Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Dakota Corbin/Unsplash
Dakota Corbin/Unsplash
Pais e filhos

Como desenvolver bons hábitos de sono em seus filhos

Se negligenciarmos o tempo e a qualidade do sono das crianças, elas podem ter seu desenvolvimento prejudicado, principalmente na primeira infância

Maria Carolina Ferreira, especial para o Sempre Família

Uma boa noite de sono é essencial para as pessoas exercerem bem suas atividades diárias. Para as crianças, porém, é ainda mais importante. Conforme explica Renata Federighi, especialista de sono da empresa Duoflex, é de extrema importância respeitar o sono das crianças. “Se negligenciarmos o tempo e a qualidade do sono das crianças elas podem ter seu desenvolvimento prejudicado”, diz. “Baixo rendimento na escola, cansaço físico e mental, alterações de humor, agressividade, dificuldade de aprendizado são alguns dos riscos que pode haver”.

Renata também explica que existem prejuízos a longo prazo se não houver o cuidado com o sono na primeira infância. “Um sono de baixa qualidade pode contribuir com o aparecimento de diversas doenças, desde a obesidade infantil, diabetes e problemas cardíacos”. Mas como prevenir que seu filho não passe por situações como essas? Confira as orientações de nossas especialistas e saiba como melhorar a qualidade do sono de seu pequeno.

A importância de dormir a quantidade certa

Além de dormir bem é crucial respeitar o horário de dormir de cada faixa etária. “O organismo é muito sábio. Ao dormir produzimos os principais hormônios para o metabolismo e durante a noite retemos os aprendizados que obtivemos durante o dia na memória”, explica Renata. “Para as crianças, o sono faz parte do processo de desenvolvimento e crescimento, prevenindo males e auxiliando no crescimento com saúde”, conta. Ainda, de acordo com a especialista, um recém nascido deve dormir 16 horas ou mais. Na faixa etária de 1 a 5 anos o ideal são 13 a 14 horas. Dos 6 aos 12, 11 horas e na adolescência e fase adulta entre 10 a 8 horas de sono.

Estabelecendo uma rotina de sono no berço

Para as mamães que estão grávidas ou com bebês recém-nascidos, é de extrema importância a conscientização quanto a importância de ensinar ao bebê, logo no início da vida, sobre qual será o horário e o local de dormir. A pediatra e consultora de sono e aleitamento materno, Loretta Campos, elaborou seis dicas para auxiliar esse processo:

1. Estabeleça uma rotina do dia: o bebê precisa perceber a luz do dia e entender que é neste período em que tudo ocorre e que no período noturno ele deverá descansar. Por isso, durante as sonecas não escureça o quarto e ele entenderá que aquele será apenas um sono temporário.

2. Estabeleça uma rotina da noite: à medida que se aproximar a hora de dormir, reduza as atividades e os estímulos e também diminua as luzes da casa. Dê um banho relaxante, leia uma história, cante canções de ninar e faça uma massagem relaxante.

3. Amamente o seu bebê: dar de mamar ao bebê antes de dormir e de novo próximo da meia noite o ajudará a dormir por mais tempo.

4. Seja consistente no ritual do sono do bebê: por mais difícil que seja, evite ficar fazendo contato visual com ele no momento de dormir. A casa, por sua vez, precisa estar mais calma e com as principais luzes apagadas fazendo o menor barulho possível.

5. Observe seu bebê: O que o estimula? Com o que ele fica mais agitado? Ao observar o que o anima, você deve evitar que ele viva essas situações próximo à hora de dormir e procurar atividades que normalmente o acalmam.

6. Não o acorde durante a noite para trocas de xixi: Caso ele acorde sozinho, aproveite e aí sim troque a fralda e após o amamente. Caso contrário, uma boa fralda noturna deverá protegê-lo. E lembre-se, sem bate papo na madrugada com o pequeno!

Rotina de sono para crianças maiores

Caso uma rotina para dormir não tenha sido estabelecida na fase recém nascida de seu filho, ainda dá tempo de correr atrás e desenvolver bons hábitos nas crianças. Renata explica que, apesar do cansaço inicial que pode surgir ao iniciar um novo hábito, os pais devem se esforçar para concluir o objetivo com seus filhos, porque que os benefícios serão infinitos.

1. Defina um horário de dormir: explique ao seu filho que é importante que ele vá se deitar no horário determinado por você e que isso só trará benefícios a ele. Mesmo que no começo ele faça algumas manhas, você deve permanecer todos os dias no mesmo horário levando ele a dormir.

2. Crie uma rotina pré hora de dormir: quando estiver se aproximando o horário de dormir, dê um banho refrescante na criança, coloque um pijama que ela goste e reduza as luzes da casa. Inconscientemente ela começará a entender que estará chegando o momento de dormir.

3. Escolha atividades mais calmas para a noite: jogos de tabuleiro, leitura de histórias e criação de desenhos em vez de futebol, jogos de luta ou corda, serão bem-vindos no período noturno.

4. Evite os dispositivos móveis: duas horas antes de dormir desligue a televisão, o celular e o tablet, pois eles despertam a curiosidade das crianças e atrapalham o desligamento do corpo. A luz, inclusive, interfere no processo da melatonina, que é o hormônio produzido pelo corpo para induzir ao sono.

5. Cuide com a postura: para uma boa noite de sono, um travesseiro apropriado para cada idade e cada biotipo é o recomendado pelos fisioterapeutas. Ensine a seu filho a melhor postura para dormir, pois isso deixará as vias respiratórias livres e a coluna alinhada.

6. Não desista: aos maiores pode haver mais dificuldade para a criação de novos hábitos, mas ao perceber que seu filho tem se desenvolvido mais e está com saúde e disposição, valerá o esforço.

***

Recomendamos também:

***

Acompanhe-nos nas redes sociais: Facebook Twitter | YouTube

Newsletter Estilo de Vida

Aqui os valores fazem parte da notícia

Clique e leia
Leia também