Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Virtudes e Valores

Hóspedes inconvenientes: o que fazer quando a visita não vai embora de casa

Lidar com uma visita folgada é um desafio para você e sua família? Então siga esses conselhos que podem te ajudar nessa missão

Se uma pessoa, seja parente ou não, faz uma visita inesperada e sem planejamento, toda a família acaba sendo surpreendida, afinal será necessária uma adaptação na rotina da casa. Se o hóspede ficar por apenas um fim de semana, ótimo! A família tira de letra e, de forma rápida, consegue se adaptar porque será por pouco tempo. Mas, o que fazer quando as visitas acham que estão em uma colônia de férias e não sabem a hora de ir embora de sua casa? E quando, além de tudo, o “folgadão” ainda é seu parente?

Nesse caso, a família precisará se preparar para essas longas semanas. Comece pedindo a colaboração dos filhos nesse período. Tudo pode ser menos desgastante se houver a cooperação de todos. Para a psicóloga Juliana Pimenta, mesmo que tudo saia do seu controle e você se sinta irritado com o desgaste gerado pelo hóspede (que não tem muito discernimento), é preciso ainda manter o respeito e lembrar que se trata de um familiar. Caso essa visita indesejada tenha se esquecido do tempo e todos da casa já tenham perdido a paciência com ela, coloque as seguintes dicas em prática nessa temporada para evitar dor de cabeça:

1. Peça a cooperação de todos

Segundo Juliana, será uma tarefa da família inteira agir de forma acolhedora e, ao mesmo tempo, com espírito de cooperação. “Família nem sempre é escolha, nascemos e ela já está aí, precisamos então aprender a conviver com esses parentes difíceis. Nestes momentos, saber interagir sem adoecer e enlouquecer nesse processo é essencial”, aconselha.

2. Mantenha a calma e o respeito

Para conseguir enfrentar esses dias é preciso se acalmar e manter o respeito, mesmo sabendo que eles, muitas vezes, podem passar dos limites. “Quando você aprender o seu limite e o impor, ninguém o ultrapassará”, explica a psicóloga. Você pode buscar formas de mostrar as regras da casa e os limites do uso dos espaços, para que a visita de adapte à rotina da casa e não o contrário. Nos momentos em que for preciso, aprenda também a dizer não. Em meio a essa confusão, tente relaxar e aproveitar os momentos de interação com os familiares.

3. Se esforce para não magoar

Alguns parentes acabam interferindo demais na rotina da família, incomodando também com aqueles famosos palpites desnecessários. Caso você tenha algo para falar e acha que isso poderá contribuir para melhorar o convívio familiar, fale e se coloque a ouvir também aquele que o visita, para que ambos possam fazer dessa experiência algo positivo.

4. Peça ajuda da visita nas tarefas de casa

Se o parente estiver atrapalhando demais a rotina de sua casa, procure meios de inseri-lo nas tarefas: buscando as crianças na escola, preparando o almoço ou o jantar, indo ao mercado, buscando uma encomenda, etc. Isso fará com que ele perceba que a casa precisa continuar funcionando, além de aliviar um pouco a carga acumulada sobre você.

***

Recomendamos também:

***

Curta nossa página no Facebook e siga-nos no Twitter.

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também