Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Divulgação
Divulgação
Tecnologia

Boneca que pode ser hackeada para espionar crianças causa polêmica na Europa

Autoridades alemãs chegaram a dizer que os pais devem se livrar do brinquedo para proteger a privacidade de seus filhos

Uma boneca que acessa a internet e é equipada com bluetooth está causando polêmica na Europa. Segundo a agência de notícias BBC, autoridades alemãs chegaram a fazer um comunicado sugerindo aos pais que destruam a boneca falante Minha Amiga Cayla, devido às brechas de segurança detectadas na tecnologia do brinquedo.

A Agência Federal de Redes (Bundesnetzagentur), responsável pelas telecomunicações no país, foi quem deu o alerta. Os especialistas da instituição afirmam que hackers podem usar o dispositivo de bluetooth da boneca para ouvir e falar com as crianças que brincam com ela.

O risco surge do modo como o brinquedo funciona. Cayla pode responder em áudio às perguntas feitas pelas crianças acessando a internet. Por exemplo, se alguém pergunta “como se chama um bebê cavalo?”, a boneca faz uma rápida pesquisa e responde: “ele é chamado de potro”.

O grupo Vivid Toy, que distribui o brinquedo, confirmou que ocorreram casos de invasão de privacidade, mas justificou dizendo que estes eram isolados e foram feitos por especialistas. A empresa afirmou que usaria as informações obtidas nos casos constatados para atualizar o aplicativo que é usado no brinquedo.

Não é a primeira vez que a boneca preocupa autoridades e famílias. Em 2015, relatos de bonecas supostamente hackeadas surgiram nos Estados Unidos, mas é a primeira vez que uma entidade governamental faz um apelo explícito para que as famílias se livrem do brinquedo.

 

Com informações da BBC.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também