Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Crédito: Bigstock.
Crédito: Bigstock.
Atualidades

Na Inglaterra, adolescente de 14 anos é presa por dar soco em idosa de 87

Marion Endecott foi agredida dentro de um ônibus por jovem que não queria pagar a passagem

Uma garota de 14 anos de idade recebeu uma pena de 4 meses de prisão depois de ter admitido que agrediu uma senhora de 87 anos. A idosa disse estar traumatizada depois de ter sofrido o ataque, que aconteceu dentro de um ônibus, em Londres.

De acordo com o periódico britânico Metro, durante a promulgação da sentença, na semana passada, a corte ouviu que a vítima, Marion Endecott, sente-se como se tivesse sempre que olhar para trás para se precaver. “Eu gostava de andar de ônibus; eles me dão independência e eu gostava de conversar com os motoristas. Mas desde que fui agredida, estou muito amedrontada. Isso mexeu comigo”, dizia o seu comunicado, lido no tribunal.

“Tenho muito medo de esbarrar de novo na garota que me bateu. Até mesmo na minha casa, quando ouço algum ruído, fico assustada com a possibilidade de ter alguém ali.” A agressão deixou Marion com dolorosos hematomas por quase um mês, um inchaço no olho esquerdo e ela teve de ir morar com a sua filha por duas semanas.

“Quando fecho os olhos, especialmente quando vou até a parada de ônibus onde isso aconteceu, vejo ela vindo em minha direção. É assustador”, dizia outro trecho de seu testemunho.

A garota, cujo nome não pode ser divulgado, admitiu o ataque, que ocorreu por volta das 15h20, no dia 16 de outubro, depois de uma discussão com o motorista do ônibus. Ela entrou no ônibus com outra menina, mas se recusaram a pagar a tarifa. Depois de uns minutos de discussão, a senhora pediu para descer do ônibus porque não queria se atrasar e morava por perto. A adolescente riu e Marion disse que isso não era engraçado. A garota respondeu com um soco no rosto da idosa.

O juiz local, Peter Greenfield, deu à agressora a maior pena de detenção possível para a sua idade e disse: “Isso é muito sério. Se a vítima tivesse caído, isso poderia tê-la matado”, informa o Metro.

A advogada da agressora, Raheema Jamal, disse que ela teve uma infância problemática que contribuiu para que agisse dessa maneira. A garota já tinha sido condenada por agressão anteriormente.

O juiz condenou a adolescente a 16 semanas de detenção e instrução.~Ela passará a metade da pena numa cela até que tenha início um programa de reabilitação.

 

Com informações de Metro.

Colaborou Felipe Koller.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também