Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Virtudes e Valores

12 hábitos que você deve adotar para ser uma pessoa mais agradável

Saber conectar-se com os outros e desenvolver relacionamentos são habilidades indispensáveis em ambientes competitivos

Quando você está num campo altamente competitivo, talento e inteligência são requisitos indispensáveis. Para se destacar, é importante saber como se conectar com os outros e desenvolver relacionamentos. Nada substitui uma personalidade carismática.

O autor de Pense e Enriqueça – um dos livros mais vendidos em todos os tempos –, Napoleon Hill, escreveu sobre os hábitos das pessoas mais agradáveis em seu ensaio Desenvolvendo uma personalidade agradável, publicado na coleção A ciência do sucesso.

Ele introduz os seus passos para ter uma “personalidade de um milhão de dólares” explicando que foi a postura encantadora do magnata do aço Charles M. Schwab que, no final do século XIX, transformou um simples trabalhador num renomado executivo com salário anual de 75 mil e bônus frequente de um milhão de dólares – uma quantidade enorme para a época.

O chefe de Schwab, o lendário empresário Andrew Carnegie, disse a Hill que “o salário anual era pelo trabalho de Schwab, mas o bônus era por aquilo que ele, com a sua cativante personalidade, podia levar os outros a fazer”.

Aqui estão os doze hábitos que Hill identificou como os hábitos das pessoas que são tão cativantes que fazem os outros sair do seu caminho para ajudá-las.

 

  1. Desenvolver uma atitude mental positiva e permitir que os outros vejam e sintam isso

É fácil ceder ao cinismo, mas quem escolhe ser positivo se prepara para o sucesso e tem uma melhor reputação.

 

  1. Falar sempre de maneira disciplinada, em tom amigável

Os melhores comunicadores falam de forma livre e confiante, o que dá à sua voz um som agradável. Se a ideia de falar em público já aterroriza você, pratique até que a experiência de se apresentar a uma multidão já não pareça desagradável. É tudo uma questão de repetição.

 

  1. Prestar muita atenção à pessoa com quem se conversa

Usar uma conversa como uma oportunidade de dar uma palestra a alguém “pode alimentar o ego, mas nunca atrai as pessoas, nem faz amigos”, diz Hill.

 

  1. Manter a compostura em qualquer circunstância

Uma reação exagerada a algo positivo ou negativo pode dar uma má impressão. Hill avisa: “Lembre-se de que o silêncio pode ser mais eficaz que as suas palavras irritadas”.

 

  1. Ser paciente

“Lembre-se de que palavras e atos nos momentos adequados pode dar a você uma boa vantagem em relação a pessoas impacientes”, escreve Hill.

 

  1. Manter a mente aberta

Quem se fecha a certas ideias e se rodeia apenas de pessoas que pensam parecido desperdiçam não só oportunidades de crescimento pessoal como chances de crescer na carreira.

 

  1. Não procrastinar

A procrastinação dá a entender que você tem medo de agir e é, por isso, ineficiente, segundo Hill.

 

  1. Fazer pelo menos uma boa ação por dia

Os melhores construtores de relacionamentos ajudam os outros sem esperar nada em troca. O professor Adam Grant os caracteriza como “doadores”: segundo ele, são pessoas capazes de construir relações muito mais fortes e frutíferas do que aquelas que veem contatos profissionais como um jogo de soma zero.

 

  1. Aprender com os fracassos, em vez de lamentá-los

As pessoas costumam admirar quem se levanta do fracasso, e não quem chafurda nele. “Expresse a sua gratidão por ter crescido em sabedoria, o que não teria acontecido sem essa derrota”, diz Hill.

 

  1. Agir como se a pessoa com que se conversa fosse a mais importante do mundo

As pessoas mais agradáveis usam as conversas como uma oportunidade de aprender sobre a outra pessoa e dar-lhe uma oportunidade para falar.

 

  1. Elogiar os outros de maneira autêntica e sem exageros

“Elogie as boas características dos outros, mas não elogie quem não merece nem carregue muito as tintas”, indica Hill.

 

  1. Ter alguém confiável que aponta as suas falhas

Pessoas de sucesso não fingem ser agradáveis: elas são agradáveis porque se preocupam com a sua conduta e com a sua reputação, segundo Hill. Ter um confidente que possa ser completamente honesto com você favorece o seu crescimento.

 

Com informações de Time

 

Leia também