Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
O presidente da comissão, deputado Evandro Gussi (foto: Agência Câmara).
O presidente da comissão, deputado Evandro Gussi (foto: Agência Câmara).
Defesa da Vida

Comissão especial criada para reagir à decisão do STF sobre aborto é instalada

Integrantes da comissão dizem que relatório deve trazer conceito mais claro do que é vida humana

No início da tarde desta quarta-feira (7), foi instalada a comissão especial que pretende enfatizar o aborto como crime, além de blindar a legislação de novas tentativas de legalização do aborto. A comissão foi criada pelo presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, no último dia 30 de novembro, logo após se tornar conhecida a decisão da primeira turma do Supremo Tribunal Federal (STF), que abriu precedente para facilitar a prática do aborto até o terceiro mês de gestação.

A comissão tratará do PEC 058/11, sobre licença maternidade no caso de bebês prematuros, mas integrantes já disseram que o relatório também deixará mais claro o conceito de vida humana, reforçando o dever do estado de proteger o nascituro, desde a concepção.

Na ocasião, o ministro Luiz Roberto Barroso chegou a dizer que o aborto até o 3º mês de gestação não é crime, contradizendo o Código Penal. O relatório também deve reforçar que o aborto é crime no país.

Ouvido pelo Sempre Família, o presidente da comissão, deputado Evandro Gussi (PV-SP), disse que o assunto do aborto tem relação com o foco da PEC, por cuidar das questões da inviolabilidade da vida humana e proteção do nascituro e da mãe. “Falaremos da licença maternidade, mas vamos também buscar definir melhor na constituição, que a vida de uma pessoa é inviolável. Já havia a proposta da PEC, mas com a decisão do Supremo, ficou claro que é fundamental o debate sobre o conceito de vida humana”, explica o deputado.

Julgamento de aborto em caso de Zika é adiado sem data definida

Da comissão, segundo Evandro, deve sair um relatório contendo o texto substitutivo ao atual e que deixará mais claro o conceito de vida. O parlamentar explica que devem acontecer 40 seções na casa para que o documento seja levado a plenário e votado. Com isso, a previsão é de que o relatório fique pronto no início de fevereiro.

Assista ao vídeo divulgado pelo presidente da comissão nas redes sociais logo após ser eleito:

Confira a lista de membros da comissão:

  • Presidente: Evandro Gussi (PV/SP)
  • 1º Vice-Presidente: Leonardo Quintão (PMDB/MG)
  • 2º Vice-Presidente: Geovania de Sá (PSDB/SC)
  • 3º Vice-Presidente: Flavinho (PSB/SP)
  • Relator: Jorge Tadeu Mudalen (DEM/SP)

 

integrantes da comissão

 

*****

Recomendamos também:

 

***

Curta nossa página no Facebook e siga-no no Twitter.

1 Comentário
Leia também