Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Repdoução/ Click on Detroit
Repdoução/ Click on Detroit
Virtudes e Valores

Diretor de escola brinca no recreio com aluna com paralisia cerebral para que ela não fique sozinha

"Ele é provavelmente o melhor diretor das escolas aqui da cidade", elogiou a menina

O diretor da Barth Elementary School, na cidade de Romulus, no estado norte-americano de Michigan, mostrou recentemente que a inclusão começa nos pequenos gestos. Isso aconteceu quando ele percebeu que uma das alunas do segundo ano da instituição passava o recreio sozinha e isso o comoveu.

Idoso bate em moto e é consolado pelo motociclista ao sair do carro chorando

Acontece que a pequena Lucy Taylor, de 10 anos, tem uma paralisia cerebral e luta diariamente para ter uma vida normal como qualquer outra criança. Mas sua mãe, Daun Elizabeth Taylor, contou recentemente em um post no Facebook que a menina sempre teve e ainda tem dificuldades em brincar com os colegas de escola. “Ela passou boa parte do tempo no hospital e acabou se relacionando mais com adultos. Ela é simpática e pode manter uma boa conversa com pessoas de idade superior à dela, mas com crianças ela tem dificuldade”.

Daun explica em sua publicação que as limitações de Lucy a impedem de participar de jogos ou brincar em balanços e escorregadores, como os outros colegas e por isso acaba ficando sozinha. “Sei que elas não estão sendo más. São apenas crianças do segundo ano. Mas sempre me doeu ver seu pequeno coração partir”, lamentou a mãe.

Mas a companhia do diretor David Thompson mudou a realidade de Lucy durante os últimos recreios. É que ele se dispôs a descer até o pátio e se sentar próximo da menina para conversarem e fazerem bolhas de sabão juntos. “Ontem, Lucy teve um dia extraordinário na escola. Ela não passou o recreio sozinha desta vez, porque o diretor de sua escola foi brincar com ela. Romulus tem sorte de ter um funcionário assim”, enalteceu Daun. “Ele não fez somente o coração dela mais feliz, mas também os de seus pais”, completou.

Reprodução/Facebook
Reprodução/Facebook

Agora, com essa aproximação de Thompson, Lucy ganhou não só um amigo, mas algumas crianças também começaram a chegar mais perto, talvez atraídas pelas coloridas bolhas de sabão feitas pela dupla. Juntos eles formam agora o Bubble Squad que tem até camiseta oficial. “Para ser honesto, essa é a melhor parte do meu dia”, confessou à repórter Koco McAboy, do site Click On Detroit. “Ele é provavelmente o melhor diretor das escolas aqui da cidade”, elogiou Lucy.

E sabe aquela frase que diz que “gentileza gera gentileza”? Com a repercussão da atitude generosa de Thompson, nas redes sociais e jornais locais, vários pais começaram a procurar a família de Lucy, para lhes contar que seus filhos sofrem com algumas questões em suas escolas. Diante disso, Lucy está mandando camisetas da Bubble Squad para todos.

***

Recomendamos também:

***

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook Twitter | YouTube

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também