Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Casamento e Compromisso

O que acontece quando você não ouve sua esposa?

Ser um bom ouvinte é fundamental para manter o casamento estável e evita o distanciamento do casal

Você ainda está abrindo a porta para entrar em casa após um dia cansativo de trabalho e sua esposa já começa a contar como foi o dia. Ela fala das dificuldades que teve com o chefe, do almoço que compartilhou com uma amiga, dos desafios que precisou enfrentar com os filhos e ainda cita uma infinidade de tarefas que precisará realizar no dia seguinte. Só que, antes mesmo do segundo tópico começar, você já se afasta lentamente, olha para o celular, liga a televisão e deixa a mente vagar, enquanto balança a cabeça de vez em quando para “concordar” com o que sua esposa diz.

Ao agir assim, muitos maridos acreditam que estão cumprindo seu papel corretamente. No entanto, o escritor norte-americano Mark Merrill garante que essa atitude está longe do ideal e pode até mesmo destruir o relacionamento. “Ao não manter contato visual e se envolver com ela, sua esposa sente que você não se importa e que acha que qualquer outra coisa é mais importante”, afirmou em um artigo publicado no site All Pro Dad.

Ambos querem ser ouvidos, diz estudo

De acordo com Merrill – que também fundou a organização norte-americana Family First com o objetivo de fortalecer famílias –, ser um bom ouvinte é fundamental para manter o casamento estável. Por isso, ele tem trabalhado para desenvolver essa habilidade e ajudar outros homens com o mesmo problema. Só que ele garante que tem aprendido a ser um bom ouvinte durante seus 30 anos de casamento e afirma ainda que a falta dessa habilidade traz sérias consequências. Saiba quais são:

1. As esposas se tornam distantes

Segundo o escritor, o fato de compartilhar pensamentos e sentimentos demonstra um momento de vulnerabilidade da mulher. “Então, quando o marido não dá toda atenção, ela se sente rejeitada e, instintivamente, recua para evitar mais rejeição”. A orientação, portanto, é estar bem atento às palavras da esposa para perceber quando ela começar a recuar. “Assim, você poderá puxá-la em seus braços, olhá-la nos olhos e deixá-la saber que você está sempre presente para ouvi-la”, aconselha Merrill.

2. Elas se tornam indiferentes

Outra maneira de as esposas lidarem com a falta de atenção de seus maridos é por meio da indiferença. “Quando sua esposa sempre sente que não está sendo ouvida, ela deixa de esperar qualquer coisa de você”, afirma o fundador da Family First. Segundo ele, essa reação é perigosa porque pode se transformar rapidamente em desapego emocional. Então, “em vez de dar ao seu cônjuge motivos para ser indiferente, lhe dê razões para se importar com seu relacionamento”.

3. As esposas perdem o desejo

Depois de se tornar indiferente, o próximo passo será a perda de desejo pelo marido. Afinal, sem poder conversar e estreitar laços com o esposo, ela também diminuirá suas expectativas em relação a outros aspectos do relacionamento. “Isso pode causar falta de desejo físico”, pontua o norte-americano.

Gratidão: virtude indispensável no casamento

De acordo com ele, para evitar isso é necessário recuperar a paixão em seu relacionamento com atitudes e palavras. Para isso, é importante, agradecê-la pelas coisas que faz pela família, dizer o quanto é bela e que a ama muito. Além disso, o esposo pode se colocar à disposição para ajudar a esposa em atividades simples como lavar a louça, levá-la para jantar e, claro, demonstrar que se importa com o que ela diz.

4. Elas movem seu foco para outros relacionamentos

O modo final de reação das esposas quando seus maridos não as escutam é mudar o foco para outros relacionamentos em suas vidas. Isso, de acordo com Merrill, pode significar que elas compartilharão mais do que está acontecendo em sua vida com amigas, filhos ou qualquer outra pessoa que as escute. “Ela pode, por exemplo, procurar razões para ficar até mais tarde no trabalho, passando mais tempo com colegas que as escutam do que voltando para casa cedo para te ver”.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
1 Comentário
Leia também