Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Bigstock
Bigstock
Casamento e Compromisso

Como usar as redes sociais sem colocar em risco seu casamento

Dosar o tempo disponibilizado ao “mundo online”, evitar postar “indiretas” ao parceiro e basear seu relacionamento na confiança são algumas dicas que podem ajudar

Enquanto as redes sociais conectam amigos e familiares de diferentes cidades, estados ou países e facilitam o envio de informações instantâneas, a necessidade de estar “online” quase que 24 horas por dia também gera efeito contrário e pode colocar em risco o relacionamento com pessoas que vivem embaixo do mesmo teto. “As relações começam a sofrer, os casais ficam distantes, não dialogam e acabam perdendo o interesse e carinho que tinham um pelo outro”, alerta a psicóloga e especialista em terapia familiar Giane Edimara Broch.

A pessoa perfeita não existe: aceitar os defeitos do seu parceiro faz bem para o relacionamento

A comerciante *Vanessa Silva, de 40 anos, percebeu isso gradativamente. Casada há dez anos, estava acostumada a conversar com o marido e a confiar nele sem a necessidade de olhar seu Facebook ou WhatsApp. No entanto, percebeu o companheiro se afastar dela, evitar momentos de diálogo e passar muito tempo enviando mensagens para uma amiga do casal. “Aquilo me deixava bem desconfortável”, contou ao Sempre Família.

Diante da situação, *Vanessa pediu ao esposo que parasse de conversar com a mulher. “Só que, ao invés de fazer isso, ele trocou a senha do celular”, relata a curitibana, que também percebeu outras mudanças no comportamento do marido. “Vi que começou a ficar mais irritado, me tratar mal e a me criticar”.

De acordo com Giane, crises conjugais como a de *Vanessa têm se tornado cada vez mais frequentes devido ao mau uso das redes e, além de colocar o relacionamento em risco, podem gerar traumas difíceis de serem superados. “A descoberta de longas conversas íntimas com outra pessoa, por exemplo, causa mais dor do que algo apenas imaginado ou contado por alguém”, afirma. Além disso, “muitas das palavras que estão escritas ali não são mais ditas de um cônjuge para o outro, gerando profunda mágoa”.

É necessário dosar corretamente o tempo disponibilizado ao “mundo online”. | Foto: Unsplah
É necessário dosar corretamente o tempo disponibilizado ao “mundo online”. | Foto: Bigstock

Por isso, a especialista orienta os casais a evitarem situações assim por meio de comportamentos preventivos como a dosagem correta do tempo disponibilizado ao “mundo online” e o estabelecimento de uma relação de confiança com o parceiro. “Quando existe cumplicidade, parceria e transparência, não sobra espaço para a dúvida”, garante a terapeuta, que aponta a conversa como principal “vitamina” para fortalecer o casamento. “Os conflitos no relacionamento sempre existiram por falta de diálogo, então é necessário priorizar o mundo real e as relações interpessoais”.

“Quando existe cumplicidade, parceria e transparência, não sobra espaço para a dúvida”, garante a terapeuta.

Com abertura para falar a respeito do que pensam, marido e mulher compartilharão informações que gostaram — ou não — em relação ao uso das redes sociais, decidirão juntos o que fazer com as senhas e respeitarão o outro quanto ao que foi decidido. Além disso, evitarão posturas inadequadas nas redes para não gerar desconforto ou tristeza ao cônjuge, assim como ocorreu com *Vanessa após a crise.

“Cheguei até a pedir o divórcio depois de tudo o que aconteceu, mas ele disse que ia mudar e eu decidi dar mais uma chance ao nosso relacionamento”, conta a curitibana, que não se arrepende da decisão. “Hoje é tudo transparente entre nós, entramos em acordo a respeito de lugares e situações que vamos enfrentar e estamos reconstruindo, aos poucos, a confiança que tínhamos um no outro”.

10 Dicas para utilizar as redes sociais sem prejudicar seu casamento:

  1. Use os dispositivos eletrônicos com equilíbrio e limite. Assim, aproveitará bem o tempo na companhia da pessoa amada.
  2. Não compare seu casamento com o de outros casais que postam fotos felizes com frequência nas redes. Afinal, você não sabe como eles vivem na realidade.
  3. Evite procurar informações do passado de seu parceiro.
  4. Decidam juntos se vão compartilhar senhas de celular, Facebook e de bancos, e respeitem a decisão que tomarem.
  5. Nunca poste “indiretas” ao outro em redes sociais.
  6. Respeite a privacidade de seu marido/mulher, buscando sempre um relacionamento com base no diálogo e na confiança.
  7. Não permita que as redes sociais roubem seu foco quando estiver conversando com seu parceiro. Sua atenção é preciosa e ninguém gosta de ser ignorado.
  8. Dedique mais tempo ao contato pessoal do que ao “online”.
  9. Evite curtir fotos e postagens de antigos relacionamentos. Seu parceiro pode se sentir incomodado com isso.
  10. Viu algo legal ou que o deixou desconfortável nas redes? Compartilhe com seu parceiro.
*Vanessa Silva é um nome fictício, pois a curitibana de 40 anos preferiu não se identificar.

***

Recomendamos também:

***
Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook Twitter | YouTube

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também