Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Religião

Transportadora de missionários se torna a primeira companhia aérea cristã do mundo

A Judah 1 nasceu em 2011 para transportar grupos de missionários e suprimentos como alimentos e medicamentos a zonas vulneráveis

Foi anunciado na quarta-feira (12/12) o nascimento da primeira companhia aérea cristã do mundo. A Judah 1, sediada em Denison, no estado norte-americano do Texas, nasceu em 2011 como uma operadora privada de voos dedicada a transportar grupos de missionários e agora, com o novo status, terá mais autonomia para desempenhar aquilo que o seu fundador, Everett Aaron, considera sua “missão”.

“Estamos a serviço de pessoas cristãs com mentalidade missionária de todas as denominações que viajam a territórios de missão no mundo todo”, diz o site da empresa – ou “ministério de aviação sem fim lucrativos”, como prefere ser chamada. O slogan diz tudo: “As suas mãos, o amor de Deus, as nossas asas”.

Tornando-se uma companhia aérea, a Judah 1 venderá passagens – mas não ao público em geral. “Você tem que ser parte de uma equipe de missionários”, explica Aaron ao Christian Post. A empresa, que atualmente trabalha com três aeronaves, pretende chegar a 20 em até cinco anos.

Ele garante que não haverá taxas de bagagens e que toda a carga viajará na mesma aeronave que o seu responsável – segundo ele, cerca de metade dos missionários perdem a sua carga quando ela é enviada por contêiner. Os motivos vão desde a perda pura e simples até a retenção em alfândegas e o roubo de cargas. “Até bíblias. Descobri que um dos maiores mercados negros do mundo é o de bíblias. As pessoas as roubam e vendem”, afirma Aaron.

Nos últimos anos, a Judah 1 fez parcerias com a Make-A-Wish Foundation, disponibilizando suas aeronaves para realizar os sonhos de crianças com doenças terminais, e com a ONG Kids Against Hunger, que envia doações de alimentos para mais de 60 países que sofrem com a má nutrição. Além disso, transportou médicos, dentistas, medicamentos e alimentos a zonas vulneráveis da Nicarágua e a regiões do Texas que sofreram com tempestades e inundações.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também