Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Premium Cerimonial
Premium Cerimonial
Casamento e Compromisso

Em homenagem às bodas de 53 anos dos pais trio de irmãos se casa no mesmo dia

O fator determinante para que o trio de irmãos batesse o martelo quanto à data foi o exemplo de amor e cumplicidade dado por seus pais durante toda a vida

Que cerimônias de casamento são cheias de emoção, não se pode negar. E quando essa celebração do amor é triplicada, os sentimentos que envolvem o momento são ainda mais intensos. Foi o que aconteceu na noite desta terça-feira (22), em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, com a família Saigali. Na ocasião, os três filhos de Semi Salomão Saigali, de 81 anos, e Leila Maria Seba Saigali, de 74, subiram ao altar e ainda comemoraram as bodas de 53 anos dos pais.

Soraya, de 51 anos, Ricardo, de 49 e Marcelo, de 46, tiveram a ideia de fazer uma única festa, há poucos meses. “Fiquei noiva nesta mesma data, no ano passado, e iria me casar ontem mesmo. Outro irmão se casaria em novembro e o outro ainda não tinha data definida”, explicou Soraya ao Sempre Família. “Então, no Dia das Mães deste ano, decidimos unir as cerimônias”.

Eles nasceram no mesmo dia e no mesmo hospital; agora comemoram 40 anos de casados

O fator determinante para que os irmãos batessem o martelo quanto à data foi o exemplo de amor e cumplicidade dado por seus pais durante toda a vida. “Foi uma homenagem aos nossos pais que se casaram nessa mesma data há 53 anos. Quando eles souberam da nossa decisão ficaram bastante emocionados”, contou a recém-casada.

Semi e Leila se conheceram em Campo Grande, mas se casaram na cidade de Três Lagoas, que fica há pouco mais de 300 quilômetros da capital sul-mato-grossense, e onde Leila nasceu. Soraya conta que a família da mãe sempre gostou muito de seu pai, pelo seu caráter e cuidado com a mãe, mas também por ele ser de origem árabe, assim como Leila.

Cerimônia e festa

A celebração aconteceu na Paróquia São José, catedral da cidade, onde Seni e Leila são ministros da eucaristia. Segundo Soraya, por serem ativos na comunidade local, todos participaram do curso de noivos e seguiram todos os requisitos necessários para casar na Igreja Católica. “Meu pai é da pastoral do curso de noivos e ministra uma das palestras. Além disso, o pároco que celebrou o casamento é amigo da família há bastante tempo”.

Antonio Osmani
Antonio Osmani

A organização da cerimônia de casamento dos irmãos e a bênção das alianças dos pais aconteceu tranquilamente. Soraya conta que o fato de serem três noivas ajudou bastante. Para Antônio Osmani, da Premium Cerimonial, a preparação da festa também foi tranquila, mas que o fato de serem quatro comemorações o preocupou um pouco. “Nesses 17 anos de empresa já fiz sete casamentos duplos e estava apreensivo com o fato de este ser triplo e com bodas dos pais na sequência”.

Então, pouco depois das 18 horas do dia 22 de outubro, Semi e Leila entraram juntos na igreja. Na sequência, Anderson Souza Lima (noivo de Soraya), entrou com seus dois filhos e depois Semi levou a filha até ele. Leila acompanhou os dois filhos até o altar, e Silvana Poletto (noiva de Marcelo) e Ângela Rossolen (noiva de Ricardo), foram acompanhadas por seus respectivos pais.

***

Recomendamos também:

***

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook Twitter | YouTube

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também