Sempre Família - Porque cuidar é fundamental

Conecte-se ao Sempre Família

Siga-nos:
PUBLICIDADE
Foto: Bigstock
Foto: Bigstock
Casamento e Compromisso

5 conselhos para escolher com quem casar

O mínimo a levar em consideração antes de decidir quem será a pessoa a passar o resto da vida com você.

Uma das mais importantes decisões da vida é escolher a pessoa certa com quem compartilhar a vida. Há quem exija demais e acabe nunca se decidindo com quem casar e há também quem se deixa empolgar pela paixão e toma decisões às vezes precipitadas. É preciso ter algumas coisas em mente a fim de tomar uma decisão segura e que faça bem ao casal. Confira algumas dicas:

1. Não tenha pressa

Evite que a pressão de amigos ou parentes o faça tomar uma decisão equivocada. Para encontrar a pessoa certa com quem compartilhar a vida é necessário ter calma e tempo. Não se chateie com comentários maldosos e mantenha uma atitude positiva.

2. As aparências enganam

Onze sinais de que esse namorado ou namorada não é para você

É natural que nos sintamos atraídos por pessoas bonitas, mas a beleza é pouco para manter um casamento. O que realmente permite que as pessoas compartilhem suas vidas são os valores em comum, sua capacidade de amar, sua inteligência.

3. Afinidades

O diálogo com o outro é uma importante forma de perceber se existe afinidade entre o casal. Quando gostos, valores e forma de ver a vida são parecidos, é grande a chance dos dois se darem bem num casamento.

4. Não exagere na expectativa

Não deposite as expectativas de sua própria felicidade em outra pessoa. Ser feliz é um estado que depende muito mais de nós mesmos e de nossa disposição em buscarmos a felicidade. Seu cônjuge pode fazer parte dela e compartilhá-la com você, mas nunca será a fonte desse sentimento.

5. Não existe príncipe encantado (e nem princesa)

Ninguém é perfeito. Por isso não seja tão inflexível na hora de avaliar o outro. Mesmo que estejamos sempre nos aperfeiçoando, há alguns hábitos ou traços da personalidade que a pessoa não vai mudar. Se isso não for prejudicial, por amor devemos aceitá-las e respeitá-las.

Com informações de Por Tu Matrimonio.

***

Recomendamos também:

**

Curta nossa página no Facebook e siga o perfil do Sempre Família no Twitter.

Leia também