Amor ao próximo

Alunos de medicina trocam semana de descanso por gincana solidária e arrecadam 6 toneladas de alimentos

  • Por Raquel Derevecki
  • 14/06/2020 14:50
A gincana solidária durou cinco dias e terminou com a arrecadação de 6 toneladas de alimentos e 1,8 mil peças de roupa
Além das 6 toneladas de alimento, os alunos conseguiram 1,8 mil peças de roupa| Foto: Divulgação/PUCPR

Acostumados com aulas presenciais perto de professores e colegas a semana toda, os estudantes universitários têm sentido dificuldade para acompanhar o conteúdo online e muitos passaram a conviver com a ansiedade e estresse durante a pandemia. “Uma de nossas alunas, por exemplo, chegou a entrar em contato conosco pedindo licença do curso para poder tratar sua saúde emocional”, relatou a professora Evelin Massae Ogatta Muraguchi.

Coordenadora do curso de Medicina da Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) em Londrina, ela percebeu que diversos estudantes e docentes da instituição estavam sobrecarregados e, por isso, incentivou todos eles a realizarem um “descanso obrigatório” de cinco dias. “Seria uma pausa, assim como a ‘semana do saco cheio’ realizada pelos vestibulandos no terceirão”, explicou a médica gastroenterologista. No entanto, o que ela não esperava é que o recesso fosse usado pelos estudantes para uma finalidade bem diferente.

Em vez de dormirem ou passarem os dias assistindo séries, os alunos se uniram para organizar uma gincana que promoveu alegria e solidariedade em meio à pandemia. Para isso, as lideranças do Centro Acadêmico, equipes esportivas e das iniciativas musicais do curso criaram algumas atividades para o período de folga. “Incentivamos a arrecadação de alimentos, de roupas de frio e ainda realizamos concursos como a melhor foto da quarentena, melhor receita e até de quem fazia mais embaixadinhas”, contou a estudante Maria Clara Santos Pupim, do 7° período.

A ação foi chamada de “Semana do Saber Ser”, teve o apoio da coordenação do curso e superou todas as expectativas dos organizadores. “A gente não ofereceu premiação nenhuma e, mesmo assim, todo mundo se envolveu”, comemora Maria Clara, que viu sua turma arrecadar 2.041 quilos de alimentos e quase 350 peças de roupas. “Alunos e professores se ajudaram, e nós conseguimos realmente fazer algo para beneficiar nossa comunidade”.

Além deles, os estudantes das outras quatro salas de aula também se organizaram para participar da campanha. Com isso, a ação recebeu o total de 6 toneladas de alimentos e 1,8 mil peças de roupa destinadas ao Hospital Evangélico de Londrina e a outras sete instituições sociais que atendem famílias em situação de vulnerabilidade no município. “Foi algo marcante e que, com toda certeza, deixará um aprendizado para cada um”, garante Maria, que também percebeu a alegria, o entrosamento e a amizade transformarem o dia a dia dos alunos.

Como diretora do Centro Acadêmico, ela viu seus colegas realizarem diversos encontros virtuais durante a gincana, darem muitas risadas nas competições e saírem da rotina. “E, como todos estavam exaustos devido às aulas online e às provas, isso nos fez muito bem, ainda que não tenhamos parado efetivamente para descansar”, comenta.

Segundo a coordenadora do curso, essa “injeção de ânimo” foi sentida nos estudantes e professores já nas primeiras aulas após a semana especial e mostrou que a alegria e a solidariedade fazem bastante diferença no resultado acadêmico. “Tanto que já estamos pensando em repetir a ação no primeiro semestre de 2021”, adiantou.

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.