Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Sebastian Pichler/Unsplash
Sebastian Pichler/Unsplash
Casamento e Compromisso

4 maus costumes que podem destruir seu casamento

Alguns maus costumes podem destruir qualquer relacionamento e, para que isso não aconteça, é preciso reconhecê-los e, principalmente, estar disposto a mudar

Imagine a seguinte cena: você chega do trabalho e seu parceiro já começa a reclamar de algo, você responde de forma ríspida e os dois começam então uma sequência de insultos e acusações. No final, não há um acordo entre vocês – nem um e nem outro reconhece o erro e o clima pesado toma conta da casa. Essa situação é familiar para você? Se for, não se desespere! Mesmo que tudo isso esteja acontecendo, segundo os autores do livro “Lutando pelo seu casamento”, Markman, Stanley e Blumberg, ainda há uma solução. “O primeiro passo para quebrar esse hábito é reconhecê-lo”, afirmam.

Depois, é preciso também estar disposto a mudar, caso contrário, muito provavelmente, seu casamento entrará em uma crise, afinal atitudes como essas destroem qualquer relacionamento. Então, tome cuidado e não repita os seguintes costumes que podem se tornar muito nocivos para o seu casamento:

1. O costume de revidar

Quando marido e esposa respondem negativamente um ao outro, a conversa fica cada vez mais hostil. E os comentários negativos crescem cada vez mais com a raiva e frustração. Deste modo, a tendência será sempre pensar que “o que vai, volta”, no intuito de sempre revidar de forma ainda mais agressiva o que lhe fez se sentir ofendido. Suavizar seu tom pode te livrar do mal costume de revidar. Mas, para isso, é preciso prática e humildade. Um casamento é exatamente se doar pelo outro. Por isso, mesmo se a outra pessoa estiver errada ou estiver sendo mesquinha, você ainda poderá mudar a maré da conversa agindo assim.

2. O costume de menosprezar

Menosprezar é um costume no qual um parceiro repele sutil ou diretamente os pensamentos, sentimentos ou caráter do outro. Você não precisa concordar com o que seu parceiro diz ou acredita. Mas respeitá-lo acima de tudo é fundamental para o relacionamento. Para isso, use sempre um tom gentil em suas palavras e expressões quando o ouve. Apenas deixe que ele saiba que você ouve suas preocupações e não tente oferecer uma solução, a menos que ele te pergunte algo.

3. O costume de interpretar negativamente

Se você tem esse costume, provavelmente sua percepção é pior do que a realidade. As interpretações negativas ocorrem quando um parceiro acredita consistentemente que os motivos do outro são mais negativos do que realmente são. Por exemplo, você pergunta ao seu marido quando ele vai cortar a grama. E ele fica chateado porque acha que o que você está querendo dizer é: “Você nunca vai cortar a grama? Você nunca faz nada por aqui!”

ASSISTA: 6 decisões inteligentes para fortalecer seu casamento

Essa interpretação negativa é uma forma de tentativa de leitura da mente, você acha que sabe o que seu parceiro está pensando e isso é muito nocivo para o casamento. Então, se você tem o hábito de olhar de maneira negativa para tudo o que seu parceiro diz e faz, tente combater isso procurando evidências contrárias.

4. O costume de fugir 

As pessoas que têm o costume de fugir mostram uma falta de vontade de entrar ou permanecer em discussões importantes. A fuga pode ser tão óbvia como levantar e sair da sala ou tão sutil como simplesmente abstrair os pensamentos durante uma discussão.

Geralmente, existe um padrão para essa dinâmica. Um dos cônjuges é o “perseguidor”: “Vamos falar sobre isso agora!” E o outro é a pessoa que sempre se retira: “Não quero conversar”. Tente quebrar esse padrão. Se o “fugitivo” fizer sua jogada para escapar, solte-o com calma. Depois, quando as coisas se acalmarem, pergunte quando você poderá reservar um tempo para discutir o assunto. Isso tira a pressão imediata e dá aos dois o tempo necessário para organizar seus pensamentos.

Agora, coloque todas essas dicas em prática e seu casamento poderá ficar cada vez mais sólido e duradouro.

Com informações de All Pro Dad

***

Recomendamos também:

***

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook Twitter | YouTube

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também