Novo olhar

5 ações para sair do negativismo e recuperar a felicidade

  • Por Equipe Sempre Família
  • 31/12/2020 14:50
Mesmo diante de forças que parecem nos puxar para baixo, algumas ações podem ajudar a trazer um pouco mais de alegria para a vida
Mesmo diante de forças que parecem nos puxar para baixo, algumas ações podem ajudar a trazer um pouco mais de alegria para a vida.| Foto: Svyatoslav Romanov/Unsplash

Em muitas ocasiões, por crenças ou experiências negativas, aprendemos a conviver com hábitos que não contribuem em nada com nossa própria felicidade. Pode ser o hábito de reclamar de tudo e de todos, o pensar sempre no que pode dar errado e mesmo se deixar levar pela preguiça em sair do ponto de estagnação em que se está.

Siga o Sempre Família no Instagram!

Mas, mesmo diante de tantas forças que parecem nos puxar para baixo, algumas ações podem ajudar a trazer um pouco mais de alegria para a vida, afastando a negatividade. O escritor Pablo Perazzo, autor do livro Yo también quiero ser feliz, publicou no site Catholic Link, cinco dicas para que você possa mudar o olhar sobre o que o cerca:

  1. Escolha ser mais otimista, ainda que isso lhe custe algo

    O ideal é conseguir se concentrar no que se tem de melhor e não nas fraquezas. Não precisa ser otimista ingênuo, apenas focar nos pontos positivos da vida mais do que nos negativos. Tenha em mente que todos sempre têm algo de bom para contribuir, seja qual for a situação.

    E se algo não tem solução, não adianta ficar se preocupando com o que não se pode fazer. Mas se existe alternativa, mude as coisas que precisam ser mudadas. Inclusive as atitudes diante das dificuldades. E é por isso que é tão importante estar aberto a novas possibilidades.

    Ser rígido demais, portanto, não é uma postura adequada. Tente descobrir maneiras de observar o mundo sob novas perspectivas porque quase sempre há um jeito diferente de fazer as coisas. Procure ajuda com humildade e conte com os amigos para todos os momentos em que as próprias forças parecem insuficientes para lidar com a situação.
  2. Mude sua perspectiva sobre as coisas

    Transforme a maneira como você vive sua vida. Parece óbvio, mas quantas vezes nos apegamos a modos de vida que sabemos que não nos trarão nada de positivo ou bom? Parece, às vezes, que amamos a nostalgia ou a tristeza, como se viver com o negativismo fosse algo normal.

    Para olhar a vida de forma diferente, aprenda novas maneiras de entender as coisas. Não tenha medo de fazer um certo esforço para encontrar a solução para os problemas. Escolher não enfrentar não resolve nada, apenas prorroga a sensação ruim que eles causam. O conhecimento não é tão importante quanto a criatividade nessas horas. Pense em alternativas criativas que as soluções vêm.
  3. Reavalie suas crenças

    Ideias mais ou menos conscientes construídas ao longo da vida são a base das atitudes, influenciam fortemente o modo de viver e os comportamentos. Só que às vezes podem ser mentiras ou visões que fazem a vida parecer triste. Então não tenha medo de questionar as próprias crenças, mesmo que pareçam fundamentais. Se uma coisa está errada, qual o problema de mudar algo na vida?

    Não mude apenas por mudar ou porque alguém sugeriu. Busque o que é melhor para a sua vida. Primeiro visualize os problemas e descubra qual é o motivo que te faz sentir assim. Depois escreva para tentar enxergar de uma perspectiva mais objetiva. Questione o que te leva a fazer as coisas da forma que faz e, se tudo isso fizer algum sentido, mude o que for necessário para se sentir melhor.

    Enxergar as situações com certo distanciamento possibilita uma nova forma de ver a vida que torna as pessoas mais felizes.
  4. Pergunte-se o que realmente quer

    Não adianta buscar o que os outros pensam ou esperam de você. Faça um exercício de consciência e liberdade e encontre um modo de vida que seja seu. São as próprias escolhas que trilham os caminhos que você vai seguir.

    Ninguém pensa como você nem está inteiramente ciente do que se passa no seu coração ou na sua cabeça. Cada um deve encontrar um norte e se reorientar se for necessário. É você o responsável pelo seu próprio destino. Busque o que é verdadeiro, bom e justo, mas exerça essa liberdade com seriedade e responsabilidade.
  5. Seja persistente e paciente consigo mesmo

    Esses exercícios não são fáceis e levam tempo. Neutralizar a negatividade permite que a alegria e a felicidade se concretizem. Se for muito difícil, não tem problema. Dê um passo de cada vez, mude um pouco a cada dia. E aceite que alguns hábitos estão enraizados no inconsciente, por isso é tão difícil mudá-los. Anime-se porque é possível ser feliz e diga adeus ao negativismo.
Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.