Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Imagem: Bigstock
Imagem: Bigstock
Férias

10 dicas para criar uma rotina de atividades com as crianças durante as férias

Brincar com os amigos da escola em casa, noite do pijama, atividades que simbolizem situações do cotidiano adulto e rodízio de brinquedos são as sugestões de especialistas

Dar conta de entreter as crianças durante as férias é uma tarefa e tanto, principalmente se elas ficarem em casa e não viajarem. Com toda a energia que elas têm para gastar é preciso achar o máximo de atividades, para que esses dias de descanso sejam bem aproveitados. Mas é importante ficar atento para que as brincadeiras sejam lúdicas e não parecidas com as atividades da escola.

“Esse não é o momento de reproduzir atividades escolares. O ofício das crianças é o estudo. Crianças também precisam de férias!  As brincadeiras diversas garantem o que as crianças precisam para se desenvolver nesse período”, explica Ana Paula Detzel, coordenadora psicopedagógica da Educação Infantil e 1º ano do Colégio Marista Santa Maria.

Ana e Marinês Mendonça, que também é psicopedagoga e trabalha com o público infantil da Igreja Batista do Bacacheri, de Curitiba, trazem aqui uma lista com dicas de atividades com as crianças para que elas aproveitarem as férias ao máximo, mesmo em casa. Ainda dá tempo de colocar em prática as sugestões!

  1. Convide os amigos das crianças para passarem uma tarde juntos, fazer um piquenique em casa, jogos com bola ou outras atividades recreativas. Tudo isso proporciona o exercício de vida em sociedade, o diálogo, as negociações, habilidades importantes para a vida adulta. Se puder, uma noite do pijama é bastante interessante, de acordo com Marinês. Dessa maneira eles mantêm o vínculo até que as aulas recomecem.
  1. Televisão pode? Claro que sim! Não em exagero, mas em quantidade supervisionada, ela pode ajudar bastante. A dica de Ana, é que as crianças até sete anos tenham uma hora diária para a televisão. Já para as um pouco maiores, até 13 anos, de duas a três horas fracionadas durante o dia são suficientes.
  1. Parques e praças são boas opções de atividades ao ar livre. Convidar as crianças para dar uma volta pelo bairro, andar de bicicleta ou patins, cada dia percorrendo um percurso diferente, são atividades que proporcionam exercício físico, além de permitir o contato com o ar livre e a luz do sol.
  1. E se chover? Que tal fazer sessões de filmes com pipoca, ou torneios de jogos de tabuleiro e vídeo game? Chamar os amigos para uma tarde assim faz das tardes chuvosas muitos mais legais.
  1. Brinque você também! E se você fizer um momento nostalgia e apresentar a seus filhos as suas brincadeiras de infância? Em casa, traçar amarelinha no chão com giz de quadro, fazer dobraduras de papel em formato de barquinhos, chapéu de soldado e aviõezinhos, por exemplo, além de brincadeiras como bingo, estimulam o desenvolvimento do raciocínio lógico das crianças.
  1. Se há proximidade com primos na mesma faixa etária, combinar de todos irem à casa dos avós e passar o dia lá com eles é uma ótima opção. Além de ficarem perto dos avós, ainda brincam juntos.
  1. Brincadeiras com água também fazem a alegria da criançada. Nos dias de calor das férias de verão, se molhar é uma delícia. Não esqueça, porém, que o uso da água deve ser controlado. “É uma excelente oportunidade para ensinar as crianças conceitos de educação ambiental”, avalia Ana.
  1. E brincar de adulto, que tal? Outra dica de Ana, para os dias de semana, quando as crianças estão sem a companhia de um número maior de adultos, são as brincadeiras que exercitam o jogo simbólico (simbolizam situações de cotidiano, normalmente da vida adulta e o faz de conta) como casinha, escritório, banco, supermercado.
  1. As colônias de férias nos clubes e escolas são possibilidades para as famílias que não tiram férias junto com as crianças.  Ao escolher uma colônia é importante observar o espaço físico, a segurança e as pessoas responsáveis  pelas atividades. Além disso, optem por colônias com propostas lúdicas.
  1. É interessante fazer um rodízio de brinquedos caso seu filho fique em algum período brincando sozinho. Assim ele aproveita tudo o que tem e não cai naquela de só brincar com o mesmo carrinho, com a mesma boneca e com a mesma bola.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também