Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Pais e filhos

3 atitudes que dificultam o fortalecimento do vínculo familiar

Na rotina agitada do dia a dia, é preciso que os pais estejam atentos a algumas atitudes que podem enfraquecer a unidade familiar

Se por um lado os pais querem que seus filhos sejam independentes e construam relacionamentos significativos fora de casa, de outro, eles desejam e precisam fortalecer o vínculo familiar. É que toda a base para que esse filho seja um bom cidadão, funcionário, amigo, namorado e esposo virá do aprendizado que ele teve em casa. E na rotina agitada do dia a dia, é preciso que os pais estejam atentos a algumas atitudes que podem enfraquecer essa unidade familiar.

Crianças que crescem em ambiente de afeto desenvolvem melhor a espontaneidade

Ao criar vínculos familiares saudáveis, os pais mostram que estão preocupados com o bem-estar de seus filhos. Quando essa questão é negligenciada, a chance de que o filho tenha atrasos em seu desenvolvimento social é grande. E não pense que é preciso muito para isso: quando o pai opta pelo celular ou televisão, em vez de brincar com seu filho no chão de casa, ele já está dificultando a formação desse vínculo.

Temos aqui três dessas atitudes listadas pelo pastor Timothy Diehl, que podem dificultar a criação de um vínculo familiar saudável. Veja se em algum momento isso tem acontecido em sua casa:

1. Deixar a família em segundo plano

“Construir laços familiares duradouros requer disposição, o que implica em dizer não às várias atividades que podem nos manter distantes de nossa casa”, diz Tim. Portanto, é importante que seja reservado um momento para se estar em família. Sugira uma atividade que todos possam fazer juntos, por exemplo, e faça o impossível para não desmarcar esse compromisso com as pessoas que ama. Nada pode substituir a alegria de se estar com os filhos em casa, nem uma rotina pesada de trabalho.

O que acontece no cérebro do seu filho quando você grita com ele

Da mesma maneira, manter os filhos ocupados demais com atividades extracurriculares também é ruim para a saúde familiar. Mesmo que pareça, em um primeiro momento, algo bom, o excesso de ocupação faz com que eles fiquem demasiadamente cansados e sem vontade de compartilhar os momentos em família quando estão junto a seus pais e irmãos.

2. Viver em um mundo virtual

Se os fones de ouvido, se tornaram um problema real em sua casa e essa distração já está distanciando pais e filhos é hora de superar essa barreira juntos. Sugira algumas regras para eles. Enquanto estiverem juntos em uma atividade ou durante as refeições, por exemplo, proíba seu uso. Aos poucos, todos irão notar que a conversa entre vocês irá fluir facilmente.

Por que o toque dos pais faz toda a diferença no desenvolvimento da criança

Diante da diversidade de estímulos oferecidos pela tecnologia, não só os filhos passam boa parte de seu tempo conectados à internet, mas também os pais acabam se tornando reféns da tecnologia. Ao escolherem viver suas vidas no virtual, deixando o real de lado, pais e filhos se distanciam e enfraquecem a união da família. Todos podem estar juntos em uma mesma sala, mas não estão perto emocionalmente.

É preciso criar regras para o uso da tecnologia em casa, abrindo mão dessas distrações para se conectarem uns aos outros. Não permita smartphones na mesa de jantar e definam limites de horário para o uso do aparelho, por exemplo. E isso vale para pais e filhos!

3. Levar a vida muito a sério

É preciso ter equilíbrio na vida. “Diante das diversas exigências diárias, encontre situações para rir junto com sua família”, alerta Tim. Segundo ele, essa é uma maneira eficaz para manter um vínculo familiar forte. Isso porque, dar boas risadas libera a endorfina, hormônio que ajuda na melhoria das interações sociais. “Então, ria com sua esposa e filhos. Se os seus filhos são pequenas, façam uma guerra de cócegas ou contem piadas”, sugere o pastor. Por isso, assistam filmes de comédia juntos, riam de si mesmo quando você cometer erros e vejam vídeos engraçados na internet.

Como brincadeiras em família podem fortalecer vínculos

Tanto quanto possível, crie um ambiente em que sua família possa se divertir. Obviamente, a vida não pode ser um grande festival de risos. Mas descobrir como fazer disso algo recorrente em sua vida familiar, ajudará vocês a criarem laços fortes, que serão a base para que seus filhos sejam bons cidadãos.

 ***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também