Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Unsplash
Unsplash
Educação dos filhos

Os benefícios que a brincadeira ao ar livre traz para as crianças

Experiências com a natureza incentivam a criança a superar desafios e ajudam a entender melhor o ciclo da vida

Esqueça aquela ideia de que brincar fora de casa pode ser ruim para seu filho. De acordo com o norte-americano Richard Louv, consultor do Comitê de Desenvolvimento Infantil do Conselho Científico Nacional dos Estados Unidos e autor do livro “O último filho na floresta: salvando nossos filhos do transtorno de déficit de natureza”, há muitas diferenças entre os tipos de interação entre as crianças do passado e as de hoje – e isso se tornou algo extremamente preocupante.

Segundo Louv, o aumento do tráfego e a redução de áreas verdes nas cidades, os jogos eletrônicos cada vez mais fascinantes e, principalmente, o medo e insegurança dos pais em deixar os filhos brincando fora de casa, longe de suas vistas, são os principais fatores que impedem as crianças de brincar na rua hoje em dia. Acontece que, em meio a tudo isso, muitos pais parecem ter esquecido os inúmeros benefícios que o contato com a natureza traz para a saúde e desenvolvimento das crianças – e que um dia, provavelmente, já trouxe benefícios para eles mesmos.

Quais são os efeitos negativos disso?

Passar a maior parte do tempo dentro de casa ou na escola e ter pouco contato com a natureza causa diversos efeitos às crianças. Para o especialista, a falta de estímulos do ambiente natural (cores, sons e cheiros diferentes, paisagens com amplas perspectivas, etc.) afeta principalmente o uso dos sentidos, dificultando o desenvolvimento da criança.

Como escalar árvores e cavar na terra pode ajudar crianças a desenvolver resiliência

Elas também deixam de usufruir do poder relaxante que a natureza tem, potencializando, assim, problemas de ansiedade e estresse. Outro malefício é que dentro de casa há mais chances de seu filho ficar acima do peso, por exemplo, isso porque é um ambiente onde se faz menos atividade física.

A formação de consciência em relação à proteção do meio ambiente também é negligenciada quando a criança não tem um contato mais constante com a natureza, o que trará consequências negativas a longo prazo. Além disso, há ainda o fato de não receber luz solar suficiente para seu corpo sintetizar vitamina D (ajuda a absorver cálcio) e produzir melatonina e serotonina – hormônios do bem-estar.

Benefícios de brincar fora

Enquanto isso, o contato frequente com o “lado de fora” tem muitos efeitos positivos para a criança. A convivência com os elementos da natureza ensina muito. Seguir a trilha das formigas, ver as diferentes plantas, encontrar uma teia de aranha com uma mosca, descobrir de onde vem os alimentos… essas experiências ajudam a entender melhor o ciclo da vida e a conhecer as coisas que talvez seu filho só veria nos livros.

Seu filho é viciado em smartphone, tablet ou televisão? Saiba o que fazer

Além de tudo, isso ainda incentiva a criança a superar desafios. Fora de casa, ela pode enfrentar situações como subir em uma árvore, balançar alto em um balanço, correr distâncias mais longas… superar todos esses desafios dará uma injeção de autoestima para seu filho.

Por ser um espaço não estruturado, o ambiente natural também estimula sua fantasia, uma vez que a criança inventa seus próprios jogos. Portanto, seu filho desenvolve melhor a criatividade.

Ideias para brincar ao ar livre

Agora que você já sabe o quão importante o contato com a natureza é para seu filho, confira as seguintes ideias que irão te ajudar a proporcionar a ele mais momentos ao ar livre:

– Leve-o ao parque diariamente e incentive-o a brincar com outras crianças.
– Planeje passeios de fim de semana, especialmente se você mora em uma cidade grande. Escalar morros, conhecer animais diferentes, pegar folhas ou pedrinhas do chão para fazer artesanato ou colecionar… tudo isso será uma maneira de seu filho conhecer o mundo e servirá de aprendizado.
– Deixe que ele faça coisas que não está acostumado a fazer (claro, sem perdê-lo de vista), como subir em uma árvore, colocar os pés em um rio… viver junto com ele essas novas experiência fortalecerá o vínculo entre vocês.
– Deixe o celular, tablet e outros dispositivos eletrônicos de seu filho em casa. Estar totalmente desconectado é necessário para seu bem-estar físico e mental.
– Da mesma forma, tente desconectar-se e esquecer o máximo possível do celular e das redes sociais. Essas distrações roubam tempo de qualidade e momentos tranquilos com seu filho.

Com informações de Crecer Feliz

***

***

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook Twitter | YouTube

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também