Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Logo do Real Madrid com e sem cruz.
Logo do Real Madrid com e sem cruz.
Esporte, Religião

Para vender produtos no Oriente Médio, Real Madrid tira a cruz de seu escudo

Três anos atrás, o clube de futebol espanhol já havia eliminado a cruz ao receber patrocínio de um banco dos Emirados Árabes Unidos.

O Real Madrid voltou a retirar a cruz de seu escudo ao firmar um acordo com uma empresa que venderá produtos licenciados do clube em seis países do Oriente Médio. O contrato está previsto para durar cinco anos, contando a partir do próximo mês de março, e espera-se que reverta ao clube cerca de 52 milhões de euros.

O grupo Marka, dos Emirados Árabes Unidos, venderá produtos com a marca do clube para o Omã, o Bahrein, o Kuwait, o Qatar e a Arábia Saudita, além dos próprios Emirados.

“Devemos ter consideração com algumas partes do Golfo que são sensíveis a produtos que trazem uma cruz”, disse o vice-presidente do grupo, Khaled al-Mheiri, referindo-se à vertente wahabista do Islã, que predomina na região. Outras marcas que vendem produtos licenciados do clube no Oriente Médio, no entanto, mantêm a cruz no escudo.

Não é a primeira vez que isso acontece. Em 2014, o clube eliminou a cruz do escudo que aparecia nos cartões de créditos emitidos por seu patrocinador na época, o Banco Nacional de Abu Dhabi.

No escudo do Real Madrid, a cruz encima a coroa que o clube ostenta desde que recebeu do rei Alfonso XIII o título de “real”, em 1920. No site de mobilização social Change, a associação Enraizados fez um abaixo-assinado dirigido ao clube para que mantenha a cruz no seu símbolo. Pouco mais de mil pessoas firmaram o texto.

Com informações de El País.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também