Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/YouTube
Reprodução/YouTube
Casamento e Compromisso

Marido de 99 anos caminha 10 km por dia para visitar esposa no hospital

Casado há 55 anos, o veterano da marinha norte-americana faz o trajeto com sol ou com chuva – e chega a correr quando avista o hospital.

Na alegria e na tristeza, na saúde e na doença. Luther Younger, que vive em Rochester, Nova York, tem quase 100 anos, mas ainda leva a sério os votos que fez no dia de seu casamento com Waverlee, 55 anos atrás. O idoso caminha todo dia cerca de 10 quilômetros, somando os trajetos de ida e volta entre sua casa e o Strong Memorial Hospital, onde a sua esposa está internada, atualmente com uma pneumonia, para estar presente ao seu lado.

Aos 99 anos, Younger diz que não tem paciência para pegar um ônibus. “Tenho uma esposa. Não quero ficar esperando no ônibus. Quero chegar logo lá para ver minha esposa”, conta ele à CBS News. Segundo o idoso, a caminhada lhe dá a oportunidade para pensar em seu casamento e em Waverlee. “Não quero falar de nada a não ser da minha esposa”, diz à repórter que o acompanhou durante o trajeto – que ele faz, chova ou faça sol, de forma incrivelmente atlética para a sua idade, chegando a correr quando avista o hospital.

8 conselhos aos namorados de esposos que namoram há mais de 30 anos

Nascido no Texas, Younger é veterano da marinha norte-americana e ainda dá conta de abaixar-se e fazer flexões. Ele diz, porém, que a força e a inspiração da esposa é que fizeram dele um homem. “É por isso que eu a amo. Ela é forte”, afirma. “Ela é linda e me trata como uma pessoa deve ser tratada”.

Waverlee sofre de paralisia devido a um tumor cerebral que se desenvolveu nove anos atrás. Desde então, entre uma internação e outra, Younger permaneceu fiel à esposa. Os habitantes de Rochester já reconhecem o idoso em sua caminhada diária. O casal tem apenas uma filha, Lutheta, mas Younger é grato à esposa por ter ajudado a criar os filhos de um casamento anterior. Lutheta com frequência oferece carona ao pai, mas ele recusa. “Meu pai diz que isso o mantém vivo”, afirma ela.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também