Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/ Facebook
Reprodução/ Facebook
Virtudes e Valores

Mulher rifa carro de trabalho para pagar cirurgia e ganhador devolve o prêmio

Os quatro números que ele marcou somam apenas R$ 80, mas o que realmente tem maior valor nessa história foi o gesto de solidariedade desse sortudo, que comoveu muitas pessoas

Ainda com dificuldades para andar e falar, devido a uma cirurgia realizada recentemente para retirar alguns tumores do cérebro, a londrinense Margarete Mormul, de 47 anos, protagonizou uma cena que renovou suas esperanças, no dia 3 de agosto. Ela, que é motorista de aplicativos, decidiu rifar o carro que usa para trabalhar – um Voyage 2009 –, para pagar parte do tratamento de um câncer que está prejudicando sua visão. Mas o que não esperava, é que ao entregar o prêmio ao ganhador do sorteio, receberia de volta seu carro, em um gesto de solidariedade.

Casal de idosos grava CD para celebrar superação de câncer

Margarete recebeu o diagnóstico assustador no dia 29 de abril e o médico recomendou uma cirurgia urgente para retirar dois meningiomas benignos que estavam comprometendo a visão de seu olho esquerdo. “O tratamento completo custará em torno de R$100 mil”, disse ela ao Sempre Família. Mas para essa urgência, por não poder ficar na fila do Sistema Único de Saúde (SUS) por muito tempo, surgiu a ideia de vender uma rifa de porta em porta.

O prêmio da rifa foi seu próprio veículo, que custa em torno de R$ 20 mil. Cada número custou R$ 20 e foi durante a venda dos primeiros bilhetes que ela conheceu o aposentado Célio de Carvalho que se comprometeu a ajuda-la. “Ele se prontificou a ajudar a vender alguns talões para mim. Comprou quatro números e combinou comigo que se ganhasse não ficaria com o prêmio”, afirma Margarete.

Generosidade

Até parece que Deus ouviu a promessa de Célio e ele foi premiado. Centenas de pessoas concorreram ao prêmio, mas o serralheiro foi o contemplado. Os quatro números que ele marcou somam apenas R$ 80, mas o gesto de solidariedade dele tem muito mais valor para Margarete e comoveu diversas pessoas.  “Foi emocionante. São dois milagres: minha vida e o presente de ter meu carro de volta”, celebra a motorista.

Com a chave do carro em mãos, Célio disse que não ficaria com o veículo. Ninguém sabia dessa decisão e Margarete não esperava que aquela promessa fosse cumprida. “Sabia que ela usava o carro para trabalhar e que era a única fonte de renda dela”, contou no vídeo que viralizou na internet pouco depois do anúncio. “Quando comprei as rifas, prometi que não ficaria com o prêmio”.

Toda a família de Margarete se uniu para vender as rifas durante dois meses. Nessa maratona contra o tempo, Richard, filho único dela, decidiu criar uma página no Facebook e a meta só foi alcançada depois disso.

O futuro

O problema de saúde não abalou Margarete. Depois da cirurgia realizada na Santa Casa de Misericórdia de Londrina, ela está se recuperando, mesmo depois de ter ficado em coma na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do hospital, com risco de morte. “Nos próximos dias vou fazer ressonância para ver se o cérebro está inchado, entre outros detalhes que podem definir como ficará meu tratamento a partir de agora”, comenta.

Segundo Richard, o gesto de Célio emocionou a todos e ficará registrado na memória da família, para servir como motivador para os dias de enfrentamento à doença, que ainda virão. “Foi uma atitude extremamente gratificante, porque tenho dois filhos pequenos e não consigo sustentar minha mãe”, disse. “A operação foi pesada e ela precisa ficar um tempo longo se recuperando. Para mim foi reconfortante esse ato de generosidade e para ela uma emoção inexplicável”, finalizou.

 

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também