Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Facebook
Facebook
Virtudes e Valores

Menina de 11 anos cria projeto para tornar vida de idosos asilados mais feliz

A ideia de ser um “gênio da lâmpada” para idosos asilados surgiu quando a mãe de Ruby a levou para conhecer a rotina de algumas das casas de repouso em que trabalha, nos Estados Unidos

Visitar o local de trabalho dos pais é uma prática que pode ser enriquecedora às crianças. E no caso da norte-americana Ruby Kate Chitsey, de 11 anos, foi o início de um belíssimo projeto de cuidado com idosos. O Three Wishes for Ruby’s Residents, como o próprio nome diz, concede três desejos especiais a idosos que vivem em casas de repouso.

A ideia de ser um “gênio da lâmpada” para estas pessoas surgiu em 2018, quando a mãe de Ruby, Amanda, a levou para conhecer a rotina de algumas das casas de repouso em que trabalha, no estado do Arkansas.  Vendo a solidão em que muitos viviam e sabendo qual era o valor do auxílio que o governo lhes dava (US$ 40, aproximadamente R$ 154) a menina decidiu perguntar: “Se eu pudesse lhe trazer três coisas, quais seriam?”

Convivência intergeracional: que benefícios ela traz a idosos e crianças

Para o espanto da garota, nenhum deles pediu carros, casas ou dinheiro, mas, sim, coisas simples como um cobertor mais quente, frutas frescas, comida para seu gato ou cachorro, sapatos novos e até batatas fritas. Eram coisas muito comuns, mas que não eram de fácil acesso, porque o auxílio geralmente é revertido em suas necessidades básicas.

Pela simplicidade dos desejos, Ruby e sua família começaram a comprar as coisas e lhes entregar. Mas, pouco a pouco, a notícia se espalhou pela cidade em que a menina vive, e amigos quiseram ajudar. Uma vaquinha virtual foi feita com o objetivo de acumular US$ 5 mil para ajudar mais idosos asilados em outras casas, mas o movimento se tornou global e foi arrecadado um valor acima de US$ 250 mil.

Claro que os pedidos começaram a variar ao longo do tempo. Teve quem pedisse uma televisão, outro uma cadeira motorizada e alguém que precisava muito de um aparelho auditivo. Mas tudo parte da lista de três desejos a serem concedidos pela pequena Ruby. “Nosso objetivo era ajudar aqueles que moram em nossa cidade, mas agora conseguimos trazer alegria a idosos em todo o país”, celebra a menina em depoimento no site criado para o projeto.

O futuro

Agora, Ruby e sua mãe pretendem alcançar um novo nível no voluntariado. “Estamos trabalhando para garantir que eles ganhem cartões de aniversário, livros para se entreter e até lanches especiais”, diz a garota alertando para o fato de que sempre que leva chocolates aos amigos idosos, vê antes a dieta de cada um.

Proximidade entre avós e netos reduz risco de depressão

Ruby também tem procurado parceiros para oficinas de artes, para que se entretenham, e tecnologia, para que aprendam a mexer em e-mail e Skype, podendo assim manter um contato maior com os familiares distantes. “Já temos começado a fazer eventos de beleza com manicures e cabeleireiros, e levado eles a passeios curtos e restaurantes”, explica Ruby.

No site do Three Wishes for Ruby’s Residents é possível fazer doações em dinheiro. Ruby incentiva ainda que as pessoas compartilhem ações de gentileza nas redes sociais, sempre incluindo a hashtag #threewishes, além de curtir a página deles no Facebook, por onde uma equipe passa orientações àqueles que desejam implantar o projeto em sua cidade.

 

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
1 Comentário
  1. Fico muito feliz quando vejo iniciativas de crianças. É importante levar a sério suas ideias e projetos. Lembro de um menino que lançou uma loja virtual de venda de bolas de gude. Genial!
    As crianças tem muito potencial, os pais podem ajudar a acender essa pólvora :)

Leia também