Disciplina

5 erros que os pais cometem ao passar comandos aos filhos

  • Por Equipe Sempre Família
  • 29/12/2020 08:30
Mais do que indisciplina, pode ser que tenha algo de errado na maneira como você lida com seu filho e passa as instruções.
Mais do que indisciplina, pode ser que tenha algo de errado na maneira como você lida com seu filho e passa as instruções.| Foto: Unsplash/Marcos Paulo Prado

Quando você dá alguma ordem ao seu filho (“Vai lá recolher seus brinquedos” ou “fique perto da mamãe no supermercado”), ele costuma acatar logo de cara ou fica fazendo corpo mole e age como se nem tivesse te ouvido? Se a sua resposta foi a segunda opção, este texto é para você.

É que mais do que indisciplina, pode ser que tenha algo de errado acontecendo na maneira como você lida com ele e passa as instruções (isso mesmo!). Por isso, com base no que postou o site Very Well Family, nós preparamos uma lista com os cinco principais erros que fazem com que seu filho não te obedeça. São eles:

  1. Suas instruções são fracas

    A maneira como você fala realmente importa e faz toda a diferença. Os comandos não podem ser opcionais e frouxos demais (“Você pode, por favor, colocar o pijama”), como também não devem ter tom ameaçador: “Ponha o pijama agora”. As instruções precisam, sim, ser passadas com autoridade, sem parecer que está pedindo um favor ao seu vizinho. Use um comportamento calmo, mas firme.
  2. Você está passando comandos demais

    “Sente direito”, “Coma devagar”, “Arrume a blusa”, “Puxe as calças”. Se o seu filho se comporta mal, provavelmente ele esteja recebendo muito mais comandos do que é capaz de assimilar – e isso fará com que ele se desconecte de você e pare de dar tanta atenção ao que você fala, afinal “é só mais uma instrução”. Dê apenas ordens importantes e evite impor coisas baseadas simplesmente na sua maneira de ver as coisas. Mesmo que pareça desconfortável ver seu filho fazendo as coisas do jeito dele, ser autoritário demais pode ter graves consequências.
  3. As consequências negativas não estão sendo cumpridas

    Outra coisa que faz com que as crianças ignorem os comandos dos adultos é quando percebem que as consequências negativas não são cumpridas. Portanto, se você disse que se seu filho não escovasse os dentes ele iria ficar sem videogame, cumpra e “confisque” a partida noturna. Mas, atenção: certifique-se de que haja aprendizado com a consequência a fim de que ele siga as instruções da próxima vez.
  4. Você está dando muitas chances

    Se seu filho entender que você sempre vai repetir várias e várias vezes a mesma ordem até que ele cumpra (ou que a consequência negativa aconteça), nunca vai te obedecer logo na primeira vez. Então, em vez de dizer: “Já é a quinta vez que eu falo para recolher essas meias do chão do quarto”, use: “Recolha as meias no chão se quiser mexer na internet antes de dormir”. E cumpra. Não permita que ele fique adiando o que você pediu.
  5. Você não está oferecendo o reforço positivo

    Embora você não precise (e nem deva) pagar ao seu filho por toda tarefa que ele realizar, oferecer um reforço positivo faz com que ele se mantenha na linha. Quem é que não gosta de ter vantagens ou benefícios? A recompensa, no entanto, não precisa ser algo material, mas um bom e sincero elogio. “Obrigado por vir jantar assim que a mamãe falou” ou então “ótimo trabalho ao desligar o videogame na primeira vez que o papai pediu” são alguns exemplos do que você pode pôr em prática.
Deixe sua opinião

Comentários [ 0 ]

O conteúdo do comentário é de responsabilidade do autor da mensagem. Consulte a nossa página de Dúvidas Frequentes e Política de Privacidade.