Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
path3371
eu para blog
Jônatas Dias Lima

Blog da Vida

Opinião e notícia sobre as causas pró-vida e pró-família

20 mil pessoas marcham contra o aborto na Croácia, incluindo um ministro

Recentemente, um tribunal croata reconheceu que a lei do aborto instituída durante o regime comunista, em 1978, é inconstitucional.

Marcha pela Vida na cidade de Zagreb, Croácia.
Marcha pela Vida na cidade de Zagreb, Croácia.

Cerca de 20 mil pessoas percorreram as ruas de Zagreb no último dia 20 de maio, na segunda edição da Marcha pela Vida na Croácia. O ministro das relações exteriores do país, Davor Stier, participou do evento com a sua família, bem como Marijana Petir, membro do Parlamento Europeu. Outras 5 mil pessoas se manifestaram na cidade de Split.

A marcha atraiu a atenção da mídia, já que o assunto está em alta na Croácia. No começo do ano, a Corte Constitucional do país reconheceu, após 26 anos arrastando a decisão, que a lei do aborto instituída durante o regime comunista, em 1978, é inconstitucional.

A corte então emitiu uma decisão exigindo que o parlamento mude a lei sobre o aborto dentro de dois anos. Atualmente, o aborto é permitido no país até dez semanas de gestação.

Pai entra com recurso e justiça do Uruguai impede mãe de abortar o filho

Corre também no país uma petição que reivindica a proteção dos nascituros e o auxílio às gestantes. Dezenas de milhares de croatas já subscreveram o abaixo-assinado.  O governo do país é tido como conservador, mas os políticos locais costumam dizer que, embora sejam pessoalmente contra o aborto, não pretendem alterar a lei.

Stier, que também é um dos quatro vice-primeiros-ministros do país, já declarou em uma comissão da União Europeia que a Croácia oficialmente não considera o aborto como parte da agenda pelos direitos reprodutivos. Ele já esteve presente na marcha do ano passado, quando era membro do Parlamento Europeu.

 

Com informações de Life Site News.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Por

Comentários

Você precisa fazer o login para publicar um comentário.

Leia também