Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Pai com mão  na barriga de grávida
Pais e filhos

7 recomendações para o futuro pai

Embora seja normal a mulher se envolver mais com assuntos referentes à gravidez, o homem tem muito a contribuir para uma chegada tranquila do filho ao mundo

É natural que mulher que carrega uma nova vida esteja muito mais envolvida com a gravidez. Sabemos também que situações adversas devem ser evitadas para garantir uma gestação tranquila. Nesse cenário, o pai tem papel fundamental. Sua atitude é determinante tanto para o bem-estar do bebê quanto para a estabilidade emocional da mãe. Listamos sete recomendações para que os homens apoiem as mulheres nessa emocionante aventura:

 Informe-se sobre a gravidez

Os livros sobre gravidez não são exclusivos para mulheres. Os pais também devem se interessar pelo tema. Desse modo, podem ajudar a esposa a tomar decisões e conhecer cada detalhe do desenvolvimento do bebê.

 Acompanhe o pré-natal

Acompanhe a mãe nos exames e nas consultas do pré-natal. Essa atitude vai fazer com que a grávida se sinta amparada e ainda permitir que você, como pai, fique cada vez mais próximo do bebê.

Ofereça segurança, apoio e confiança

Faça todo o possível para poupar a futura mamãe de situações estressantes e seja compreensivo com as dificuldades dela. As mudanças físicas, hormonais e emocionais são próprias da gravidez e podem tornar a mulher mais sensível. Compreensão, afeto e companhia são fundamentais. Evite também para que amigos e parentes não sobrecarreguem a mãe com preocupações e palpites desnecessários. Se for necessário, seja você a dizer-lhes que preferem decidir tudo a dois.

Zele pela saúde materna

Anime sua mulher a fazer atividades físicas e seja companheiro na busca de uma alimentação mais saudável. Garanta que todos os que estão mais próximos façam parte desse esforço, especialmente evitando que fumem perto dela.

Dê a ela tempo para descansar

Além da rotina normal, a futura mãe tem os compromissos próprios da gravidez e está envolvida com os preparativos práticos para a chegada do bebê. Aumente sua participação nas tarefas da casa, nas compras e nas demais diligências domésticas. A ideia é aliviar a carga da esposa.

Dialogue sobre suas preocupações

É muito importante que você ouça as preocupações de sua esposa sobre a gravidez, o nascimento e a mudança de rotina com a chegada do bebê. Com delicadeza, expresse também as suas preocupações. Sua presença na sala de parto é um dos temas que mais causam ansiedade e, por isso, deve ser bem discutido entre vocês.

Fale com o bebê

Os especialistas recomendam que o pai fale com o bebê e acaricie a barriga da mãe para fortalecer o vínculo entre pai e filho. A partir do quarto mês o bebê pode ouvir os sons exteriores. Lembre-se que o bebê está envolto pelo líquido amniótico, por isso não sussurre: use seu tom de voz normal.

Com informações do site La Familia.

***

Recomendamos também:

O que você achou desta matéria? Escreva para nós e dê sua opinião!

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Leia também