Criatividade

Designer cria acessório feito com garrafa pet para aliviar dor causada por elásticos de máscaras

  • PorAlex Silveira
  • Tribuna do Paraná
  • 20/05/2020 15:33
Por saber que o acessório pode demorar a ser feito em escala industrial, a designer criou uma opção em garrafa pet
O molde para confecção do acessório em garrafa pet está no site Hero Project| Foto: Divulgação/ Hero Project

A designer industrial curitibana Patrícia Pereira, de 36 anos, desenvolveu uma solução para acabar com as dores na orelha causadas pelos elásticos das máscaras de proteção contra o novo coronavírus. O acessório permite regulagem e evita o contato do elástico da máscara com as orelhas, proporcionando mais conforto. E o melhor: ele pode ser reproduzido de forma caseira, utilizando garrafa pet.

A expectativa é que o produto, que já está em processo de patente, possa ser fabricado e distribuído de graça para o público. Mas o molde para que o produto seja feito em casa, com a garrafa pet, pode ser baixado no site do projeto, o Hero Project. (Assista abaixo o vídeo com o tutorial)

Patrícia Pereira mora há 11 meses nos Estados Unidos, um dos epicentros mundiais da pandemia da Covid-19. Ela conta que seu primeiro objetivo com o projeto foi proporcionar conforto aos profissionais de saúde, após relatos de incômodo pelas várias horas usando máscara. Ela própria diz ter sentido a tensão na parte de trás das orelhas quando tinha que usar máscara para sair de casa. Patrícia está em Orlando, na Flórida. “Passamos pelo isolamento aqui. Agora é que a cidade começou a reabrir. Quando tinha que ir ao mercado ou farmácia, ia de máscara e o incômodo era muito grande”, relatou.

Foi quando ela resolveu fazer a sua parte e contribuir com o dia a dia dos profissionais da saúde. “No Brasil, trabalhei em empresas que desenvolviam produtos com plástico. Quis usar a minha experiência com esse tipo de material para ajudar as pessoas. É o papel do design. Criamos soluções para os problemas”, diz.

Para se fazer em casa

Como a designer sabe que o novo equipamento talvez demore para ser produzido em escala industrial, resolveu disponibilizar uma forma de simplificar a vida de quem sofre com as dores ocasionadas pelas máscaras. Em um arquivo em PDF, ela fez o molde que pode ser impresso e reproduzido com o plástico de uma garrafa pet. É só recortar no tamanho indicado e adaptar no elástico da máscara.

Já o projeto original, destinado para indústria, consiste em duas peças produzidas em PVC ou Silicone. “O material foi escolhido por sua maleabilidade e conforto”, explica a Patrícia. No equipamento, a máscara é fixada por pequenos ganchos. As duas peças têm regulagem, na parte posterior, para que a pessoa possa ajustar de acordo com a anatomia e tamanho do seu rosto e cabeça.

“Pensei, primeiramente, nos profissionais da saúde, mas percebi que todos poderiam se beneficiar da ideia. Desde criança, sempre gostei de criar coisas. Ainda bem que encontrei o design, profissão que eu amo e me permite ajudar”, finalizou a designer.

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.