tauta ó Bios, uma inscrição presente nas catacumbas de Roma que, referindo-se à vida em Cristo, significa “Esta é a nossa vida”.

tautobios

Midrash

O midrash é uma forma narrativa judaica que interpreta a mensagem da Escritura preenchendo lacunas e indo além de conclusões legais ou preceituais. A banda escolheu esse nome porque aposta em letras orgânicas, que permitem que o ouvinte identifique a necessidade de mergulhar dentro de sua história de vida e refletir.

Formada em 2012 por Fabio Coelho, ex-The Flanders, a banda de Valinhos (SP) se caracteriza por seguir na linha do country rock. Além de Coelho, compõem a banda Renan Coppola e Rodrigo Salles.

midrash

Iahweh

A banda lançou seu primeiro disco, Alfa e Ômega, em 1996. Com André Leite no vocal desde 2009, Iahweh é formada ainda por Toninho de Marco, Tiago Mattos, Alessandro BTN e Eloy Casagrande – que também é baterista do Sepultura. Para André, ex-vocalista da banda Hangar, a entrada na banda se confunde com a história de sua conversão.

O álbum Deserto, de 2014, ganhou o Troféu Louvemos o Senhor na categoria Álbum Rock no ano passado, repetindo o feito de Neblim em 2009. O clipe da música-título de Deserto tem a participação especial do padre Fábio de Melo.

iahweh

****

Recomendamos também:

Fazem falta as músicas religiosas com crítica social, diz padre Zezinho

Cardeal Ravasi: o cristianismo não pode sacrificar sua identidade para ser aceito

Direito de Nascer: a música pró-vida nascida no Brasil que ganhou o mundo

****

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

20 Comentários
  1. Faltou falar da banda Illuminandi (polonesa), faltou falar do cd bem diferente, dementi da banda 2 tm 2,3 (2 timóteo 2,3 – também polonesa). O cd Companions Of The Lamb da banda The Thirsting é bom, mas acho que nem todos vão gostar. O cd The Evil Addiction Destroying Machine da banda Mortification é muito bom. E mesmo não sendo bandas católicas, merecem menção honrosa a banda Red com o cd Innocence & Instinct e a banda Oficina G3 com o cd depois da guerra.

  2. Já dei meus parabéns e fiz meu agradecimento a toda equipe Sempre Família pelo lindo trabalho que pude felizmente conhecer. Moderno, sério, conectado com o mundo, um trabalho lindo, social acima de tudo. Independente de religião, fica aqui os parabéns pelo lindo trabalho. Reafirmo aqui também meu muito obrigado em nome da Banda Midrash. Ter nosso trabalho reconhecido por uma equipe tão sóbria e competente nos faz imensamente orgulhosos. obrigado pela oportunidade que nos deram de mostrar o nosso trabalho, a inúmeras outras pessoas. Contem sempre com nosso apoio.

  3. Só um adendo … a banda Iahweh encerrou suas atividades a mais ou menos 3 anos.

    Vocês poderiam fazer uma nova reportagem “talvez”mostrando o novo trabalho de André Leite… A banda André Leite e Id2 que se prepara para lançar seu novo cd em parceira com a Sony music.

    Deus abençoe

Leia também