Atenção redobrada

Pessoas com epilepsia devem ficar atentas após festas de fim de ano

Períodos de festas podem influenciar na ocorrência de episódios de mal epilético em pacientes adultos portadores dessa doença

  • PorEquipe Sempre Família
  • 08/01/2020 09:50
Quem é portador de epilepsia deve ficar atento aos dias que se seguem após as festas de fim de ano.
| Foto: Bigstock

Familiares e portadores de epilepsia devem ter atenção redobrada nestes dias pós festas de fim de ano. É que segundo o médico emergencista Dominique Savary, do Centre Hospitalier Universitaire d’Angers, na França, um estudo suíço de pouco mais de um ano atrás comprovou que períodos de festas podem influenciar na ocorrência de episódios de mal epilético em pacientes adultos portadores dessa doença.

O estudo, publicado em abril de 2018 no periódico Epilepsia, feito por Alexa Hollinger, foi realizado durante mais de uma década em hospitais universitários suíços e concluiu que portadores podem ter crises em média até duas semanas após as festas. Além do Natal e ano-novo, também há maior ocorrência de mal epilético após aniversários e em outras datas comemorativas.

As causas principais dessas crises, segundo o documento, estariam no fato de que muitos pacientes, nessas épocas de festa, deixam de tomar remédios ou fazem consumo de álcool. Portanto, como alerta o Savary, os familiares devem ter atenção redobrada com portadores de epilepsia até o próximo dia 15 de janeiro.

Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.