Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Foto: Reprodução/WABF 9
Foto: Reprodução/WABF 9
Virtudes e Valores

Garoto de 13 anos cria guarda-roupa beneficente em escola dos EUA

O estudante Chase Neyland Square oferece roupas, material escolar e itens de higiene gratuitamente aos alunos de baixa renda que frequentam o colégio

As prateleiras organizadas pelo norte-americano Chase Neyland e as roupas que ele separa cuidadosamente por cabides lembram um grande guarda-roupa. No entanto, o espaço não fica em um quarto e nem possui dono, pois foi criado no ginásio da escola de Port Allen, no estado da Louisiana, para beneficiar estudantes de baixa renda.

Você valoriza as boas atitudes de seu filho?

“Algumas vezes, as crianças se sentem mal devido à sua aparência”, disse o estudante de 13 anos em entrevista ao canal WABF 9, afiliado da rede CBS. Então, “quero fazer a diferença na escola porque quero que todos se sintam iguais”, completou o garoto, que decidiu criar o armário beneficente nas últimas semanas.

Foto: Reprodução/WABF 9
Foto: Reprodução/WABF 9

A iniciativa surgiu durante um programa de verão que incentivava estudantes a desenvolverem projetos para melhorar a escola. Com isso, o estudante do 8º ano pensou nos amigos que não tinham boas roupas para usar na escola e nem o que vestir na formatura do Ensino Fundamental.

Ele separou algumas peças do seu próprio guarda-roupa e começou a organizá-las em cabides no armário do ginásio da escola. Aos poucos, outras pessoas ficaram sabendo da ideia e também doaram camisas, calças, ternos e vestidos para contribuir com o closet beneficente. “Minha parte favorita é receber todo tipo de roupas e classificá-las para dar às pessoas”, contou o garoto ao programa televisivo Good Morning America. “Isso me faz sentir bem”, completou.

Foto: Reprodução/WABF 9
Foto: Reprodução/WABF 9

Atualmente, o espaço fica no ginásio da instituição, possui dois expositores repletos de peças de vestuário e também diversas caixas organizadas até o teto com produtos de higiene e material escolar para doação. “Teve até uma família de Port Allen que sofreu um incêndio, veio aqui e saiu com um armário totalmente novo, cheio de roupas”, relatou o garoto ao WABF 9.

Outras melhorias

Além da iniciativa de Chase, que recebe doações em produtos e em dinheiro, outras ações têm sido colocadas em prática pelos 215 alunos da escola. De acordo com a diretora Jessica Major, desde o início do programa de verão para estudantes de Artes, Recreação e Conhecimento – em 2016 – o número de livros oferecidos na biblioteca da instituição dobrou como resultado do trabalho dos alunos e os corredores também ganharam nova iluminação.

Quais habilidades ensinar às crianças para que sejam adultos autossuficientes?

“Mudamos drasticamente algumas coisas que fazemos aqui”, afirmou ao canal afiliado da CSB. Para ela, as ações ajudam os alunos a desenvolver o senso de liderança e isso faz com que os resultados ultrapassem os portões da escola e beneficiem outras pessoas.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também