Hobby

Isolamento impulsiona a procura por cursos online de instrumentos musicais

  • Por Carlos Coelho
  • 27/06/2020 08:50
Listamos alguns canais, gratuitos e pagos, para quem quer começar a praticar um instrumento ou aperfeiçoar seus talentos musicais.
Listamos alguns canais, gratuitos e pagos, para quem quer começar a praticar um instrumento ou aperfeiçoar seus talentos musicais.| Foto: Bigstock

Lojista de um shopping na região Sul de Curitiba, o paranaense Guilherme Tadeu Silva, de 35 anos, decidiu aproveitar as horas livres – os centros comerciais estão proibidos de funcionar na cidade por conta da pandemia de coronavírus – para aperfeiçoar seus conhecimentos em baixo elétrico, instrumento em que tem conhecimento intermediário. “Com a correria do dia a dia fica difícil se atualizar. Como sou músico amador, não dependo disso para viver, o estudo do instrumento acaba ficando de lado”, diz. Para se atualizar, ele tem recorrido a aulas online de teoria musical, disponíveis em plataformas como o Youtube. “Quando comecei, há uns 15 anos, era mais difícil. Hoje tem muito material disponível”, diz.

Assim como cozinhar, praticar música se tornou um hobby recorrente durante o isolamento forçado. De acordo com o professor de violão e guitarra Gregory Ramos, um dos nomes por trás do Canal CZR Cifras, que ensina música gratuitamente pelo Youtube ou individualmente em cursos pagos, a alta na procura pelos seus vídeos e cursos foi de 30% neste período de quarentena, em relação aos primeiros meses do ano. “O público varia bastante. Tenho alguns alunos do exterior que começam do zero, ou pessoas que de lugares afastados do Brasil que já sabem um pouco de música porque pegaram na Internet. O público é bem misto” diz. “Mas uma boa parte começou por conta do tempo livre gerado pela quarentena”, diz.

Uma das ferramentas que medem a febre dos assuntos na internet, o Google Trends, mostra que a busca por termos como Cifraclub – um dos sites mais conhecidos de cifras e aulas – aumentou 85% entre fevereiro e a última semana de março no Brasil, quando as medidas de isolamento foram postas em prática. A consulta por instrumentos de cordas subiu 500% nos últimos 90 dias, segundo a ferramenta.

É um fenômeno, aparentemente, mundial. Pelos números da Udemy, uma escola especializada em cursos online, houve aumento na procura de diversas modalidades de aula, mas as de música estão sempre no topo, não importa o país. Somente de ukulele – um instrumento português de cordas, mas popularizado no Havaí –, a procura por cursos aumentou 292% desde março, período em que o isolamento social se intensificou na maioria dos países. Nos levantamentos da empresa, cursos de piano e violão foram entre os mais procurados na plataforma em países como Itália e Espanha, que tiveram regras de quarentena mais rígida.

A oportunidade despertou o interesse inclusive de músicos famosos, que passaram a oferecer aulas de instrumentos para seus fãs. O que se tornou uma forma de negócio em épocas em que os shows estão proibidos.

A seguir, listamos alguns canais, gratuitos e pagos, para quem quer começar a praticar um instrumento ou aproveitar os dias em casa para aperfeiçoar seus dons:

  • Voz em construção

    Para interessados em cantar, o cantor preparador vocal Wagner Barbosa dá dicas de canto e saúde vocal em seu canal no Youtube. Além dos vídeos, o professor vende seus cursos online. Mas, mesmo nas amostras grátis disponíveis na plataforma, há ótimos exercícios e técnicas voltadas aos iniciantes. Além disso, o profissional realiza lives frequentes em que tira dúvida de seus seguidores e apresenta exercícios em tempo real. Barbosa já foi preparador vocal de grandes cantores brasileiros, como Gilberto Gil, Gal Costa e Marisa Monte.
  • Cifraclub

    Criado em 1996, é o site mais tradicional de ensino de músicas no Brasil. No começo, era apenas um depositório de cifras de canções conhecidas, mas, com os anos, passou a oferecer aulas de diferentes instrumentos. Hoje são 15 deles, incluindo alguns pouco usuais, como harpa. Tudo gratuitamente. São quase meio milhão de acordes e aulas de músicas cadastrados, de acordo com a Studio Sol, empresa que administra o site. Alguns serviços, além das aulas, podem auxiliar o aprendiz a tirar dúvidas e desenvolver suas técnicas, como o fórum, onde pode-se compartilhas sua experiência – ou dificuldades – com milhares de outros frequentadores do site. O grupo para formar bandas serve para quem quer dar um passo além e juntar outros músicos (após a quarentena, claro) para se divertir.
  • CZR Cifras

    Em uma linha parecida, o canal CZR cifras, no Youtube, ensina a tocar diversas músicas no violão, guitarra e teclado. Além disso, traz aulas de teoria musical, com vídeos com montagem de acordes, por exemplo. O conteúdo grátis é interessante para quem já tem algum conhecimento e objetivos apenas de diversão. Para conteúdos mais aprofundados, o canal vende aulas e apostilas específicas. O curso de violão básico, por exemplo, custa R$ 129.
  • Descomplicando a Música

    Um dos sites mais interessantes para iniciantes e intermediários, ensina teoria musical de um modo simples de entender. O conteúdo é dividido em módulos e boa parte deles é gratuita. Também tem módulos mais avançados pagos (com preços na casa dos R$ 80) e uma apostila mais robusta de teoria musical para ser baixada em PDF (ao custo de R$ 69,90). Porém, mesmo com o conteúdo free é possível entender as regras de harmonia que podem ser aplicadas a quase todos os instrumentos.
  • Music Dot

    Serviço inteiramente pago, o Music Dot é um dos sites de ensino de música a distância mais relevantes do país. Por planos semestrais (R$ 60/mês) ou anuais (R$ 50/mês), o aluno tem acesso a videoaulas de dez instrumentos, além de teoria musical e processamento de áudio. As aulas são pré-gravadas em vídeo (não ao vivo) mas, segundo a empresa, dúvidas podem ser tiradas com os professores a qualquer momento. Entre os instrumentos com cursos disponíveis na plataforma estão teclado, baixo, violão, guitarra e canto. As aulas ficam disponíveis durante o plano contratado (seis ou 12 meses).
  • Daniel Gomes

    De olho nos “músicos da quarentena”, o professor de violão e guitarra Daniel Gomes lançou, em seu canal no Youtube, uma série de aulas intitulada “Estude uma música por dia na quarentena”. Nela, ele esmiúça canções conhecidas da MPB, como “Morena Tropicana”, de Alceu Valença. O músico carioca também oferece versões pagas de seus cursos, como o de harmonia (a R$ 198, com acesso vitalício a quem comprar).
  • Como tocar ukulele

    Para entusiastas de um instrumento fácil e com timbre agradável, uma boa pedida é o canal Como Tocar Ukulele, no Youtube. Com aulas gratuitas, o professor Mateus Augusto ensina técnicas básicas, acordes e uma série de músicas no instrumento, como “Velha Infância”, de Os Tribalistas. O professor também está promovendo um workshop sobre o instrumento de cordas. Também será online e grátis, mas as inscrições devem ser feitas pelo site.
  • Udemy

    A plataforma de ensino a distância – que liga professores a alunos – tem uma série de cursos de instrumentos. Todos são pagos e os preços variam de acordo com o instrutor e módulo escolhido. O curso de violão popular do Clube do Músico, por exemplo, custa R$ 36,99. O de técnica e expressão na guitarra solo de Vilmar Gusberti custa R$ 294,99, por sua vez.
  • Learncafe.com

    Concorrente nacional da Udemy, o site tem funcionamento parecido. O destaque do Learncafe.com, porém, é que tem opções gratuitas voltadas para iniciantes. São diferentes cursos de técnica vocal e canto, violão e teclado. Na modalidade paga, os preços variam também de acordo com curso e instrutor. O de piano popular, lecionado pelo pianista João Pedro Boroni, por exemplo, custa R$ 480. Um mais simples, como o de cavaquinho, da própria Learncafe, custa R$ 29,90.
  • Coursera

    A plataforma tem uma proposta interessante: traz diversos cursos elaborados por universidades norte-americanas de artes, como a Berklee, em Boston. É possível acompanhar gratuitamente aulas de produção e composição musical, por exemplo. Para os que falam inglês, há ainda mais opções – tanto gratuitas quanto pagas.
  • David Ellefson

    Um dos músicos de mais sucesso da cena roqueira mundial, o baixista David Ellefson, da banda Megadeth, está oferecendo aulas gratuitas a crianças e adolescentes via Skype. Para isso, o interessado precisa ser fluente em inglês e preencher uma ficha no site do projeto, intitulado School’s Out. Além de Ellefson, o curso conta com mentoria de outro músicos famosos, incluindo o guitarrista brasileiro Kiko Loureiro, que é seu companheiro de banda.
  • Anthrax

    Quase na mesma linha, os membros da banda norte-americana Anthrax estão oferecendo aulas online. Porém, pagas. Os preços variam de US$ 75 a US$ 300. Vale para fãs de gêneros mais pesados do rock. As aulas são via Topeka, um site de reuniões virtuais.
Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.