Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Educação dos filhos

7 conselhos para os pais estarem mais presentes na vida dos filhos

A presença afetiva dos pais é importante para o desenvolvimento pessoal das crianças e vai além de somente dividir o mesmo teto

É possível que em uma família todos morem juntos na mesma casa, mas não sejam presentes na vida um do outro. As tarefas rotineiras, as preocupações diárias e o uso excessivo da internet acabam por distanciar as pessoas que estão sob o mesmo teto. Quando se olha para o desenvolvimento das crianças essa questão é ainda mais delicada, porque é necessária a presença afetiva dos pais em suas vidas, para que elas amadureçam. Aqui vão algumas sugestões de como os pais podem estar mais próximos de seus filhos diariamente:

1) Exercer autoridade corretamente:

É importante ser referência na vida dos filhos. Mas você já deve ter visto alguns pais com medo dos próprios filhos, não querendo desapontá-los ou serem vistos como pais rígidos demais. É preciso cuidar com os extremos: nem ser firme demasiadamente e nem permissivo. Trata-se de procurar um ponto médio, em que seus filhos possam expressar opiniões, mas que saibam que há limites e regras a serem respeitadas.

2) Apoiar os projetos dos seus filhos:

Por vezes as crianças não acreditam no potencial que têm. E quando não há apoio das pessoas próximas, especialmente dos pais, elas podem se tornar adultos que não conseguem desenvolver suas habilidades. Mas é preciso cuidar com o tipo de apoio oferecido. Evite exigir demais de seu filho. Seja afetuoso e mostre a ele que você é um suporte. Assim, ele saberá que tem em você alguém sábio a quem recorrer durante toda a vida.

3) Interessar-se pelo que eles fazem:

É importante que os filhos saibam que você se interessa por aquilo que eles fazem. E não reaja com desdém quando achar que uma tarefa realizada por seu filho é boba demais. Para ele, aquele pode ser um grande feito e é preciso que ele saiba que você está atento. E pode acontecer também de eles resistirem a contar sobre sua rotina e amizades, mas insistir em querer saber mostra que você é alguém interessado e com quem ele pode sempre contar. Isso fica registrado no subconsciente dele.

4) Mostrar que os ama:

Um pai jamais deve se arrepender de dar aos filhos altas doses de carinho e afeto. Abraçar, beijar, dizer que eles são importantes para toda a família, são atos de afirmação que contribuem muito para o desenvolvimento pessoal das crianças. São atitudes tão importantes para elas, que até quando chegarem à idade adulta, elas saberão que têm nos pais um porto seguro.

5) Estar atento às mudanças tecnológicas:

Cerque-se de todo o conhecimento possível, sobre tecnologia. As crianças já nascem digitais e sabendo fazer muito mais coisas do que você, pela internet. Por isso, é importante que você saiba quem são os Youtubers que falam às crianças e adolescentes no momento, que tipo de interesses seu filho tem na internet e conversar sobre esses assuntos. Ele vai ver em você um amigo para compartilhar informações e até buscar opinião. Mas também se mostre firme quanto ao período de utilização da internet, para que ele saiba que você é um amigo, mas também alguém que zela por sua segurança.

6) Manter uma boa comunicação com seu cônjuge:

Os relacionamentos amorosos de seus filhos serão construídos com base naquilo que eles perceberam em casa durante a infância. E ver que existe um diálogo respeitoso entre os pais, faz com que as crianças se sintam confortáveis em também se comunicar com eles. Eles passam a ver a família como um ambiente confiável.

7) Fazer programas em família:

É muito importante que toda a família tenha um tempo de qualidade junto. Ir ao cinema ou fazer uma noite de filme em casa, sentar-se junto para jantar ao menos uma vez na semana, frequentarem a igreja, viajarem, aproveitarem uma tarde no parque. Não importa se é uma atividade curta ou longa, mas esse tempo juntos deve existir. Tradições familiares serão levadas para toda a vida de seu filho e ajudarão na formação de sua própria família no futuro.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

 

Leia também