Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Ben White/Unsplash
Ben White/Unsplash
Virtudes e Valores

4 passos para ser grato no dia a dia

A beleza de ser grato está em conseguir enxergar as coisas boas que acontecem no caminho para o desenvolvimento pessoal

Parece ser só mais uma moda comportamental, mas há estudos que comprovam: exercitar a gratidão faz as pessoas mais felizes. É o que dizem pesquisadores da Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, há alguns anos. Eles realizaram uma série de entrevistas que resultaram em um artigo mostrando que, depois de vários meses colocando a gratidão em prática, mesmo nas pequenas coisas do cotidiano, o cérebro era condicionado a ser mais grato.

E isso não quer dizer que as pessoas que estão sempre agradecidas pela vida quem têm vivam fechadas em um mundo colorido, alheias a toda angústia e sofrimento. Quer dizer que, por mais que hajam problemas, elas se dispõem a encará-los com um outro ponto de vista e, consequentemente, chegam mais longe.

Gratidão: uma virtude indispensável para o casamento

A mentora de capital humano e professora da Faculdade Estácio Curitiba, Erika Lotz, afirma que para viver a gratidão é preciso, primeiro, “viver no presente”. “Por mais que alguma coisa aconteça que não seja aquilo que estava previsto e que cause dor, a questão é pensar: para onde isso quer me levar? ”, recomenda. Para ela, a beleza de ser grato está em conseguir enxergar as coisas boas que acontecem no caminho para o desenvolvimento pessoal.

Já de acordo com Tais Targa, que é especialista em recolocação e transição de carreira, quando nós somos verdadeiramente gratos até o nosso organismo passa a agir de forma positiva. “Acontece assim: o cérebro libera para o corpo substâncias boas que proporcionam paz e relaxamento. E é nesse contexto que podem surgir as maiores oportunidades que, muitas vezes, a gente acaba não enxergando”, explica.

Se você está pensando em mudar de mentalidade e passar a ser mais grato pelo que tem, trazemos aqui algumas dicas para você começar a trilhar o caminho das pedras:

1. Sair da caixa

O primeiro passo é se livrar daquelas visões estereotipadas de que as pessoas gratas “vivem em um mundo cor de rosa” e são maltratadas pelos outros. Não é isso. Pessoas gratas são aquelas que aprendem a encarar as situações de forma diferente, o que faz toda diferença na vida delas.

2. Coisas pequenas

Para começar a ser grato você não precisa esperar que uma coisa grande aconteça bem diante do seu nariz. Comece pelas pequenas coisas, como ver uma criança sorrindo, perceber como é amado pela sua família, admirar a natureza, contemplar o pôr do sol. Essas coisas nos fazem ser gratos pela vida e mudam a nossa percepção sobre o mundo.

“A beleza de ser grato está em conseguir enxergar as coisas boas que acontecem no caminho para o desenvolvimento”

3. Aceita ou surta

Você já ouviu aquela expressão “aceita que dói menos? ”. Pois é, tem dias que parece que tudo está ruim mesmo e, nesses casos, o melhor a fazer é aceitar. Não adianta dizer que dá para ser grato nessas horas, porque não dá. Se você está triste ou com raiva, aceite isso. Fugir do que sente não ajuda em nada e nem fará com que se sinta melhor. O segredo é reconhecer e aceitar os sentimentos ruins porque logo eles passam. Pode até parecer confuso, mas essa é uma verdade profunda. Reconhecer é um dos passos fundamentais para o exercício verdadeiro da gratidão.

4. Aceitar x cultivar

Mas preste atenção, porque aceitar não é o mesmo que cultivar. Há uma grande diferença entre compreender que você está triste em determinado momento por aquela situação específica que aconteceu e insistir nisso, fazendo um pacto de infelicidade e sofrimento.

***

Recomendamos também:

***

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook Twitter | YouTube

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também