Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Foto: divulgação/Arquivopessoal
Foto: divulgação/Arquivopessoal
Casamento e Compromisso

Eles vendiam doces no semáforo para pagar o casamento, mas receberam a festa inteira de graça

A história de João e Maria comoveu empresários locais que bancaram vestido, terno, fotografia, música e muito mais

Em Cuiabá, um casal com o sugestivo nome de João e Maria teve um episódio de sua vida transformada em conto de fadas. Maria Rafaela Silva dos Santos, de 20 anos, e João Paulo França Dias, de 23 ficaram famosos depois que, em 2017, fotos deles vendendo doces em semáforos para pagar seu casamento viralizaram na internet. Eles realizaram o grande sonho em 12 de julho deste ano e contaram com a ajuda de empresários locais.

A intenção de João e Maria com a venda dos doces era arrecadar dinheiro suficiente para uma festa que deveria acontecer só em 2019, depois de uma viagem da noiva que atuaria como missionária. Entretanto, quando sua história foi divulgada na internet, se depararam com empresários da cidade sensibilizados com a iniciativa que lhes deram presentes especiais como cerimonial, espaço, decoração, DJ, fotógrafo, drinks, convites e doces personalizados. Eles também ganharam o vestido da noiva, o terno do noivo, assim como os sapatos e o dia de preparação ao casamento em salões de beleza locais.

7 coisas que você precisa ignorar para ser feliz em seu casamento

Quando começaram a receber a ajuda, ainda no ano passado, Maria contou a uma tevê local que eram tantas boas notícias chegando, que eles nem sabiam ainda o quanto economizariam. “Isso é incrível. Não fizemos as contas, mas sabemos que não sairia barato. Somos muito gratos pela doação”, contou animada. Com toda essa ajuda, a festa que aconteceria em 2019 foi antecipada para 2018. “Cada dia a gente ganhava algo e isso nos incentivou. Quando o grande dia chegou, fiquei assustado em ver como tudo estava lindo”, contou o agora casado João, à reportagem da TV Centro America.

Na festa para 250 convidados o casal só se preocupou com o buffet e os doces, muitos deles preparados pela noiva, que já tem prática na área. É que aqueles doces vendidos pelos dois eram feitos por eles mesmos, com receitas da família de Maria. João contou que estiveram presentes na festa muitas pessoas que eles conheceram no semáforo, e uma delas, que certa vez deu todo o dinheiro que tinha na bolsa, foi até madrinha dos dois.

Jovem que lutava contra câncer casa-se em hospital e morre 18 horas depois

Para que a alegria dos dois fosse completa, na semana seguinte à festa eles foram até São Paulo para um ato religioso mórmon, chamado de selamento. “No templo selamos o nosso amor para toda a eternidade”, afirmou João.

Quanto ao futuro, eles planejam abrir uma confeitaria assim que possível e que levará o nome do casal. Até lá os dois trabalharão com um carrinho de açaí que ganharam e João ingressará na faculdade de ciências contábeis. Maria já é formada em engenharia de alimentos. “Temos um ponto de açaí em Cuiabá e com o dinheiro que ganhamos nas ruas, investimos nos produtos. É de lá que vamos tirar o nosso sustento até conseguir um emprego formal”, completou João.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também