Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
WCPO
WCPO
Virtudes e Valores

Funcionária de supermercado salva Natal de idoso que estava caindo em um golpe

O idoso quase perdeu 2 mil dólares achando que estava ajudando um neto, mas a perspicácia da moça salvou o dia.

Cecil Rodgers, de Cincinnati, Ohio, nos Estados Unidos, estava ansioso para passar o Natal com sua família, até que recebeu um telefonema de uma pessoa que dizia ser seu “neto mais velho”. Foi o início da história de um golpe que teria levado todas as economias de Rodgers às vésperas do Natal – se não fosse a perspicácia da atendente do caixa de um supermercado.

“É o seu neto mais velho. Estou com problemas”, disse a voz ao telefone, segundo Rodgers contou ao WCPO, um veículo de mídia local. “Bati no automóvel de uma mulher que estava com sete meses de gravidez. E me acusaram de dirigir embriagado e estou preso”. O suposto advogado do suposto neto pediu ao idoso que enviasse 2,3 mil dólares – o equivalente a mais de 7 mil reais – para pagar a fiança.

Avô vai buscar o neto na escola e chega em casa com a criança errada

Rodgers, temendo pela situação de seu “neto”, foi com 2 mil dólares em mãos até um Walmart para realizar uma transferência – nos Estados Unidos, é possível fazer esse tipo de transação no caixa do supermercado. Mas foi aí que o senhor escapou do golpe, graças a Audrella Taylor, funcionária da rede.

Rodgers comentou brevemente com Audrella sobre o que havia acontecido. Ela desconfiou da história. “Eu disse: ‘Vou recusar a transação. Não vou deixar o senhor enviar o dinheiro. Acho que o senhor está sendo vítima de um golpe’”, lembra Audrella.

Ela pediu que o senhor voltasse para casa e telefonasse aos familiares para saber se alguém tinha ouvido falar do acidente de seu neto. Eles não tinham. Seu verdadeiro “neto mais velho” estava tranquilo na faculdade. Rodgers quase caiu em um “golpe” muito bem orquestrado.

“Se você está apaixonado, não se case”, recomendam casais de idosos em vídeo emocionante

O gerente da unidade, Dominic Gross, recompensou a funcionária pela decisão e agora está treinando os atendentes de caixas do supermercado para que fiquem atentos a sinais de golpe quando realizam transações.

Rodgers não é um homem rico, por isso se sentiu aliviado por poder passar o Natal com seus familiares sem ter que se preocupar com as dificuldades financeiras que teria caso perdesse 2300 dólares. E tudo graças à intuição, ao raciocínio rápido e à preocupação com o próximo de Audrella.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também