Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Pais e filhos

Crianças que crescem em um ambiente familiar afetivo são mais bem-sucedidas no futuro 

Estudo divulgado pela Universidade de Hrvard revela que o nível de amabilidade dos pais tem impacto direto na formação das crianças e, mais tarde, na vida adulta delas.

O seu carinho tem papel fundamental na vida do seu filho e pode determinar se ele se tornará um adulto bem-sucedido no futuro. É o que mostra um estudo do Instituto de Ciências Sociais Quantitativas, da Universidade de Harvard, e que foi divulgado recentemente pela Revista Social Science & Medicine. A pesquisa revela que o nível de amabilidade dos pais tem impacto direto na formação das crianças e, mais tarde, na vida adulta delas.

No estudo, a importância da amabilidade familiar foi medida não apenas pelo afeto, mas também pela educação e pelo ensino. Entre as seis perguntas que nortearam a pesquisa estão coisas como: “Quanto tempo e atenção sua mãe e seu pai dedicaram quando você precisava?”, “Quanto sua mãe e pai entenderam seus problemas e preocupações?” e “Quanto sua mãe e seu pai lhe ensinaram sobre a vida?”.

Ao Deseret News, Ying Chen, uma das cientistas que promoveu o estudo, explicou que foi possível verificar que aqueles que disseram estar satisfeitos com a maneira com que os pais os assistiram nessas áreas, tinham níveis mais elevados de bem-estar social, emocional e psicológica agora na vida adulta.

Como brincadeiras em família podem fortalecer vínculos

Os resultados do estudo mostram ainda, que os benefícios das demonstrações de amor e cuidado dos pais pelos filhos, lá na infância, se refletem até a meia-idade desse indivíduo. Um exemplo apresentado pelos pesquisadores é o de que aqueles que cresceram em um ambiente familiar com um nível de afetividade moderada, já foram impactados de maneira diferente: 18% deles são menos propensos a ter depressão e 17% não se envolveram com o uso de drogas ilícitas.

Ying também ressaltou que a base oferecida pelos pais pode ser tão forte, que permite aos filhos na vida adulta vencer questões adversas mais facilmente. Segundo ela, a associação entre alto nível de afetividade e sucesso persistiu mesmo quando os pesquisadores controlaram fatores socioeconômicos e religiosidade familiar, por exemplo.

Saúde pública

A pesquisa foi realizada para permitir às instituições ligadas à formação da família e educação, uma visão geral da relevante importância que as relações afetivas têm no desenvolvimento de uma criança. Os pesquisadores acreditam que adotar uma abordagem de saúde pública que melhore as habilidades dos pais nessa área pode aumentar o bem-estar da população em geral, a longo prazo. “A Organização Mundial de Saúde pediu a implementação de programas nessa área familiar, em nível populacional. Mas o progresso tem sido relativamente lento”, comenta Ying. Ela espera que os resultados desse estudo possam acrescentar maior evidência a um tema tão importante para a sociedade quanto a formação emocional dos futuros adultos que viverão em sociedade nos próximos anos.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também