Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Pais e filhos

30 atitudes dos pais que significam muito para os filhos

Embora esses gestos pareçam simples para os adultos, eles têm grande efeito sobre os filhos e contribuem para a formação do seu caráter

Mostrar-se um pai e uma mãe afetuosa para seus filhos não é só abraçar e beijar eles todos os dias. Isso também, mas além disso, gestos que podem parecer muito simples para os adultos, têm grande efeito sobre os pequenos. Uma palavra de encorajamento, usar a camiseta que ele fez na escola em uma atividade com tinta, criar tradições familiares que ele levará por toda a vida e até transmitirá aos seus filhos quando for adulto. Esses são alguns exemplos de que é possível demonstrar amor e carinho por eles, sem a necessidade de eventos mirabolantes, presentes absurdamente caros ou atividades que nem ele mesmo compreenda. Margery D. Rosen, do site Parents, listou recentemente algumas atitudes simples que você pode tomar em relação aos seus filhos e significarão muito para eles, tendo grande impacto na formação de seu caráter.

1. Tendo mais de um filho, escolha fazer passeios únicos, algumas vezes. Hoje saia somente com a menina, semana que vem só com o menino, na outra semana passeie com filha mais velha. A ideia é ter conversas específicas com cada um, mostrando interesse por aquilo que ele pensa.

2. Crie um grito de guerra familiar. Pode ser uma frase extremamente simples, mas que seja facilmente lembrada por eles quando se sentir desencorajado. Reforce esse lema colando a frase na geladeira ou dizendo sempre ao final de uma tarefa cumprida.

3. Use o colar de macarrão que ele fez na escola, para ir ao trabalho, mostrando que aquele foi um presente especial.

4. Deixe ocasionalmente um bilhete, ainda que em um post-it, colado em sua lancheira, na mochila da escola, no espelho do banheiro.

5. Saia das regras vez ou outra. Diga ‘sim’ a algo geralmente fora dos limites, como sentar no balcão de uma lanchonete um dia (se o estabelecimento permitir, claro).

6. Mostre o mesmo entusiasmo que eles têm em alguns lugares como o parque de diversões, por exemplo. Eles gostarão de saber que você se sente bem em seus programas.

7. Quando um tsunami tiver passado pelo quarto deles, apenas feche a porta e continue o seu dia. Em algum momento eles se envergonharam por estar no meio daquela grande bagunça, e irão arrumar. E você evitou uma briga.

8. Faça chamadas de vídeo com os avós deles, para que todos possam conversar.

9. Se o seu filho se esforçou bastante, mas não atingiu êxito em determinada tarefa, encoraje-o a seguir em frente. Caso tenha passado por alguma história semelhante, dê o exemplo e conte como se saiu.

10. Deixe o seu filho pequeno pisar em cada poça de água ao longo do caminho de volta da escola. Mesmo que ele esteja sem calçados apropriados para um dia chuvoso. E se puder, faça o mesmo.

11. No aniversário dele, faça você mesmo um cartão especial.

12. Adotem um animal de estimação que precisa de um lar – e do amor de uma criança.

13. Dê ao seu pequeno uma chance de resolver seus problemas sozinho na caixa de areia ou no parquinho, antes de intervir.

14. Controle a enxurrada de perguntas do tipo “como foi seu dia”, se o seu filho chegar em casa da escola mal-humorado e cansado. Se esperar um pouco, você terá melhores respostas. Quem sabe na hora do jantar?

15. Criem suas próprias tradições familiares: terças-feiras de cinema em casa, sextas-feiras de jantar fora ou domingos no parque. Isso cria o sentimento de pertencimento.

16. Peça que seu filho o ensine a solucionar alguma questão que para a idade dele é fácil. Mexer em um aplicativo de celular ou andar de patins, por exemplo. E quando você pegar o jeito, não se esqueça de dizer que ele é um bom professor.

17. Deixe, algumas vezes, que seus filhos pequenos escolham as roupas que querem usar para ir a determinados lugares: supermercado, igreja, casa das avós.

18. Diga a seus filhos o quanto eles são especiais, com frequência. Em determinadas etapas da vida, como adolescência, eles podem se sentir envergonhados. Mas no fundo, eles se sentem realmente amados.

19. Sentem-se no quintal de casa ou na sacada do prédio e juntos apreciem o céu estrelado. Vocês não precisam conversar sobre nada. Apenas estarem próximos.

20. Imprima as fotos da infância deles. Embora hoje tenhamos tantas facilidades para obter e guardar imagens, tê-las fisicamente ainda é uma bela recordação.

21. Deixe que ele desabafe sobre seus problemas com você. Espere até que ele esteja confortável para lhe contar o que acontece e esteja preparado para ouvir.

22. Prepare seu prato preferido em alguma das refeições.

23. Coloque uma música animada e o convide para dançar com você na sala. De novo, em determinadas faixas etárias você pode sofrer resistência. Mas insista um pouco e verá o ótimo resultado. Ou então comece uma luta de travesseiros.

24. Crie um aperto de mão secreto. Os filhos menores irão adorar!

25. Tenham um quadro branco em casa, para poderem deixar recados especiais um para o outro quando os dias estiverem cheios de atividades, e vocês quase não consigam se encontrar.

26. Participe de suas brincadeiras, mesmo as mais simples, e leiam juntos.

27. Compartilhe seus velhos diários, fotos e cartas de quando você tinha a idade deles.

28. Agradeça ao seu filho quando ele fizer uma tarefa por conta própria – mesmo que seja apenas pendurar uma toalha molhada ou encher a garrafa de água da geladeira.

29. Faça uma festa do pijama e durmam todos juntos na sala.

30. Cozinhem juntos. Deixe que seus filhos ajudem a preparar alguma das refeições ou talvez um prato especial para um evento em casa. Será um ótimo momento para colocar a conversa em dia.

 

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também