Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Martin Scorcese conversando com Andrew Garfield, de batina, durante as gravações de "Silence" (foto: divulgação).
Martin Scorcese conversando com Andrew Garfield, de batina, durante as gravações de "Silence" (foto: divulgação).
Entretenimento, Religião

Andrew Garfield fez direção espiritual e retiro de silêncio para viver jesuíta no cinema

O ator, que ganhou popularidade pelo papel de Homem-Aranha, é uma das estrelas do novo filme de Martin Scorsese, “Silêncio”.

O ator Andrew Garfield, que interpretou o Homem-Aranha nos últimos filmes do herói, contou que fez direção espiritual com um padre jesuíta e participou de exercícios espirituais inacianos, durante sete dias em silêncio, para se preparar para seu papel no novo filme de Martin Scorsese, Silêncio, em que interpreta um padre jesuíta do século XVII.

“Mesmo se eu tivesse dez anos para isso, ainda não seria o bastante para me preparar para esse papel”, contou Garfield ao The New York Times. “Eu entrei de cabeça em tudo que envolvia os jesuítas e a sua espiritualidade. A preparação aconteceu durante aproximadamente um ano e, quando fomos para Taiwan, eu estava quase fora de mim”, disse o ator. A produção foi filmada em Taiwan.

Garfield se encontrou regularmente com o padre James Martin, um renomado jesuíta americano que acompanhou o diretor Scorsese durante a produção do filme. Martin e Garfield também trocaram e-mails e conversaram pelo Skype. O ator fez ainda um retiro de sete dias no centro jesuíta St. Beuno, no País de Gales, seguindo os passos dos exercícios espirituais elaborados por Santo Inácio de Loiola, o fundador dos jesuítas, no século XVI.

Depois de revelar conversão, Marcos Mion posta foto rezando com os filhos

“No retiro, você entra com a sua imaginação para acompanhar Jesus através de sua vida, desde a sua concepção até a sua crucificação e ressurreição”, descreveu Garfield. “Você caminha, conversa e ora com Jesus, sofrendo com ele. É devastador ver alguém que é seu amigo, que você ama, sofrendo de forma tão brutal”.

Padre James Martin, o jesuíta que foi o diretor espirital do ator durante a preparação do filme (foto: reprodução/Facebook).
Padre James Martin, o jesuíta que foi o diretor espirital do ator durante a preparação do filme (foto: reprodução/Facebook).

O ator ainda foi presenteado pelo padre Martin com uma cruz que ele ganhou quando era noviço. “Andrew chegou ao ponto em que podia emular um jesuíta”, contou o padre. “Havia partes do roteiro em que ele podia parar e dizer: ‘Um jesuíta não falaria isso’ e fazer outra coisa”, disse Martin.

“Não acho que estou sendo chamado para ser padre”, contou Garfield ao repórter do jornal, dando a entender que o filme o levou a considerar a possibilidade. “Mas senti que fui chamado para algo: chamado para trabalhar com um grande diretor e chamado para esse papel como algo que eu tinha que buscar para o meu desenvolvimento espiritual”, confessou o ator.

Garfield, de 33 anos, nasceu em Los Angeles, mas sua família se mudou para a Inglaterra quando ele tinha três anos. Seu pai era judeu não praticante. Garfield namorou a atriz Emma Stone, seu par romântico em O Espetacular Homem-Aranha, por cinco anos, e em setembro do ano passado declarou não ter preferência sexual por homens ou mulheres, o que gerou rumores de que o ator seria bissexual.

 

Com informações de The New York Times.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-no no Twitter.

1 Comentário
Leia também