Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Divulgação/National Geographic
Divulgação/National Geographic
Curiosidades

Gêmeas de cor de pele diferente estampam capa da National Geographic

Enquanto Marcia tem a pele branca e os cabelos loiros, Millie tem os cabelos crespos e pretos e a pele negra.

Marcia Millie e Millie Marcia Biggs sempre despertaram a atenção onde quer que fossem. Gêmeas, as meninas encantam por sua aparência: enquanto Marcia tem a pele branca e os cabelos loiros, Millie tem os cabelos crespos e pretos e a pele negra. As meninas de 11 anos e cor de pele diferente são capa da edição de abril da revista National Geographic, que trata sobre o tema da raça.

Por que muitos bebês nascem com olhos azuis que depois mudam de cor

“Essas irmãs gêmeas nos fazem repensar tudo o que sabemos sobre raça”, diz a chamada da capa da revista. “Quando eram pequenas, eu as levava no carrinho de bebê e as pessoas as olhavam, primeiro uma e depois a outra e então vinha a pergunta: ‘Mas são gêmeas?’”, recorda a mãe, Amanda Wanklin, inglesa. O pai, Michael Briggs, é de ascendência jamaicana.

“Quando as pessoas nos veem, pensam que somos apenas melhores amigas”, diz Marcia à publicação. “Quando descobrem que somos gêmeas, ficam meio chocadas”.

O caso é bem raro, mas não é o único: as pequenas Isabella e Gabriela, que têm quase um ano, fazem sucesso na internet com a beleza de suas cores. A peculiaridade tem rendido milhares de fãs na página do Instagram criada por sua mãe, Clementina Shipley.

4 mulheres negras pró-vida que denunciaram o aborto como “genocídio dos negros”

Isso acontece devido à herança genética de cada gêmea, já que tanto no caso de Marica e Millie quanto no de Isabella e Gabriela, a gravidez foi bivitelina, isto é, a partir de dois óvulos fecundados simultaneamente. Apenas os gêmeos univitelinos, aqueles que se desenvolveram a partir de apenas um óvulo e um espermatozoide, têm a carga genética idêntica.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também