Sempre Família - Porque cuidar é fundamentalAtivo 1

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
path3371
eu para blog
Jônatas Dias Lima

Blog da Vida

Opinião e notícia sobre as causas pró-vida e pró-família

Macedônia lança campanha para incentivar famílias a terem mais filhos

Com um território um pouco menor que o de Alagoas, o país tem dois milhões de habitantes e uma taxa de natalidade de 1,5 filhos por mulher.

Fonte das Mães, monumento da capital da Macedônia, Escópia (foto: Bigstock).
Fonte das Mães, monumento da capital da Macedônia, Escópia (foto: Bigstock).

Como muitos países da Europa, a pequena Macedônia está se dando conta de um grave problema que assola sua população: a baixa taxa de natalidade. Com um território um pouco menor que o de Alagoas, o país tem dois milhões de habitantes e uma taxa de natalidade de 1,5 filhos por mulher, segundo dados de 2014. Por isso, o governo tem veiculado uma campanha nas tevês do país para incentivar as famílias a terem mais filhos.

O site espanhol La Contra TV traduziu o anúncio, que tem como protagonista Lidia Ristovska, médica, esposa e mãe de quatro filhos. “Todos temos direito a estabelecer prioridades em nossa vida. Eu escolhi três de uma só vez”, diz a médica.

Para combater crise de natalidade Polônia garante renda extra a quem tem mais de um filho

“Meu trabalho requer tamanha energia que qualquer um pensaria que não tenho tempo para mais nada, menos ainda para a minha família. Mas isso não é verdade. Ser médica, esposa e mãe é na verdade uma grande responsabilidade e, como mulher, uma grande honra”, continua.

“Minha família me dá forças para enfrentar os desafios da vida e as tarefas do trabalho. Minha família é minha maior alegria. Não existe êxito completo a menos que você possa compartilhá-lo com aqueles a quem você ama”, diz Ristovska. “Estou orgulhosa de ter fundado uma família com muitos filhos. Tomei a decisão correta. Você pode fazer o mesmo”.

 

 

Com informações de Religion en Libertad.

 

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também