Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock/Sempre Família/Arquivo pessoal
Casamento e Compromisso

8 conselhos aos namorados de esposos que namoram há mais de 30 anos

Depois de décadas de convivência, qual conselho brota da experiência de casais felizes a quem está começando agora?

Existem mil opiniões sobre o sentido do casamento, do namoro e mesmo do divórcio. Mas o fato é que, quando estamos envolvidos em um relacionamento amoroso que faz bem a nós e ao outro, o que queremos é que isso nunca acabe e aquela partilha da vida um com o outro permaneça sempre. Quem não fica admirado ao ver um casal completando, com alegria, 30, 50 ou 60 anos de casamento?

Foi pensando nisso que o Sempre Família perguntou a oito casais de esposos que namoram há mais de 30 anos que conselhos eles dariam, da profundidade da sua experiência de décadas de convivência, a um casal de jovens namorados. Confira:

Claudia e Valter Campagnolo, 30 anos de casados:

claudia e valter“Namore muito… Não tenha vergonha de parecer tolo, ou infantil. O amor é meio bobo mesmo. Tenham um tempo para vocês dois, longe de todos. Se não têm dinheiro para fazer algo caro, caminhem de mãos dadas, sentem-se ao sol, compartilhem um picolé, um café, um chá. Riam juntos, das coisas engraçadas, das dificuldades, um do outro. Assistam séries juntos e curtam muito tudo isso. Gente, a vida é curta. Não percam tempo com o que não é realmente importante, mas não se conformem com um relacionamento ‘mais ou menos’. Namoro verdadeiro exige dedicação e cuidado. Lutem por isso todos os dias.”

graça e marcos

Graça e Marcos Furtado, 41 anos de casados:

“O nosso recado para os namorados é a transparência: deixar-se conhecer um pelo outro, sem máscaras. Nenhuma relação se mantém na mentira e muito menos o amor.”

rita e claudio

Rita e Cláudio Titericz, 33 anos de casados:

“Achamos que essa forma de namoro atual não leva a um conhecimento do outro. Por ser emoção, a paixão passa rápido e tira sua liberdade, não deixando que você escolha com a razão. O melhor conselho é conhecer profundamente a pessoa que você vai decidir amar. Conhecer alguém significa você ver além das aparências e ir à essência da pessoa. A paixão fica na superficialidade, já o conhecimento sai da superficialidade e leva você à essência, no mais profundo do ser.”

0e961f64-dacc-4dd0-a396-2288cde7200bMaria Lúcia e Fabio Jacob, 30 anos de casados:

“O nosso conselho para os casais de namorados é ouvir o outro. Prestar atenção no que o outro diz e respeitar a opinião dele. Onde há diálogo, há espaço para entendimento.”

Eurico e EdileuzaEdileuza e Eurico do Nascimento, 44 anos de casados:

“Tem que ter paciência um com o outro. Quando um está nervoso o outro tem que estar calmo. Senão não se vive, de jeito nenhum. Quando a gente casa, tem que ficar junto, não ficar saindo deixando a mulher ou o marido em casa. O que é bonito é ficar junto até quando viver, eternamente.”

ana e joaoAna e João Gambarotto, 39 anos de casados:

“O segredo para a manutenção de um relacionamento duradouro é a capacidade de saber calar-se na hora certa e ao mesmo tempo falar na hora certa.”

olga e robertoOlga e Roberto Gomes, 29 anos de casados:

“O principal conselho para um relacionamento duradouro é a presença de Deus, pois ele nos ensina que o verdadeiro amor é considerar o outro mais importante do que a si próprio. No relacionamento não pode haver individualismo, mas companheirismo; aqui a comunicação se torna fator essencial, não apenas ouvir, mas principalmente escutar com empatia e muitas vezes até não oferecer solução, mas apenas o ombro. O casal não é independente, mas quando se une torna-se interdependente, há necessidade de ‘abrir mão’ e ceder sem anulação individual.”

pedro e mariaMaria e Pedro Costa, 36 anos de casados:

“O casamento é baseado no amor, no respeito e na confiança. Esses três pilares são os fatores que fazem um casamento – e um namoro – dar certo por muito tempo.”

***

Recomendamos também:

****

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também