Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Relacionamento

Morando em estados diferentes nos EUA, irmãs dão à luz com um minuto de diferença

Shanea Hickman e Janea Chantelé moram a 1,8 mil km de distância uma da outra e, como se não bastasse a surpresa por terem engravidado na mesma época, suas filhas nasceram quase no mesmo minuto.

Você já deve ter visto alguns casos de irmãs ou amigas que acabam engravidando na mesma época. A situação parece ser emocionante, pela possibilidade de poder compartilhar essa fase intensa com alguém que é tão próximo. Mas, e quando além de as mães passarem juntas o tempo da gravidez, os bebês ainda nascem apenas com um minuto de diferença? As irmãs norte-americanas Shanea Hickman, de 27 anos, e Janea Chantelé, de 25, sentiram essa emoção na pele no último dia 6 de maio.

Tudo começou quando Shanea, que mora em West Palm Beach, na Flórida, descobriu que sua irmã mais nova estava grávida em Pitsburgo, que fica no estado americano da Pensilvânia. “Eu realmente fui a primeira a saber que estávamos grávidas ao mesmo tempo”, conta Shanea ao site Popsugar.

Só que Shanea ainda não havia revelado que também estava esperando um bebê, porque queria esperar para contar somente após o primeiro trimestre de gestação. “Fiz meu teste de gravidez logo pela manhã e na hora do jantar eu recebo uma ligação e uma mensagem de texto de Janea, com a notícia de que ela fez um teste de gravidez e deu positivo. Eu só lembro de pensar comigo mesma: ‘Não é possível!’”, relata a irmã mais velha. “Por mais entusiasmada que eu estivesse pela minha irmã e pelas grandes novidades, eu estava determinada a esperar para contar o meu segredo só depois da minha primeira consulta com o médico”.

Gêmeas dão à luz no mesmo dia, meses depois de sofrerem perdas gestacionais

E assim foi. Depois de ir ao médico, Shanea descobriu que a data prevista para o seu parto seria 13 de maio. E a data de Janea? 9 de maio. “Eu já suspeitava que ela estava grávida antes mesmo de ela me contar. Quando ela finalmente me disse, eu gritei: ‘Eu sabia!’”, conta Janea sem deixar de brincar com sua irmã: “Por que você sempre tem que roubar meu brilho?”. Segundo as irmãs, estes foram os primeiros nascimentos na família depois de um longo tempo, então estavam todos muito ansiosos. “Eu não poderia estar mais feliz com o fato de que nós duas experimentamos a maternidade juntas”, afirma Janea.

Apenas um minuto

Devido a algumas complicações na fase final da gestação, Janea teve que ser induzida ao parto no dia 6 de maio. Ao mesmo tempo, a centenas de quilômetros de distância, Shanea estava recebendo a notícia de que teria que passar por uma cesariana, devido à uma pré-eclâmpsia. Passados o perigo e a preocupação, a filha de Shanea, Emerie Barlow, nasceu às 13h09. Enquanto Ryanne, a bebê de Janea, chegou ao mundo às 13h10 em ponto.

Agora, as irmãs estão compartilhando também as emoções dos primeiros dias da maternidade e o melhor de tudo, elas podem contar uma com a outra. Ryanne, a filha de Janea, precisou ficar internada por alguns dias devido a uma icterícia e o apoio da irmã fez toda a diferença. “Ela está ótima agora. Mas eu não poderia ter permanecido forte para o meu bebê sem que minha irmã me encorajasse dizendo para manter o pensamento positivo e que tudo ficaria bem”, conta Janea.

Apesar da longa distância entre elas, Shanea e Janea estão ansiosas para criar suas filhas juntas. “Eu não poderia ter pedido uma pessoa melhor para minha filha crescer! Agora que Janea e eu somos mais velhas, aprendemos o verdadeiro significado do que é ser irmãs”, disse Shanea. “Estamos muito empolgadas porque nossas meninas crescerão juntas. As duas já têm uma melhor amiga uma na outra. Definitivamente, também faremos festas de aniversário juntas”, afirma Janea.

 

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também