Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: reprodução/YouTube
Crédito: reprodução/YouTube
Defesa da Vida

Bebê prematura abandonada pelos pais devido à aparência é salva pelo avô

Dilip Dole alimentou a criança dando-lhe leite com uma colher durante duas semanas, até conseguir levá-la a um hospital

Uma bebê prematura abandonada por seus pais devido à sua aparência no oeste da Índia foi salva pelo avô, que passou a alimentá-la até conseguir leva-la a um hospital. Nascida num vilarejo pobre depois de sete meses de gestação e pesando menos de um quilo,  os pais não quiseram ficar com a criança devido à sua pele enrugada e outros aspectos incomuns na aparência.

O avô, Dilip Dole, contou que a notícia de que o bebê era “estranho” correu todo o vilarejo onde moram, de modo que os pais ficaram envergonhados de sua filha. Eles recusaram até mesmo a alimentá-la. Foi então que Dole interveio e impediu que os pais lhe fizessem algum mal. Ele alimentou a menina com leite durante duas semanas, usando uma colher, até que conseguiu levá-la a um hospital. De acordo com o site Live Action News, ela ainda estaria internada e em recuperação, acompanhada pelo avô. Seus pais continuam se recusando a visitá-la.

Os médicos disseram que a aparência da criança – que ainda não recebeu um nome – pode ter sido causado por uma retardação no crescimento intrauterino e por anomalia cromossômica. Mas Dole não vê anomalia, deformidade ou doença como uma razão para rejeitar a sua neta ou deixar que ela morra.

“Eu vou tentar convencer os seus pais a aceitá-la, mas se eles continuarem recusando, vou criá-la sozinho. Ela não tem culpa de ter nascido diferente, e eu não vou me desfazer dela por causa desse problema”, disse ele à imprensa local.

O hospital, localizado em Mumbai, concordou em cobrir os custos do tratamento para a bebê e em providenciar acomodação para o avô.

 

Com informações de Life Action News.

Colaborou: Felipe Koller.

6 Comentários
Leia também