Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Divulgação
Divulgação
Pets

Cachorro leva cinco tiros em fogo cruzado no Rio de Janeiro e sobrevive

“É brasileiro, aguenta tranco!”, comentou a presidente da ONG que resgatou o cão

Um cão de cerca de 3 anos que levou cinco tiros num tiroteio ocorrido na Zona Norte do Rio de Janeiro foi socorrido e sobreviveu. Os tiros foram na virilha, no pescoço, na coxa, na axila e no fêmur.

Izabel Cristina Nascimento, presidente da Sociedade União Internacional Protetora dos Animais (Suipa), conta que a ONG foi chamada por moradores da comunidade e conseguiu um carro emprestado com um associado para ir ao local pegar o animal. Por ter passado por tremendo sufoco, o cachorro recebeu o nome de Netinho Coragem. A instituição informou que o estado de saúde do cão após o atendimento era bom.

“Os veterinários acreditam que nenhuma bala ficou alojada”, disse Izabel à reportagem do jornal O Globo. “Acreditamos que ele vai ficar bem. É brasileiro, aguenta tranco!” De acordo com ela, o animal estava no meio da rua quando aconteceu o tiroteio, próximo à rua Professor Venâncio Flores, na comunidade de Coelho Neto. A situação ocorreu no dia 12 de julho.

 

Recomendamos:

 

Leia também