Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook
Pets

Lealdade: cão sobrevive a incêndio e é achado um mês depois cuidando das ruínas da casa

Madison teve de ser deixado para trás quando o intenso incêndio atingiu a Califórnia, no EUA, mas sobreviveu e ficou "de guarda"

Se tem um cachorro que merece o título de “cão de guarda”, esse animal é Madison. Aparentemente, o cachorro protegeu as ruínas da sua casa, destruída no incêndio que atingiu a Califórnia, durante quase um mês. Madison estava esperando no local quando Andrea Gaylord recebeu permissão para retornar ao local onde ficava sua casa, em Paradise, na sexta-feira (7/12).

Gaylord estava fora de casa e teve que fugir sem poder voltar para buscar seus cães quando o incêndio de 8 de novembro irrompeu e dizimou a cidade de 27 mil habitantes. Madison foi encontrado por Shayla Sullivan, uma protetora de animais que Gaylord havia contatado a fim de pedir que procurasse por seus cães, dois mestiços de pastor da Anatólia.

20 fotos emocionantes de pessoas que cresceram junto com seus cães

Sullivan deixou comida e água para ele regularmente até Gaylord poder voltar. A protetora também ajudou a localizar o irmão de Madison, Miguel, que foi levado para um abrigo a 135 quilômetros de distância, no confuso período após o incêndio. Os dois irmãos só se reencontraram na sexta, quando Gaylord voltou com Miguel e trouxe para Madison seu petisco favorito: um pacote de biscoitos.

Gaylord disse à estação de notícias ABC 10 que ela não poderia pedir por um animal melhor. “Imagine a lealdade de ficar, na pior das circunstâncias, e continuar aqui esperando”, disse ela. “O trabalho instintivo deles é tomar conta de rebanhos e nós somos parte deles. É uma sensação reconfortante”.

*****

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também