Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/TV Globo
Reprodução/TV Globo
Atualidades

Enfermeira joga recém-nascido junto com lençóis em cesto de roupa suja

Vitor Hugo havia nascido há apenas meia hora e com a queda sofreu uma hemorragia interna na cabeça.

Um recém-nascido foi jogado em um cesto de roupa suja no hospital que nasceu, em Brasília. Vitor Hugo havia nascido há apenas meia hora quando uma enfermeira, ao trocar os lençóis da maca, o jogou no cesto sem perceber que ele estava entre os panos. No momento, a mãe estava no banheiro. O caso aconteceu no Hospital Regional do Gama.

O bebê teve uma hemorragia interna provocada por uma fratura no osso do lado esquerdo da cabeça e foi transferido para um centro especializado em trauma no dia seguinte. Ainda aguarda uma vaga na UTI do local.

“Ele não está mamando direito e está dentro da incubadora, tomando soro. Já poderia estar em casa e está em uma situação dessa por causa de uma enfermeira”, disse o pai do bebê, o eletricista Wanderson de Santa Rita, ao Bom Dia Brasil.

Carro é roubado com bebê dentro e mulher se joga sobre o capô para impedir

A versão do diretor do hospital, José Roberto Macedo, é diferente. Segundo ele, o acidente aconteceu quando a enfermeira tentava ajudar uma segunda mãe que passava mal. “A mãe do recém-nascido estava no banheiro no momento em que outra mulher precisou de ajuda. O reflexo da enfermeira foi puxar o lençol da cama e cobrir uma cadeira de rodas que estava suja de sangue para a paciente sentar. O bebê estava no meio dos panos e caiu no chão”, afirma.

O hospital está investigando o caso, mas decidiu não afastar a profissional até a conclusão da apuração. Os pais procuraram a polícia e a enfermeira, que tem 18 anos de profissão, pode responder por lesão corporal culposa, quando não há intenção de ferir. Na noite do incidente, o centro obstétrico do local estava superlotado, com 16 partos previstos e apenas cinco vagas.

 

Com informações de TV Globo e Correio Braziliense.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também