Sono dos pais só se recupera 6 anos depois de ter um bebê, diz estudo

  • Por Equipe Sempre Família
  • 28/02/2019 11:07
Bigstock
Bigstock| Foto:

A presença de um bebê em casa impacta profundamente o padrão de sono de seus pais – isso não é novidade para nenhum pai nem nenhuma mãe. No entanto, um estudo publicado em janeiro pelo periódico Sleep, da Sleep Research Society, descobriu que esse impacto dura, em média, 6 anos para ser normalizado.

20 fotos que provam como crianças são capazes de dormir em qualquer lugar

Assinada por cinco pesquisadores do Reino Unido, Alemanha e Estados Unidos, a pesquisa descobriu que nos três primeiros meses após o nascimento do filho, as mães dormem mais de uma hora a menos do que o normal e os pais perdem 15 minutos do seu total. 6 anos depois, as mães ainda dormem 20 minutos a menos do que antes do nascimento do bebê e os pais continuam com seus 15 minutos de diferença.

Os pesquisadores apontaram que a amamentação, no primeiro semestre do bebê, leva as mulheres a serem mais afetadas do que os homens. O estudo notou ainda que pais de primeira viagem são mais impactados em seus padrões de sono do que aqueles que têm experiência. A idade dos pais e a renda familiar, bem como o fato de estar em casal ou ser um genitor solteiro, não influenciaram nos resultados.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.